Skip to Content

Multi-cache

Sabor Transmontano

A cache by global trekkers Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 7/7/2012
In Bragança, Portugal
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
4.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


O Rio Sabor é um afluente da margem direita do Rio Douro. Este rio que nasce na Serra da Parada (Espanha) a 1600m de altitude e desagua perto da vila de Torre de Moncorvo a uma altitude aproximada de 100m, percorre uma extensão total de 120km, praticamente toda em território português.

Ao longo de quase todo o seu curso, e até perto da foz, o rio corre livre de barragens através de alguns dos mais belos locais da província de Trás-os-Montes, constituindo uma riqueza natural ímpar muito peculiar, cuja preservação se torna fundamental para a manutenção da biodiversidade. Em termos de flora, encontram-se aqui alguns dos mais extensos e bem conservados sobreirais e azinhais transmontanos; no que diz respeito à fauna, o rio constitui um autêntico refúgio para algumas das mais raras aves europeias tais como a águia-real (Aquila chrysaetos), águia-de-Bonnelli (Hieraaetus fasciatus), cegonha-negra (Ciconia nigra), abutre-do-egipto (Neophron percnopterus), falcão-peregrino (Falco peregrinus) e bufo-real (Bubo bubo).




Esta cache vai levá-lo a subir um troço de aproximadamente 10km no médio Sabor, em pleno planalto transmontano. É constituída por 3 contentores: no primeiro (micro) irá encontrar as coordenadas para a ponto intermédio e neste encontram-se as coordenadas da cache final (small). O percurso fluvial começa na confluência do rio Maçãs (foz) com o rio Sabor em N 41º 27.348; W 6º 40.286, onde o acesso se faz através de caminhos rurais de terra, de inclinação por vezes acentuada, que totalizam aproximadamente 5 km a partir da aldeia de Junqueira, e onde deverá estacionar previamente o carro. Apesar de acessíveis a viaturas 4 x 4, é altamente recomendado que faça este percurso a pé, tirando partido de toda a envolvente sobre o vale do Sabor que esta caminhada oferece.

Ao longo do percurso existem inúmeros locais para ir a banhos, desde sequências de rápidos e pequenas cascatas, até poços com alguma profundidade e que constituem excelentes refúgios estivais. Dos mais conhecidos contam-se o poço do Tendeiro (N 41º 29.577; W 6º 39.697), o poço do Quadrado (N 41º 29.951; W 6º 39.894), ambos no sector da cache intermédia, respectivamente a jusante e a montante, e o poço dos Clérigos (N 41º 31.334; W 6º 40.301), no sector a montante da cache final.

ATENÇÃO: O percurso termina sensivelmente 1 km a montante do local da cache final, após a qual deverá continuar a subir o rio junto ao trilho que corre paralelo a este. Deverá posteriormente apanhar  um novo trilho em N 41º 31.432; W 6º 40.185 que sobe a montanha e o levará de volta à civilização, à aldeia de Matela (aproximadamente 6 km sempre a subir). No total conte com pelo menos 20km de caminhada.




É recomendável que, tanto para o acesso ao ponto inicial como para o caminho de regresso desde o wp fornecido até à aldeia de Matela, estude previamente a rede de caminhos existente (por exemplo através do GE) ou que leve consigo cartografia apropriada.

Pode ser conveniente efectuar a progressão entre ambas as margens e não estar apenas "amarrado" a uma. Esta situação irá depender obviamente do caudal do rio e do nível de secura nos blocos/pedras do leito, sendo que estas condições serão certamente mais propícias durante o Verão e início de Outono.


Recomendações adicionais:

- É necessário ter uma boa preparação física. O percurso ao longo do rio, com excepção da parte final, é quase todo sem trilhos pelo que será necessário efectuar várias subidas e descidas para vencer os obstáculos (vertentes inclinadas, blocos de pedra) que vão aparecendo no caminho.

-Levar muita água, sobretudo na época estival.

-Levar roupa e calçado adequado.
 

-Avisar SEMPRE alguém antes de iniciar o percurso. Relembro que no vale do rio não há rede de telemóvel, e o contacto com o exterior pode estar comprometido, caso seja necessário.

- Se planear passar a noite no rio (uma experiencia inesquecível e altamente recomendada no Verão), não exagere no peso da mochila que vai levar às costas. Leve apenas o estritamente necessário.

- Começar a caminhada o mais cedo possível, para acabar cedo. No Verão e alturas de maior calor, saia preferencialmente até antes das 9h, pois quando a onda de calor o atingir, já estará perto do rio com sombra e água em abundância. Contar com 10 a 12h de caminhada, conforme o seu/vosso andamento.

- Levar protector solar.
 

- Não ir SOZINHO!

Additional Hints (Decrypt)

cbagb vavpvny: onfr qn áeiber gncnqn cbe crqen (ire fcbvyre)
cbagb vagrezéqvb: ab gbcb, qronvkb qn ynwr qr crqen (ire fcbvyre)
pnpur: qronvkb qn crqen (ire fcbvyre)

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

  • DSC01775Parte do vale do Sabor vista de cima e antes de chegar ao leito do rio. A caminhada até ao rio e por si só um bálsamo para a alma
  • DSC01776Confluência do rio Macãs com o rio Sabor. É aqui que começa esta caminhada e esta multi-cache.
  • DSC01779Sequência de riffles num segmento fluvial do Sabor. É neste tipo de habitas que desovam o barbo (Luciobarbus bocagei) e a boga (Pseudochondrostoma duriense) durante o final da Primavera.
  • DSC01809Vista para montante do local do ponto intermédio. A exigência do percurso obriga a que muitas vezes tenhamos de subir e descer penhascos para progredir ao longo do rio.
  • DSC01820Sequência de rápidos nas Fragas da Cerca, um dos ex-libris desta caminhada. É impossível colocar numa foto a magnificiência do local e as escarpas de dezenas de metros.
  • DSC01980Os banhos ao longo da caminhada são uma constante e um reforço de energia para o que está para vir.
  • DSC01989Ao fundo o poço do Tendeiro, um dos locais procurados por alguns poucos aventureiros das aldeias de Matela (margem esquerda) e Talhas (margem direita) durante o Verão. Passar a noite aqui é magnífico e constitui uma experiência inesquecível.
  • sabor01
  • sabor02
  • sabor04
  • sabor06
  • sabor12
  • sabor14
  • SPOILER final
  • SPOILER inicial
  • SPOILER intermédio

28 Logged Visits

Found it 11     Write note 13     Publish Listing 1     Owner Maintenance 3     

View Logbook | View the Image Gallery of 227 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 8/22/2017 1:55:03 PM Pacific Daylight Time (8:55 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page