Skip to content

This cache has been archived.

dmelo: Após várias ponderações, decidi arquivar a cache. Obrigado pelas visitas.

More
<

Passeio por locais de Culto

A cache by dmelo Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 05/22/2013
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

A CACHE NÃO SE ENCONTRA NAS COORDENADAS PUBLICADAS


PASSEIO POR LOCAIS DE CULTO


 

IGREJA MATRIZ

O Corpo da Igreja Paroquial de Fráguas, foi restaurado ou resconstruído e ampliado em 1739 conforme data na galilé. E a Capela-Mor? É mais alta, artisticamente mais pobre, mas com janelas de pedra saliente, arejadas e luminosas.

Quando foi construída?

O Cónego Gama, em " Terras do Alto Paiva", página 336, diz ser do século XIX. Nós temos outra opinião. A Capela Mor Fez-se logo, depois dum fôlego financeiro. Só que as obras demoraram. Ao gizarem o projecto pensaram noutro estilo e até se arrependeram de ter deixado a parte de baixo com pequenos janelitos, acabando por abrir uma janela igual à da Capela Mor como se pode ver, agora, que se tirou a argamassa velha.

Quanto à Capela Mor encontramos na Revista "Beira Alta" páginas 274-275, de 1986, uma escritura que diz:

"Escritura de fiança que dá a José Pires, Mestre carpinteiro desta cidade, às obras da Capela-Mor e Sacristia da Igreja de S. Pelágio de Fráguas, desta comarca de Lamego. No ano de 1782, por ser passado dia de natal, aos 25 dias do mês de Dezembro do ano pretérito, nesta cidade de Lamego e na Rua do Senhor do Bom Despacho dela, no meu escritório, apareceu presente, José Pires, mestre carpinteiro desta mesma cidade (...) pelo qual foi dito, perante nós, que no Juízo da Provedoria havia feito rematação das obras de carpintaria e talha da tribuna da capela mor e sacristia da Igreja de S. Pelágio de Fráguas, desta mesma comarca, a saber, a obra de carpintaria na quantia de  cento e noventa e cinco  mil reis, as quais obras, conforme seus apontamentos  com que as tomou e lhe foram rematadas, por este público instrumento se obriga por sua pessoa e bens de qualquer espécie, em seu nome e de seus herdeiros e sucessores, a dar cumpridas, perfeitas e acabadas, na forma dos referidos apontamentos...".

Fiadores, " António José Fernandes, mestre carpinteiro da Rua de Almedina, desta cidade, e Manuel dos Anjos, também mestre pedreiro e mercador, morador na entrada da Praça de cima, da mesma".

Tabelião, "José António de Carvalho Freire".

Concluímos que a Capela Mor será de 1783, isto é quarenta anos após a conclusão de parte do Corpo da Igreja.

Aqui deverão contar o nº de Cruzes Vermelhas en volta da Igreja
Será o valor (A)

 

CAPELA SRª DA CONSOLAÇÃO



A Capela de Nª Srª da Consolação está localizada no Largo da Capela em Fráguas. Grande é a Festa que se realiza no 2º Domingo de Agosto, à qual acorrem fieis do Distrito de Viseu. Em Agosto a população de fráguas quadruplica, sendo para cima de 1000 habitantes. Todos os Emigrantes no estrangeiro guardam as suas férias para esta altura. Já Ha pelo menos 450anos que a festa é feita. Tudo começou quando um grupo de habitantes, se juntou e começou a fazer a festa. O apogeu desta Festa foi nos anos 50-60 em que quando os rapazes da aldeia iam para a tropa. Faziam a festa se regressassem sãos e salvos das guerras. São 4 dias de farra, com a noite de sábado com Uma grande Descarga de Fogo de Artíficio preso na Praia Fluvial,´que atrai muitos visitantes da redondeza. Em média são 30 minutos sempre a estoirar. Depois continua com os conjuntos musicais. No Domingo o Dia grande de Festa abre com arruada de uma Banda Filarmónica e depois a procissão com muitos andores e estandartes, digna de se ver.

Fica aqui o convite para visitarem a aldeia  no 2º Domingo de Agosto e no Sábado para poderem ver com os vossos próprios olhos o Fogo de Artificio e a Procissão.


Aqui deverão contar o nº de bolas em pedra
Será o valor (B)

 


N 40º 50. (355 + A)
W 007º 46. (246 - B)
LOCAL FINAL DA CACHE


TIREM FOTOS DOS LOCAIS E APROVEITEM ESTA CAMINHADA
CAIXA COM LIVRO DE VISITAS, INFO GEOCACHING.

 

Flag Counter

Additional Hints (Decrypt)

Ngeáf

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.