Skip to content

This cache is temporarily unavailable.

Bitaro: Olá Famami,

Pelo teor dos últimos registos, parece necessária a intervenção do owner para verificar o estado da geocache.
Até lá, ficará temporariamente inactiva.

Por favor leia atentamente as Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Esta designação serve para geocaches que estão com alguma questão pendente ou um problema temporário por resolver.
Como owner, tem ao dispor, pelo menos, quatro soluções possíveis:

  1. Efectuar a manutenção necessária e reactivar a geocache, dentro do prazo estabelecido pelas Linhas de Orientação
  2. Colocar uma nota na geocache com o plano de manutenção, caso esta não possa ocorrer num curto espaço de tempo. Nessa nota deve constar:
    • o prazo em que pretende efectuar a manutenção,
    • o argumento pelo qual o prazo indicado abaixo terá de ser ultrapassado para que fique novamente activa;
  3. Caso não consiga assegurar a manutenção da mesma, pode considerar o processo de adopção por um geocacher local;
  4. Arquivar a geocache se não tiver disponibilidade para assegurar o estado pleno da mesma. Por favor, tenha em consideração que nesta opção é necessário remover a geocache ou os conteúdos da mesma para evitar que se tornem lixo (*geolitter*).

Assim, caso não seja feita manutenção ou indicado um motivo válido pelo qual a geocache deva estar desactivada além do tempo previsto pelas Linhas de Orientação, a mesma será arquivada num prazo de 60 dias (este prazo não é rigoroso enquanto a pandemia COVID-19 se mantiver - a manutenção deverá ser feita sempre em segurança, pois a sua saúde está primeiro que a saúde da cache!).

Relembro que não é possível desarquivar uma geocache que seja arquivada por falta de manutenção.

Obrigado pela colaboração
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Linhas Orientação

More
<

Convento de Santa Maria de Aguiar - FCR

A cache by Famami Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 08/17/2010
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Convento Santa Maria de Aguiar

convento

[PT]  O Convento de Santa Maria de Aguiar fica situado a 3 km de Figueira de Castelo Rodrigo, á beira da estrada que une a vila e sede do concelho à freguesia de Almofala, no distrito da Guarda.
O complexo constituído pela Igreja e Convento de Santa Maria de Aguiar terá sido edificado no Século XII pelos beneditinos transitando, posteriormente para a Ordem de Cister. De notar, que embora seja conhecido como "convento", era na verdade um mosteiro, pois a regra vigente era do tipo monacal (exercida por monges), ou seja, vivendo e trabalhando em locais afastados dos povoados. Predominam os estilos romântico e gótico. A Igreja do Convento é um exemplo fidedigno da primitiva arquitectura cisterciense: austeridade, robustez e poucos elementos ornamentais.
Construído numa altura em que eram frequentes as lutas na região entre cristãos e mouros e, posteriormente, entre leoneses e portugueses, o mosteiro e as dependências anexas eram edificados de maneira a formarem um recinto fechado, não permitindo a entrada a pessoas estranhas.
A frontaria do Convento de Aguiar apresenta as características do romântico primitivo.
Entre os vários elementos arquitectónicos, sobressai a simples e elegante porta da Sala Capitular, encimada por três arquivoltas de arco quebrado, pousando em ábacos sem quaisquer tipo de adornos, apoiadas em colunelos encastrados na parede e rematados por capitéis decorados com motivos vegetais. A Sala do Capítulo era a dependência mais importante do mosteiro, a seguir à igreja. Sendo um lugar de conselho e deliberação, aqui se reunia diariamente a comunidade religiosa sob a presidência do Abade.
Á saída da Sala do Capítulo abria-se uma passagem para o claustro e para a escadaria que conduzia ao dormitório, situado no primeiro andar. O claustro devia ser bastante elevado e robusto, sendo formado por três carreiras de pedras dispostas por cima dos fechos superiores dos arcos. Em frente à Sala do Capítulo ainda se vê a base do claustro formada por um muro de pedra de cerca de um metro de altura e uma escadaria com cinco degraus. 

fonte convento

No meio do pátio elevava-se elegante fonte que, felizmente, foi reconstruída em 1994 pelo actual proprietário da Hospedaria.
O Convento de Santa Maria de Aguiar foi declarado Monumento Nacional a 17 de Dezembro de 1932. No ano de 1937 tiveram início as obras de restauro da Igreja, a cargo da direcção Geral dos Monumentos Nacionais. É hoje provavelmente a mais pura e bem conservada das igrejas da Ordem de Cister existentes em Portugal e uma das mais exemplares de toda a Europa, integralmente restituída à sua traça primitiva, onde hoje se descortina apenas, como elemento espúrio, um magnífico retábulo do séc. XVI, verdadeira obra-prima do barroco português.

 conv

[EN]  

The Convent of Santa Maria de Aguiar is located 3 km from Figueira de Castelo Rodrigo, will the road linking the town and the county seat of Almofala the parish in the district of Guarda.
The complex formed by the Church and Convent of Santa Maria de Aguiar has been built in the twelfth century by the Benedictines traveling later to the Cistercians. Note that although it is known as the "convent" was actually a convent, because the rule was in effect the monastic type (practiced by monks), or living and working in places away from villages. Predominantly romantic and Gothic styles. The Church of the Convent is a reliable example of early Cistercian architecture: austere, robust and few decorative elements.
Built at a time when the fights were frequent in the region between Christians and Moors, and later between Leonese and Portuguese, the monastery and outbuildings were built up to form an enclosure, not allowing entry to outsiders.
The front of the Convento de Aguiar has the characteristics of the romantic primitive.
Among the various architectural elements, stands a simple and elegant door the Chapter room, surmounted by three archivolts broken arc, landing on his abacus without any kind of decoration, supported by small columns embedded in the wall and surmounted by capitals decorated with vegetal motifs. The Chapter Room was the most important monastery, after the church. Being a place of advice and deliberation, here met daily religious community under the presidency of the abbot.
Out of the Chapter Room opened up a passage to the cloister and into the stairwell leading to the dormitory, located on the first floor. The cloister should be quite high and robust, being formed by three rows of stones laid on top of the latches above the arches. In front of the Chapter Room still see the foundation of the cloister formed by a stone wall about one meter in height and a staircase with five steps.
In the midst of the court amounted elegant font that, fortunately, was rebuilt in 1994 by the current owner of the guesthouse.
The Convent of Santa Maria de Aguiar was declared a National Monument on December 17, 1932. In 1937 began the restoration of the Church, in charge of the General Direction of National Monuments. Today is probably the purest and most well preserved of the churches of the Cistercian Order in Portugal and one of the most exemplary of all of Europe, fully restored to its primitive moth, which today unfolds just as spurious element, a magnificent century altarpiece .
XVI, true masterpiece of Portuguese Baroque.

A Cache:

Com esta cache pretendemos mostrar a todos os visitantes este espaço que é o convento de Santa Maria de Aguiar e realizar assim uma pequena visita ao mesmo. A cache possui uma forma de ser alcançada, pede-se o máximo de cuidado na sua retirada e colocação para não estragar nada…               
           
O container poderá levar TB’s e GC’s.
O container final, contem de inicio:

  •  LogBook
  •  Lapis
  •  GC
  •  ... e surpresas..

 

No LogBook desta cache encontra-se um valor, recomenda-se que apontem o valor la escrito pois vai dar jeito para uma futura outra cache

Tirem fotos ás vistas…agradecia que não colocassem nenhuma foto spoiler.

 

Boas Cachadas

[EN] With this cache we intend to show all the visitors that this space is the convent of Santa Maria de Aguiar and thereby a short visit to it. The cache has a way of being reached, asked the utmost care in their removal and placement not to spoil anything ...
           
The container could lead TB's and GC's.
The container end, contains a start:
• Logbook
• Lapis
• GC
• ... and surprises ..

In the Logbook of this cache is a value, it is recommended that point the value written it because it will give way to a future other cache
Take pictures of the sights ... I'd appreciate any photos that do not put spoiler.
 
Good Hunt

 

Por favor considere a sua responsabilidade ambiental antes de imprimir esta página
Please consider your environmental responsibility before printing this page

Additional Hints (Decrypt)

anb rfgenthrz anqn.. :)

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)