Skip to Content

Traditional Geocache

Rato Forte [Tavira]

A cache by alieri Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 4/16/2008
In Faro, Portugal
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Drive in cache, Inside the fort. Bring a pen.

foto foto2

Forte do Rato 
O Forte de Santo António de Tavira, também conhecido como Forte do Rato ou Forte da Ilha das Lebres, localiza-se a Leste do sítio das Quatro Águas, na foz do rio Gilão, junto à barra da cidade de Tavira, no Distrito de Faro, em Portugal.

História
Erguido na segunda metade do século XVI na foz do rio Gilão, com a função de defesa do porto de Tavira, encontrava-se em construção quando da visita do rei D. Sebastião (1568-1578) aquela vila, no ano de 1573. Foi colocado sob a invocação de Santo António.
Notícia de 1577 dá conta de que a barra natural do rio Gilão localizava-se defronte à Fortaleza de Santo António.
No contexto da Guerra da Restauração da Independência, a sua estrutura foi remodelada, passando a complementar a defesa da Forte de São João da Barra de Tavira, no sítio da Gomeira, iniciada em 1672. Uma notícia de 1717, dá conta de que a barra natural do rio já se encontrava defronte ao sítio da Gomeira e, portanto, da nova fortificação.
Em 1792, numa relação do armamento existente neste forte, aponta-se que ele estava guarnecido por nove homens e artilhado com duas peças, estando uma sem apetrechos.
Em 1821, esta edificação encontrava-se guarnecida apenas por três homens, sem artilharia, com a porta bastante danificada e o armanezamento de pólvora em estado de abandono.
A fortaleza esteve ativa até 1840, quando, perdida a sua função militar, foi abandonada, por ordem do Governador das Armas da Província do Algarve.

Tipologia
De arquitectura militar da época moderna, a fortaleza possui planta poligonal com baluartes nos ângulos, cornija na muralha exterior. Porta aberta na frente voltada à terra. A fortaleza é um testemunho das preocupações defensivas da costa algarvia visto ter como objectivo defender a entrada do Porto de Tavira.
No seu interior existem ruínas das habitações que serviam de alojamento à guarnição e de paiol da Praça de Tavira, bem como o poço do abastecimento de água e alguns parapeitos.
O engenheiro Alexandre Massaii fala em cinco baluartes, acrescentando logo que os dois voltados a terra estão incompletos. No princípio do século XIX só existiam três baluartes voltados a sul, sendo a face norte constituída por um muro corrido e a entrada a meio.

Intervenções
DGEMN: 1981 - recuperação do arco da entrada; derrube de árvores e respectivas raízes que prejudicam os panos da muralha; construção de alvenaria hidráulica em elevação, empregando pedra rija da região e argamassa de cimento para consolidação e tapamento de rombos; refechamento de juntas de pedras; assentamento de cantarias de um cunhal, as quais se encontravam caídas no local.
Fevereiro e Março de 2000 – efectuada limpeza pela Câmara Municipal de Tavira / Vila Galé. 


ENGLISH
Fort of the Rat  - The Fort of Saint António de Tavira, also known as of the Rat or Fort of the Island of the Hares, is located East of the place of Quatro Águas (Four Waters), in the estuary of the river Gilão, together to the bar of Tavira.
History - Raised in the second half of 16th century, regarding the defense of the port of Tavira, it was in construction when of the visit of king D. Sebastião (1568-1578), in the year of 1573. It was placed under the invocation of Saint anthony. Notice of 1577 gives account of that the natural bar of the river Gilão beed situated opposite to Fortaleza de (Fortress) Santo António. In the context of the War of the Restoration of Independence, its structure was remodelled, passing to complement it the defense of the Fort of São João of the Bar of Tavira, in the small farm of the Gomeira, initiated in 1672. A 1717 notice, gives account of that the natural bar of the river already met opposite to the small farm of the Gomeira and, therefore, of the new blockhouse. In 1792, in a relation of the existing armament in this fort, one without equipment is pointed that it was provided by nine men and furnished with artillery with two parts, being. In 1821, this construction met provided only for three men, without artillery, with the door sufficiently damaged and the powder warehouse in abandonment state. The fortress was active up to 1840, when it lost its military function, and was abandoned, for order of the Governor of the Weapons of the Province of the Algarve.

CACHE
NÃO RECOMENDADO À NOITE. ESTE EDIFICIO ESTÁ EM RUINAS. É SEGURO PERCORRER O INTERIOR, MAS POR FAVOR TENHA CUIDADO, SE LEVAR CRIANÇAS. HÁ BURACOS JUNTO AOS CANTOS DA MURALHA.


NOT RECOMMENDED AT NIGHT. THIS BUILDING IS A RUIN! IT´S GENERALLY SAFE TO WALK INSIDE, BUT PLEASE BE CAREFUL IF YOU HAVE CHILDREN WITH YOU. THERE ARE SOME HOLES ON THE GROUND NEXT TO THE CORNERS.

Para que esta cache seja sempre uma surpresa, por favor não publique fotografias da mesma ou logs que possam revelar a sua localização.

Let's keep this a surprise. No spoilers, no photos of the cache nor of the hidding place, please.

Additional Hints (Decrypt)

[PT] Qrageb. Cregb qb pnagb
[ENG] Vafvqr. Arne gur pbeare

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

1,139 Logged Visits

Found it 1,077     Didn't find it 36     Write note 17     Publish Listing 1     Needs Maintenance 2     Owner Maintenance 5     Update Coordinates 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 138 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 9/22/2017 1:51:59 PM Pacific Daylight Time (8:51 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page