Skip to Content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
<

Convento de S. Francisco de Orgens

A cache by geobike16 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 01/12/2009
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta cache vai dar a conhecer um desconhecido Convento da Ordem de S. Francisco, que se situa perto de Viseu.

Convento de S. Francisco de Orgens

No limite da cidade de Viseu, a meia encosta do Monte Salvado e altaneiro a S. Martinho de Orgens, ficava o Convento de S. Francisco do Monte ou de Orgens. Fundado em 1410, por Frei Pedro de Alemancos, franciscano, natural da Galiza, desde logo foi acarinhado por todas as classes sociais, nomeadamente, pelos bispos diocesanos, cónegos do Cabido da Sé e nobreza.

O Mosteiro prosperou e foi considerado um modelo de observância, muito estimado e favorecido pelo povo, pelos prelados viseenses e por muitas pessoas nobres, que lhe fizeram grandes doações.

Com a extinção das Ordens Religiosas, o Estado apoderou-se dos seus bens, integrando-os na Fazenda Nacional. A quinta onde se situava este convento foi vendida em haste pública, no ano de 1834, a António Rodrigues de Loureiro. O novo proprietário tornou-se célebre pelas questões que teve com os habitantes por causa do convento, mas acabou por o demolir quase todo.

Do conjunto do Convento apenas hoje perdura a igreja, onde ainda se realizam cerimónias religiosas.

 

Do portal o acesso ao Convento é feito por uma calçada romana em óptimo estado o qual termina com um bonito cruzeiro que dá acesso à praceta frontal do Convento.

 

Na praceta, frente à fachada do Convento existe uma fonte muito bonita.



O Convento de S. Francisco do Monte guarda uma raridade que poucos conhecem. O Convento de S. Francisco do Monte tem um relógio mecânico do século XV, que é o único que existe em Portugal. Foi recuperado há poucos anos e é extremamente valioso. O relógio funciona através de um mecanismo de rodas dentadas que acciona um pêndulo que bate no sino. Estava desactivado desde os anos 60 e foi restaurado por um artista da freguesia, Romão da Costa Pereira. Voltou “a dar horas” em 2005. Com a evolução apareceram “relógios mais modernos, automáticos”, e aquele que terá sido feito em 1478 pelo Frei João da Comenda para a torre da Igreja do Convento de S. Francisco de Orgens parou após séculos de funcionamento. Segundo Fernando Correia de Oliveira, jornalista e historiador da área do tempo, relojoaria e mentalidades, Frei João da Comenda terá feito 13 relógios de torre como o de Orgens. Este frade, natural de S. Pedro do Sul, mas que vivia em Orgens, é referenciado como o primeiro relojoeiro português a fazer mecanismos de raiz, graças aos seus conhecimentos de serralheiro. Ainda segundo o jornalista, quando foram extintas as ordens religiosas, em 1834, constava do inventário do Convento de Orgens “um relógio com a sua competente sineta, avaliado em 24 mil réis”.

 

Quem quiser visitar a Igreja aconselho que vá na hora da missa de Domingo às 10h00. É a única hora que está aberta. Claro está que nesta altura deve ter cuidado com os muggles.

 

A Cache:

Deixar tudo exactamente como encontrou!

É uma pequena caixa com Logbook, stashnote, lápis, alguns trades e um TB.

Obrigado pela visita e aproveitem bem o sítio!

Additional Hints (Decrypt)

"NYRFRIFQF
PRAQAGRF"

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.