Skip to content

FÁBRICA DA PÓLVORA Traditional Geocache

This cache has been archived.

Team Ribeiro: Game over!
Obrigado a todos os que aceitaram o desafio de encontrar esta cache.

More
Hidden : 08/07/2010
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Fábrica da Pólvora de Vale de Milhaços Fundada em 1898, finais do séc. XIX, com o nome de Fábrica da Companhia Africana da Pólvora, tinha nesse tempo recuado o objectivo de fabricar pólvora negra para Angola. Com um conjunto de maquinismos que remontam ao início do séc. XX, onde se inclui a sua máquina a vapor com uma potência de 125 cavalos, esta antiga unidade fabril constitui o mais importante testemunho da arqueologia industrial relativo à freguesia de Corroios.

Máquina

A Fábrica da Pólvora de Vale de Milhaços laborou na Freguesia de Corroios de 1898 até 2001, sendo actualmente um pólo do Ecomuseu Municipal da Câmara Municipal do Seixal. A fábrica da pólvora de Vale de Milhaços iniciou a sua laboração, tendo em vista as perspectivas de exportação de pólvoras negras para Angola. Esta orientação da produção levou a que a própria empresa se chamasse "Companhia Africana de Pólvora" (CAP), relegando para segundo plano, ou mesmo para o esquecimento, o facto de terem sido capitais alemães a permitirem a sua constituição. . Em 1997, decorrendo ainda a laboração, promoveu-se um detalhado registo do circuito de produção, com vista à sua preservação futura e disponibilização didáctica no Ecomuseu Municipal, bem como à musealização da unidade fabril, que se iniciou pelas antigas oficinas de carbonização. O perímetro industrial ainda se encontra em assinalável estado de conservação, incluindo dependências originais e abundante material de apoio. Escritórios, núcleo principal, refrigerador, casa de pesagem, estufa de vapor e praticamente todas as oficinas, com a sua característica arquitectura de tijolo, ferro e vidro, formando amplos espaços onde a produção podia ser facilmente realizada, são um conjunto patrimonial único no nosso país, estando o circuito de produção integralmente visitável por todos aqueles que assim o desejem.

Additional Hints (No hints available.)