Skip to Content

This cache has been archived.

cache.a.lot: Infelizmente a manutenção não justifica a continuação da [i]cache[/i]. Esta foi a minha primeira [i]cache[/i] a ser publicada. Teve como objectivo uma chamada de atenção e como limite temporal até ao seu primeiro desaparecimento. Cumpriu o objectivo? Não sei... Mas desapareceu!

More
<

Bom Jardim

A cache by cache.a.lot Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/09/2009
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Bom Jardim



Moinho "Bom Jardim" ou Moinho dos Bóias


O moinho "Bom Jardim", conhecido por moinho dos Bóias, foi em tempos um moinho de vento, construído em pedra vermelha de Eirol e cantarias de granito. O moinho, construção muito normal na Ria de Aveiro noutros tempos, está em extinção nos dias de hoje. Este exemplar, situado logo à entrada da cidade no final da A25, próximo do pavilhão do S. C. Beira-Mar, na margem norte do canal do Paraíso, é hoje apenas uma estrutura cilíndrica e que tem sofrido um total desprezo, estando aberto e exposto ao vandalismo, sendo mesmo resguardo de pessoas menos favorecidas, o que contrasta com o luxo das habitações existentes do outro lado do canal.

Não foi possível obter dados sobre a origem e história do moinho mas, em 1981, Eduardo Cerqueira chamava assim à atenção para este moinho:
"Ali para os lados onde o casario da cidade acaba e a rasa paisagem lagunar se estende, ergue-se ainda o esqueleto estrutural, decepado e reduzido à absoluta apatia funcional, redondo de planta e ainda sólido nas paredes de pedra rolada de importação quiçá insular, um derradeiro espécime dos moinhos que polvilhavam outrora, ao rés de água, esta zona que se diferencia sem se subtrair no conjunto nacional.

De moinhos estiveram inçados a Ria e Aveiro. Desde os que conferiram esse topónimo a um ponto da estrada marginal da Cale de Vila e que a energia hidráulica das marés impelia para uma laboração precária, aos que disseminavam pelos chãos aluvionares de baixíssima cota, com propulsões eólicas, baralhadas com os palheiros das salinas.

Até ao mesmo Esteiro das Azenhas que, por via delas dava o nome, ao que hoje, não sei por que bulas nem pias baptismais que o legitimem, crismamos teimosamente de Canal do Cojo. E que terão, acaso, inspirado J. Ferreira Pinto Basto a construir, frustrantemente, a «Casa dos Moinhos», no termo do velho «llhote do Cojo» — onde está instalada a Capitania do Porto de Aveiro.

Aveiro perdeu, pois, uma velha e caracterizadora tradição de "moinhos". Redobrada razão para conservar, reconstruir e aproveitar, funcional e culturalmente, aquele que nos resta à mão e autêntico.
"
Existe, de novo, neste momento, um chamar de atenção para este exemplar, que recuperado e requalificado, poderia ser um excelente cartão-de-visita de Aveiro e um memorial da actividade tradicional de moagem na zona da Ria de Aveiro, enquadrado num "Bom Jardim".

Moinho dos Bóias
Moinho "Bom Jardim"
Mós do Moinho
Mós do Moinho
Para além deste só existe mais um moinho em Aveiro, o de Esgueira, que se encontra completamente em ruínas, apesar da sua importância histórica.


Moinho de Esgueira


Moinho antiquíssimo, talvez o edifício mais antigo de todo o concelho de Aveiro. A referência escrita mais antiga é numa carta de D. Dinis, ordenando demarcação de fronteiras entre Esgueira e Sá (antigos concelhos), de 3 de Abril de 1309. Nos princípios do século XVIII, o Tombo da Vila de Esgueira da documentação do Mosteiro de Lorvão, menciona este moinho como marco de divisão entre os três concelhos (Esgueira, Sá e Aveiro). Assim como no Tombo da Casa de Aveiro, também em finais do século XVII princípios do século XVIII, é mencionado o mesmo moinho na demarcação do concelho.

Em avançado estado de degradação e abandono, o que a continuar irá levar à irremediável perda desta construção importante para a história da própria cidade de Aveiro. Neste momento resta pouco mais que uma parede do moinho.

Embora com um maior valor arqueológico, devido ao seu estado de degradação, o facto de não ser permitido a aproximação à estrutura e porque desta pouco mais se conseguir ver que uma parede, o local é de pouco interesse. De qualquer maneira deixo aqui as coordenadas (ver Additional Waypoints) para quem tiver curiosidade em ver como o tempo e o progresso resolvem as suas contas com o passado e o edifício com os registos mais antigos da cidade tende a desaparecer.

Moinho de Esgueira Actualmente
Moinho de Esgueira Actualmente
Moinho de Esgueira ainda com telhado
Moinho de Esgueira ainda com telhado

A Cache


A cache encontra-se muito perto do Moinho "Bom Jardim" ou dos Bóias e é uma cache tipicamente urbana num local com bastante movimento rodoviário e em linha de vista de habitações. Além disso é preciso ter algum cuidado pois por vezes o moinho é "habitado" e pode levantar suspeitas. Apela-se portanto à discrição e bom senso para que a cache possa durar bastante tempo.

- Depois de detectarem a cache, certifiquem-se que não estão a ser observados e retirem-na.
- Não registem a vossa visita no local, afastem-se um pouco para não chamar a atenção.
- Deixe a cache devidamente colocada.


Fontes


- Moinhos de Portugal


free counters

Additional Hints (Decrypt)

Fragn-gr...

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

636 Logged Visits

Found it 605     Didn't find it 13     Write note 7     Archive 1     Needs Archived 1     Temporarily Disable Listing 2     Enable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 1     Owner Maintenance 2     Update Coordinates 2     

View Logbook | View the Image Gallery of 51 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.