Skip to content

This cache has been archived.

dmelo: Depois de várias tentativas para esconder noutros locais, constatei que não há possibilidade nenhuma. Por isso peço para arquivarem. Obrigado

More
<

CASA DO JUIZ DE BARRELAS * V.N PAIVA

A cache by dmelo Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/11/2010
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

CASA DO JUIZ DE BARRELAS ( ACTUAL VILA NOVA DE PAIVA), SITUA-SE NA PARTE VELHA DA VILA NA ZONA DENOMINADA DE OUTEIRO.














     "A lenda refere-se à mais célebre sentença do juiz de Barrelas, de Vila Nova de Paiva. Pois na aldeia de Barrelas havia uma tal Teresinha, casadoira, com farto dote dado pelo pai, Ti Mingocho. A rapariga, ainda que bem intencionada era um tanto toleirona ou ingénua. Assim, acabou por ficar quase a sucumbir ao palavreado de um da terra que se lhe aproximou por absoluto interesse. Por sorte a Teresinha apercebeu-se a tempo do risco que estava a correr e acabou com aquele namoro com o Zé Queiroga. E voltou-se para o José Solano, seu amigo de infância, por quem acabaria por se apaixonar de verdade. E casaram.
 

      Zé Queiroga, fingindo-se indiferente ao resultado daquilo tudo, fez-se até amigo de José Solano. Mas, lá no fundo, engendrava uma vingança, mas não conseguia dar-lhe saída.
 

      E a oportunidade surgiu-lhe quando menos contava. Certa madrugada, José Solano estava deitado com a mulher quando lhe sobreveio uma fortíssima dor de dentes. O remédio na época eram bochechos de aguardente e ele saltou da cama e foi à taberna da esquina. Enquanto bochechava, jogavam às cartas o Zé Queiroga e outros amigos. Então este ergueu-se e pediu ao Solano que o substituísse no jogo só enquanto ele ia num instante a casa por qualquer motivo, acrescentava que aquilo até o poderia distrair. E saiu disparado a casa  do Solano, entrando-lhe na cama e  metendo-se-lhe com a mulher. A dor de dentes fingida serviu de pretexto para não haver palavras. Ela só lhe disse que estava gelado. Assim como entrou, saiu, indo libertar o Solano ao jogo.
 

      Este chegou a casa, e a mulher estranhou que ele não se lembrasse de já lá ter estado com ela. Concordaram que ela teria sonhado. Porém, no Carnaval seguinte, nas pulhas o Queiroga cantou sob a janela do Solano: Já dormi na tua cama/Já enxovalhei o teu brio/ Lembras-te quando disseste/ Ai Jesus que vens tão frio! E o casal percebeu o que se passara. O Solano arranjou maneira de, num duelo, matar o Queiroga. A tal assistiu, oculto, o juiz, que nada disse. Porém, os da banda do Queiroga arranjaram testemunhas falsas e inculparam outro da terra, que odiavam. O juiz não se queria descobrir e o julgamento fez-se. Solano, entretanto, confessara-se ao juiz, que o mandou calar, que só lhe aceitaria a confissão se preciso fosse, pois achava que ele lavara a sua honra com dignidade.
 

     E eram tortuosas e poderosas  as falsas testemunhas de acusação contra o réu inocente, que o juiz não teve alternativa e ditou a sentença:
 

      – Vistos os autos…
 

      Vi e não vi; sei e não sei; corra a água ao cimo; deite-se o fogo à queimada; dê-se o laço em nó que não corre, etc. Por tudo isto e em face da plena provado processo constante, condeno o réu na pena de morte, mas dou-lhe cem anos de espera para se arrepender dos seus pecados. Cumpra-se. O Juiz de Barrelas.
 

      E assim se salvou um inocente e ficou à margem de tudo quem salvara a dignidade num corpo a corpo, cada qual com a sua navalha."



A Cache pretende dar a conhecer mais um recanto de Vila Nova de Paiva, neste caso a Casa do Famoso Juiz de Barrelas, quer pela sentença quer pela figura que desempenhou outrora em Barrelas, actual Vila Nova de Paiva.

A Casa foi recentemente reconstruída pelo actual dono, mas não deixa de ser assim uma referência no Concelho de Vila Nova de Paiva.



A Cache contém logbook e stashnote, levem algo com que escrever.

Tirem Fotos e partilhem com a comunidade.





Cuidado, que nesta zona há muitas pessoas e muitas janelas, sejam discretos.

Levem algo com que escrever.

Additional Hints (Decrypt)

Nb ynqb qb Pehmrveb.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.