Skip to Content

<

Cova da Moura [Al-Gharb]

A cache by almeidara Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/24/2010
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
4 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:



“Eu quero ser nada…para poder compreender tudo”
Shaykh Hisham Kabbani


Quarta-feira, ano 585 desde que o profeta fugiu de Meca.

castelo de Silves

Ibn Ammâr estava com o tesouro nas mãos, tinha conseguido sair de Xelb a tempo. O barco seguia o rio para sul, iria levá-lo ao grande mar. Só tinha que aguentar mais um pouco. Mas o ombro ferido não parava de sangrar, em breve não teria possibilidade de salvar o tesouro. Era esse o seu objectivo, ele era mais importante que a sua própria vida. Qualquer um dos seus irmãos sufi ficaria feliz de estar nesta situação. Ele tinha sido o eleito, por ser o mais heróico e puro. Em Alvor, apesar da fortaleza destruída há meses pelos infiéis, ainda restavam alguns irmãos que o poderiam ajudar.

Anos antes, vindo da arábia longínqua, chegara a esta terra fértil, cheio de sonhos. Aqui conheceu a verdade, viu o tesouro, tão querido por Sufis e Templários. Na realidade, faziam parte da mesma Cavalaria Espiritual. Profetizavam de ideais e princípios muito semelhantes, como a justiça, tolerância e defesa dos fracos, e tão diferentes das correntes radicais e fanáticas dos Cruzados ou dos Sarracenos. No final, o deus interior, àquele que vale a pena rezar, era o mesmo. As únicas diferenças estavam naqueles que só acreditavam no deus exterior.

Mas agora eram os Cruzados que sitiavam a sua cidade. E eles, não podiam ter o tesouro, nem saberiam o que fazer com ele. Agora que pensava nisso, era o mesmo tesouro que os companheiros Templários tinham trazido da cidade santa. Ele não sabia como tudo tinha acontecido, alias, julgava que apenas um punhado de cavaleiros sabia de toda a história. Tinham-lhe contado que o tesouro tinha sido encontrado por baixo nas ruínas do templo de Salomão, trazido por cavaleiros do templo para a Europa e deixado à guarda dos Sufi de Xelb. Aqui ninguém saberia da sua existência, era o lugar mais improvável.

O barco teimava a guinar para a direita, e o ombro ferido não deixava controlar a sua rota. Teria de ficar ali. Alvor ainda ficava longe, muito provavelmente não sobreviveria até lá.

Quando o barco encalhou, Ibn apenas consegui subir um pouco no terreno e encontrou a cova. Teria de ficar por ali, mas como indicar o lugar final do tesouro aos irmãos? Rastejou e depois de se conseguir levantar andou quatro passos, passou a galeria à esquerda. Andou mais três passos e na bifurcação seguiu pela esquerda. Imediatamente a seguir subiu a parede da esquerda e voltando-se para trás deixou o tesouro no buraco debaixo de pedras. Chorou quando teve a noção que morreria ali. Não por tristeza, mas por pensar que o tesouro se iria perder definitivamente. Num último suspiro, pensou que se ele foi perdido e voltado a encontrar em Jerusalém, a história se iria repetir aqui. Morreu a sorrir, no escuro da cova. Lá fora o sol nascia para um novo dia.




O texto anterior é apenas uma história de ficção. Como muitas tem como pano de fundo factos reais:
1) Silves (Xelb) foi sitiada em 19 de Julho 1189, tendo caído a 2 de Setembro do mesmo ano.
2) Alvor, ou “a fortaleza” em árabe, foi destruída no inicio de 1189 por ataques de D.Sancho I.
3) Sufi é uma doutrina da religião islâmica assenta no princípio de que existe uma verdade escondida e inatingível, ou seja, que a busca pelo conhecimento e perfeição é realizada com a noção de que o conhecimento e perfeição nunca serão atingidos. É uma vertente mística e gnóstica desta religião.
4) As coordenadas publicadas são da entrada da gruta, sigam as indicações.

Additional Hints (Decrypt)

ghqb b dhr cerpvfn rfgá ab grkgb

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

194 Logged Visits

Found it 168     Didn't find it 8     Write note 17     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 146 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.