Skip to content

<

Anta do Alto da Toupeira - Salemas

A cache by wolfraider Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/28/2012
Difficulty:
3.5 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Anta da Toupeira ou Dólmen de Salemas, Lousa, Loures





Situa-se em Salemas, na freguesia de Lousa, sendo o período dos achados pertencente ao Neolítico/Calcolítico. Os trabalhos começaram em 1960 com intervenções a nível de limpeza, mas até à data não foi possível proceder à sua escavação e valorização. Também designado por Dólmen de Salemas ou Anta da Toupeira, é um monumento de dimensão superior aos restantes. Dos materiais recolhidos salienta-se um vaso de grande dimensão, um bojo, fragmentos de cerâmica, restos de talhe e instrumentos polidos.

ATENÇÃO - A CACHE NÃO ESTÁ DENTRO DA ANTA
Os dólmens são monumentos megalíticos tumulares colectivos (datados desde o fim do V milénio a.C. até ao fim do III milénio a.C., na Europa e até ao I milénio, no Extremo Oriente). O nome deriva do Bretão dol = mesa e men = pedra. Também são conhecidos por antas, orcas, arcas, e, menos vulgarmente, por palas. Popularmente, são também por vezes designados por casas de mouros, fornos de mouros ou pias.
Os dólmenes caracterizam-se por terem uma câmara de forma poligonal ou circular utilizada como espaço sepulcral. A câmara dolménica era construída com grandes pedras verticais que sustentam uma grande lage horizontal de cobertura. As grandes pedras em posição vertical, denominadas esteios ou ortóstatos, são em número variável entre seis e nove. A lage horizontal é designada de chapéu, mesa ou tampa. Existem câmaras dolménicas que chegam a ter a altura de seis metros. Quando a superfície da câmara dolménica não supera o metro quadrado, considera-se que é um monumento megalítico denominado  cista.
Ao que tudo indica, os dólmenes apresentavam outrora sempre encobertos por um montículo artificial de terra, geralmente revestidos por uma couraça de pequenas pedras imbricadas, formando aquilo que se designa por uma mamoa ou tumulus.
Os dólmenes podem ser classificados em:
  • Dólmenes simples fechados: possuem a câmara dolménica fechada, não tendo à partida nenhuma abertura, sendo necessária a remoção da tampa aquando de cada novo enterramento;
  • Dólmenes simples abertos: possuem a câmara dolménica aberta na parte lateral da câmara, por uma abertura que pode assumir várias formas;
  • Dólmenes de corredor: possuem um corredor ou galeria de acesso à câmara formado por diversos esteios verticais, normalmente cobertos por lajes menores designadas por tampas. Alguns corredores apresentam um pequeno átrio no lado oposto à câmara. O corredor pode ter variadíssimos tamanhos; conhecem-se em Portugal antas com corredor de dezasseis metros de comprimento.
Pensa-se que os  megalíticos mais antigos sejam os dólmenes que não possuíam corredor.
Na Europa, há dólmens nas zonas costeiras do Mediterrâneo e do Atlântico e também no litoral do Mar do Norte e do Mar Báltico. Há também monumentos megalíticos semelhantes no Norte de África, na     Síria, na Pérsia, e na Índia. Na Península Ibérica, também é no litoral que se encontram dólmens em maior número.
Nas câmaras mortuárias dolménicas, além de restos de esqueletos, têm sido encontrados vários objectos em pedra, cerâmica, osso, armas e utensílios, como machados de pedra polida, pontas de seta, micrólitos, vasos campaniformes, etc.
É na Andaluzia e no Sul de Portugal que, no entender dos arqueólogos, se situa o centro de onde irradiou a chamada cultura dolménica ou megalítica.

Glossário
Anta – túmulo destinado a enterramentos colectivos, normalmente constituído por câmara, corredor e mamoa.
Calcolítico – Período durante o qual ocorrem as primeiras manifestações de metalurgia, a par do trabalho da pedra, produzindo-se profundas alterações a nível económico e social. Surgem os primeiros povoados fortificados, monumentos funerários e novas formas de cerâmica, destacando-se, na fase final, os vasos campaniformes.
Neolítico – Período da Pré-História também conhecido por Idade da Pedra Polida, compreendido aproximadamente entre 12 000 a. C. e 4000 a. C., que se caracteriza pelo aparecimento da agricultura, que provoca a sedentarização (fixação das populações em povoados) e a domesticação dos animais, acompanhadas de profundas alterações tecnológicas: cerâmica e pedra polida.

  O SUPOSTO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DE UMA ANTA

Anta1 Anta2 Anta3 Anta4 Anta5 Anta6 Anta7

Additional Hints (Decrypt)

N PNPUR AÃB RFGÁ QRAGEB QN NAGN!!! Znf rfgá ab puãb!
Cbe snibe qrvkrz ghqb pbzb rfgnin!
Yrirz zngrevny qr rfpevgn.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.