Skip to Content

<

Torre de Gandufe [Mangualde]

A cache by cmatos Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 03/16/2008
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


 

Torre de Gandufe [Mangualde]

 

   

 

 
Automatic ENGLISH TRANSLATION here.
 

Em Gandufe, aldeia da Freguesia de Espinho, existe uma construção de carácter militar. Trata-se de uma torre medieval, dado que a forma como os silhares estão travados é típico das construções guerreiras da Idade Média. Foi, sem dúvida, além de fortificação, a habitação de um Senhor poderoso na região. Não se pode falar, em rigor, de um Senhor feudal, dado que o feudalismo não chegou a acontecer aqui com a mesma intensidade e com as mesmas características como no resto da Europa Cristã.

A História desta torre perdeu-se um pouco no tempo, as fontes são escassas, os relatos escritos não lhe fazem referência e o espólio arqueológico aqui encontrado foi praticamente nulo.

Reza a lenda popular que ali vivia um Senhor, de nome “Gondufão”. Seria, consequentemente, Gondufão o proprietário e senhor daquelas terras e região. Se atentarmos à filologia, segundo Leite de Vasconcelos, Gandufe é um genitivo medieval Gondufi ou Gundufi do nome Gondufo e este provém de Gondulfus, nome próprio de origem germânica formado de Gunthis – Batalha e Wulfs – Lobo, significando, assim, Lobo de Batalha.

Pode pensar-se, então, estarmos na presença da habitação de um Senhor de origem goda, logo Cristão, que do alto da sua torre dominava uma vasta região, nos anos longínquos da Idade Média. Naturalmente, as terras à volta da torre eram as terras de “Gondufe”, num ápice o nome do dono passou também a designar as terras daquela região. São vários os exemplos semelhantes por todo o país.

Valentim da Silva propõe uma análise interessante a propósito da ocupação medieval das terras que hoje são do Concelho de Mangualde: dum lado as terras de Azurara, sob o domínio de Azurão, um senhor árabe (mouro), do outro, as terras de Gondulfus, um senhor godo, cristão. A coexistência entre muçulmanos e cristãos nem sempre era pacífica, pelo que, nestas paragens várias batalhas deverão ter acontecido… daí resultando talvez, a destruição desta torre.

Diz-se também que as pedras que aqui faltam foram muito provavelmente utilizadas na construção das casas da Quinta da Ponte, junto a Abadia de Espinho.

A Torre de Gandufe, na aldeia homónima da freguesia de Espinho, é a única torre senhorial que sobrevive no concelho de Mangualde. Está no entanto bastante arruinada. Esta era constituída por uma torre, alta, restando apenas uma parede e um terço de outra. Internamente a muralha mede 6,60m e excede os 9 metros de altura. Pelas marcas nas pedras parece ter tido 3 pisos.

 

(Texto retirado de vários sites da internet e por mim recompilado)

 

Este monumento (classificado como Monumento de Interesse Público) foi alvo de trabalhos de recuperação e consolidação. As fotos acima documentam o contraste entre o antes e depois da intervenção levada a cabo pela Câmara Municipal de Mangualde em colaboração com uma empresa da especialidade.A cache não se encontra na estrutura do monumento.

 

A Cache:

 

É objectivo desta cache, não só a descoberta de mais este monumento, mas também uma tentativa de despertar consciências com vista à preservação do mesmo. Esta Torre, que já não se parece nada com uma torre, esteve muitos anos ao abandono, mas foi entretanto intervencionada, para garantir a sua integridade e a integridade de todos quantos a visitarem. É uma oportunidade de conhecer melhor este monumento, até porque nas imediações existe agora uma placa informativa. A cache está nas imediações da torre, e não, pelo que já disse, na sua estrutura.  Como está próxima de habitações e de um tanque publico de lavagens, seja discreto. A Hint e o Spoiler (se os quiser ter em conta) levam-no(a) lá, quase sem necessidade de GPS.

 

(Conteúdo original: Fita "JOM", Esfera "Picachu", Mola-Estrela, Moeda "10Forint", Fio coração)

 

Como as ruelas no local da Torre são algo estreitas e quase não existe local para estacionar, o meu concelho é que deixe a viatura perto do pelourinho, em frente à capela de Nossa Senhora dos Verdes (N 40º 33.938' - W 007º 48.328'), ou no largo nas traseiras da capela (N 40º 33.949' - W 007º 48.266'), e siga o GPS até ao ponto zero a pé. Há sempre algo mais a descobrir.

 

Additional Hints (Decrypt)

[PT] À qvervgn qb cbegãb qr erqr. Ohenpb rapboregb cryn ren.
[EN] Gb gur evtug bs gur arg tngr. Ubyr uvqqra sbe gur vil.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.