Skip to Content

<

Igreja do Carmo - Penafiel

A cache by ACorreia+Bé Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 03/20/2010
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


IGREJA DO CARMO - PENAFIEL


Em meados do século XVII, existia no local onde hoje se ergue a Igreja do Carmo a Capela de Santo António Velho, assim chamada, desde que os frades construíram o Convento de Santo António dos Capuchos.

Durante as invasões francesas, várias vezes a Capela de Santo António Velho foi saqueada, entrando de seguida numa onde de decadência tal, que levou a Irmandade de Nossa Senhora do Carmo colocada na Capela de Santo António Velho, a fazer várias petições e despachos até assumir a gestão da mesma.

As obras de construção da Igreja de Nossa Senhora do Carmo ocuparam todo o século XIX.

Em 18 de Janeiro de 1857, é composto o adro e aumentado ao comprimento e largura, bem como fechado com grades de ferro. Também a frontaria da igreja é forrada a azulejo.

Em 19de Outubro de 1873 é quase concluída a obra de pedreiro da nova sacristia e sala de reuniões da mesa, tendo sido encomendado ao mestre carpinteiro da freguesia de Novelas Joaquim José Barboza pela quantia de 81 mil reis as portas, janelas e caixilhos, devendo a obra ficar pronta a 10 de Janeiro de 1874.

Já em 1955 e depois em 1959 é reparado o telhado e os respectivos caleiros, assim como é mandado construir um altar para a colocação de Nossa Senhora do Carmo com S. Simão Estói por 8500 escudos.

A Quinta da Aveleda pela mão do Sr. Roberto Guedes, oferece em 1960, 25 oliveiras para serem plantadas no adro.

No ano de 1976, é pedido orçamento para a colocação de azulejos nas fachadas viradas à rua e na frente virada para a estrada e a colocação de painel de Nossa Senhora do Carmo, bem como a colocação de azulejos na torre.

Em 1978, é mandado deitar chão em cimento na capela-mor para a colocação de alcatifa, bem como é mandado dourar os altares de S. Vicente e Santo António e reparar o telhado da sacristia e armazém.

Em 1979 é colocado o rodapé em mármore no corpo da igreja e é feita nova porta lateral para a Rua do Carmo e são dourados os altares.

Estas obras todas realizadas nos finais dos anos 70 e no princípio dos anos 80, devem-se ao benemérito Oliveira Mendes que ofereceu dinheiro para as mesmas, nomeadamente a reconstrução do coreto, dentro do mesmo estilo do anterior.

Em 1981 a Câmara Municipal de Penafiel dá um subsídio para restaurar a parte sul do muro do adro da igreja que confira com terrenos da Quinta da Aveleda e ameaçava ruir, bem como o saneamento das águas que invadiam o adro através do Caminho de Chelo.

No ano de 1982 foi colocada placa de piso no sótão, substituída a divisão anexa por tijolo, escadas em cimento para colocar alcatifa, assim como foi comprado um órgão para a igreja com a ajuda do filho do Sr. António Garcês e o senhor Oliveira Mendes.

Em Maio de 1985 são angariados fundos para a colocação de relógio na torre. No mês de Julho é inaugurado o relógio, bem como as obras do adro que foi calcetado a cubos.

Em 1993 foram restaurados os santos.

A Venerável Ordem Terceira do Carmo de Penafiel foi fundada no século XVIII, sendo os seus estatutos de 18 de Outubro de 1782, comprometendo-se a venerar a imagem de Nossa Senhora do Carmo no dia 16 de Julho de cada ano, onde se fará festa com sermão e Senhor exposto todo o dia.

A 22 de Novembro de 1913, os estatutos foram reformados e passam já a mencionar a sua sede na Igreja de Nossa Senhora do Carmo.

A Venerável Ordem Terceira do Carmo de Penafiel, fez vir de Roma, em 1825/26 o corpo de um jovem mártir, S. Vicente o Moço. O processo oficial e a aquisição, preparação e transporte do corpo custaram 222$110. Está exposto num dos altares laterais. O frontal de vidro permite aos fiéis ver este corpo incorrupto, mas que até aos dias de hoje não despertou um intenso culto.

Apesar de só de longe a longe se realizar a procissão em Honra a Nossa Senhora do Carmo, a Irmandade sempre se faz representar com as suas opas e seu estandarte em todas as procissões que se realizam na cidade de Penafiel, mostrando uma vivacidade e devoção.

É que procissões não se realizam quando se quer, mas sim quando se pode.





Fonte: http://penafielterranossa.blogspot.com/


A Cache:

Vai procurar um container micro, patrocionado pelos Surikatas, que se encontra num local ligeiramente afastado da igreja para permitir logar sem problemas.
contador de visitas

Additional Hints (Decrypt)

rager bf qbvf, ngeáf.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.