Skip to content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=307#maint :

[quote]
You are responsible for occasional visits to your cache to maintain proper working order, especially when someone reports a problem with the cache (missing, damaged, wet, etc.). You may temporarily disable your cache to let others know not to search for it until you have a chance to fix the problem. This feature is to allow you a reasonable amount of time – normally a few weeks – in which to check on your cache. If a cache is not being maintained, or has been temporarily disabled for an unreasonable length of time, we may archive the listing.

Because of the effort required to maintain a geocache, we ask that you place physical caches in your usual caching area and not while on a vacation or business trip. It is best when you live within a manageable distance from the cache placements to allow for return visits. Geocaches placed during travel may not be published unless you are able to demonstrate an acceptable maintenance plan, which must allow for a quick response to reported problems. An acceptable maintenance plan might include the username of a local geocacher who will handle maintenance issues in your absence.[/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
<

IK2 - Senhora do Carmo

A cache by Irukandji99 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 08/31/2011
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Senhora do Carmo

Situada na freguesia do Teixoso, no cruzamento da N18 com a N18-3,a cerca de 3 km do centro da localidade, a capela da Senhora do Carmo é um local de culto regional, onde anualmente se realiza uma das maiores romarias da região. Este templo dedicado até meados do século XVIII a S. Sebastião, foi alvo de restauro, em 1905, que lhe deu a actual configuração da fachada principal. A imagem que se encontra no nicho que sobrepuja o janelão foi oferecida por Gregório Baltazar como promessa para que a sua família e criados não sofressem os efeitos da Pneumónica. No interior destacam-se vários ex-votos pintados por Luís do Vale. Fonte: http://www.teixoso.freguesias.pt/

"Remontando a tempos longínquos, e cumprindo uma ancestral tradição, a festa em honra de Nossa Senhora do Carmo traz à vila do Teixoso milhares de visitantes todos os anos. Esta festa, que é considerada por muitos a festa dos emigrantes, tem origem romana. Consta-se que existia uma vila romana ao pé do recinto da Sra. Do Carmo que tinha como padroeiro S.Sebastião, no entanto, essa tradição foi alterada para o culto da imagem de Nª Sra. Do Carmo. A Tia Aurora na juventude dos seus 84 anos lembra como era a festa antigamente. "Vinham ranchos de fora, dos Três povos, era uma alegria. E depois há uma tradição fritam-se as xerovias e bacalhau frito e todas as pessoas queriam provar". Maria do Céu Matos Pais é um pouco mais nova, mas os seus setenta e três anos permitem-lhe recordar a festa de outros tempos com saudade e até alguma mágoa. "Antigamente a Senhora do Carmo era muito religiosa o que não acontece agora que é uma autêntica feira. Vinham muitas pessoas de fora e ficavam no adro da igreja, espalhavam cobertores pelo chão e dormiam assim". A tia Aurora lembra ainda as travessuras dos mais jovens. "Traziam burros e havia muitas oliveiras me volta do teixoso e depois a mocidade desprendia os burros e depois tinham de andar a ver deles. A mocidade de antigamente era muito travessa". A festa começa no dia 14 de Agosto com a procissão da noite. Da capela da Senhora do Carmo para a igreja do Teixoso, são milhares os peregrinos que cumprindo as suas promessas transportam velas iluminando as ruas da vila. No dia seguinte da festa propriamente dita, as missas começam às seis e meia da manhã e sucedem-se durante toda a manhã, entretanto organiza-se a procissão do meio-dia como é conhecida. Os irmãos das diferentes Confrarias reúnem-se para incorporarem a procissão no adro da igreja. As ruas da vila estão novamente cheias de gente e as pessoas às janelas de suas casas não perdem o desenrolar da procissão. Na procissão seguem à frente as confrarias e seus estandartes, seguem-se os homens e os andores, os anjos e peregrinos que cumprem as suas promessas levando consigo pés, braços, mãos de cera, velas da sua altura. Alguns vão amortalhados numa túnica branca, descalços e de coroa na cabeça. Segue-se o pálio, a música e as mulheres, a procissão põe-se em andamento, na frente um homem não pára de deitar foguetes, é meio-dia, o sol está quente, mas a banda vai tocando a sua música sempre acompanhada pelos cânticos da Nª Sra. do Carmo e lá vai seguindo a procissão estrada fora, os andores engalanados resplandecem ao sol, os foguetes rebentam no céu limpo. Estão percorridos quase dois quilómetros e meio, as últimas casas da vila já há muito que ficaram para trás, a multidão forma uma massa compacta e muito comprida. Fonte: http://www.urbi.ubi.pt/arquivo/2007/393-2007-08-14/2975/

Música da Senhora do Carmo, na colectânea "Cantos de Danças de Portugal", com recolha de Michel Giacometti: http://www.youtube.com/watch?v=Vf6FRIymzck

A cache é de tamanho pequeno, tipo tupperware e, inicialmente, tem logbook, lápis, afia, 2 berlindes, 1 dado, 1 marcador de livros magnético e um boneco Hello Kitty. Está localizada dentro do recinto, próximo da capela. O recinto por vezes está fechado, pelo que não está disponível 24/7, apenas de dia (ver nota abaixo), e é preciso ter cuidado com os muggles da casa e,especialmente, ao fim-de-semana, quando o local é mais frequentado. Não tirem fotos do local da cache para preservar a sua existência.

ATENÇÃO:

- QUANDO O PORTÃO DO RECINTO ESTÁ FECHADO, O LOCAL É GUARDADO POR UM CÃO (DOBERMAN), PELO QUE É DESACONSELHÁVEL ACEDER À CACHE. NORMALMENTE, O PORTÃO FECHA AO FIM DA TARDE/INÍCIO DA NOITE E REABRE DE MANHÃ. VERIFIQUEM SEMPRE SE O PORTÃO DA ENTRADA DOS CARROS PARA O RECINTO ESTÁ FECHADO E SE O CÃO ESTÁ SOLTO.

Additional Hints (Decrypt)

Rfgvpn-gr.
Yrirz zngrevny qr rfpevgn.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.