Skip to content

Parque de São Lázaro Traditional Cache

This cache has been archived.

enganaTeam: Devido aos constantes desaparecimentos e falta de disponibilidade.

More
Hidden : 03/26/2012
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


O Parque de Lazer de S. Lázaro, situado em Alfena junto à pequena capela de S. Lázaro, sofreu obras de requalificação em 1994 tornando-se um local bastante agradável.

O parque é atravessado pelo rio Leça, tendo mesas, bancos e churrasqueiras comunitárias, convidativas a almoços e piqueniques ao ar livre.
Tem ainda espaços ajardinados e é dotado de bastante arvoredo o que lhe confere boas sombras à beira-rio.

ROMARIA
O S. Lázaro é festejado neste local no Domingo que precede o Domingo de Ramos e é costume nesta festa oferecer-se às namoradas o doce tradicional, a Regueifa de Cornos.

Um pouco de HISTÓRIA sobre Alfena e a zona do Parque de S. Lázaro…
"Conhecida na Idade Média por S. Vicente de Queimadela, só depois desse período passou a designar-se por Alfena. O documento mais antigo, que se conhece data de 1214, pertence ao Arquivo Distrital de Braga e nele, D. Stefanina (Esteuaínha) fala dos "Leprosis de Alfena et le Leprosis Portugali". De facto, neste local de peregrinação a S. Lázaro, cujo culto esteve sempre associado àqueles doentes, existiu uma gafaria (hospital para leprosos) e por isso Alfena beneficiava de privilégios concedidos pelo rei, razão pela qual Alfena era escolhida pelas populações para ali viverem e construírem as suas casas devido à isenção do pagamento de tributos ao rei.
Deste núcleo histórico, e para além da capela de S. Lázaro, e da ponte românica restam ainda as ruínas de um moinho que infelizmente foi alterado. Este moinho, de estrutura granítica tinha uma eira em ardósia, a chamada pedra da taleiga onde o milho era depositado para secagem.
Os lavradores desta como de outras regiões, faziam questão de possuir grandes eiras e lagares de uma só pedra, que simbolizavam ostentação e poder. Também a antiguidade do "santuário" ou santuário (oratório) era um sinal de perenidade da família.
Mas o património cultural deste lugar não se resume só à ponte, nem ao moinho, nem à capela, que por sinal está muito bem conservada. Era muito mais vasto. Era tudo o que estava à sua volta. Era tudo o que lamentavelmente foi desaparecendo na voragem dos tempos. Ali existiram casas muito antigas, de almocreves e provavelmente algumas estalagens. Hoje apenas subsistem paredes. Não devia ter sido permitido o derrube dessas casas. Considera-se no entanto, globalmente, meritório o trabalho desenvolvido na recuperação deste parque que há uns anos atrás servia de estaleiro e está agora transformado num lugar muito aprazível e bem aproveitado, num ponto de encontro entre os rios Leça e Junqueira, seu afluente."
- Fonte: A Voz de Ermesinde

A CACHE
- A cache encontra-se dentro do parque, sugere-se que atravessem a ponte em madeira sobre o rio para aproveitar ao máximo o passeio.
- Não se encontra nos muros, por favor, não retirem pedras.
- A zona é muito frequentada, por favor, sejam mesmo muito discretos.
- Levar material de escrita.
- Deixar o container da mesma forma que foi encontrado, bem acondicionado.
- Se encontrarem a cache vandalizada ou logbook cheio ou em mau estado, por favor, solicitem manutenção.

Esperamos que gostem. Boas cachadas!

Engana Team com a colaboração de Yacquelinepn

Additional Hints (Decrypt)

"Ubwr uá puheenfpb? Cbhfn n pbzvqn ní rapvzn dhr wá graub ndhv hz engvaub an oneevtn... Iãb gre dhr fr nonvkne cnen rapbagene n zvaun gbpn." VZCBEGNAGR: Cbe snibe, tnenagnz dhr b pbagnvare svpbh orz cerfb.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)