EarthCache

Moreia do Compadre

A cache by joom Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 2/19/2017
In Vila Real, Portugal
Difficulty:
4 out of 5
Terrain:
4 out of 5

Size: Size: other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Perguntas para responder - questions to answer

Para reclamar esta earthcache deverá enviar-me, através do meu perfil, as respostas às seguintes questões. Se algo estiver incorrecto será contactado.

Nas coordenadas da earthcache estará no meio do caos de blocos de uma moreia glaciar e junto a um bloco diferente, em tamanho, dos que estão em seu redor.

1 – Segundo a figura que tipo de moreia é esta que pode ser vista aqui?

2 – Qual das alíneas é a massa estimada e aproximada da parte visível deste bloco e que foi arrastado pelo glaciar? a) 45 t, b) 22 t, c) 2 t, d) 1 t, e) 200 kg

3 – O lado do bloco na direcção do fluxo do glaciar, sensivelmente a Este, tem uma inclinação em relação ao solo. Qual é em graus?

4 – A face do bloco virada sensivelmente para Sul tem mais perto do solo dois recantos que fazem um “m”. Por de baixo da perna esquerda do “m” existe uma parte (um pouco maior que um GPSr) onde o granito é cinzento. No registo, inclua um esboço a mostrar a forma dessa área ou então coloque uma fotografia a indicar essa parte.

Opcional: uma foto sua no local, incluída no registo, será apreciada, e prova que efectivamente esteve lá. Note que não deverá ser possível estimar as respostas através das fotografias publicadas. Obrigado pela visita.

To claim this earthcache one should send me, through my profile, the answers to the following questions. If something is incorrect I'll contact you.

At the earthcache coordinates you are among a block chaos of a glacier moraine and near a different boulder, in size, from those around it.

1 – Accordingly the picture which moraine type one can see here?

2 – Which from the options below are the closest estimated mass of the visible part of this boulder? a) 45 t, b) 22 t, c) 2 t, d) 1 t, e) 200 kg

3 – The eastern boulder side, towards the glacier flow direction has a tilt shift from the ground. What is it in degrees?

4 – The boulder south face, approximately, has near the ground two curves that form the letter “m”. Under the “m” left leg there is a part, a little bit bigger than a GPSr, where the granite is grey. In your log, include a sketch showing this shape or include a photo showing it.

Optional: a photo of you at the place, and included in your log, will be appreciated and it proofs that you were effectively there. Please note that the answers should not be estimated by one looking at the photo. Thank you for your visit.


A moreia do Compadre

Aqui, nesta earthcache, entre o vale da ribeira da Biduíça e as vertentes do Compadre podem ser vistos uns dos vestígios glaciares mais importantes do noroeste de Portugal. Nas coordenadas estamos em plena moreia, quase com um quilómetro de comprimento e resultante da fase glaciária no nosso território (Würm, de 35 000 a 20 000 anos a.C.). É uma das marcas da presença de um glaciar com quase 150 metros de acumulação de gelo no máximo da glaciação.

As moreias são formadas por depósitos de sedimentos que foram depositados pela língua glaciar devido à fusão do gelo. Estes depósitos podem ser vistos nas laterais do glaciar, no seu fundo ou no final e são constituídos por sedimentos que variam entre blocos de grandes dimensões, com várias toneladas, e pequenos detritos com apenas alguns centímetros de diâmetro.

O granito é quase sempre sólido (sem estrutura internas), duro e resistente, sendo por essas qualidades usado como pedra para a construção civil. A densidade média do granito situa-se entre 2,651 e 2,75 g/cm3. Por facilidade aqui é considerado e por arrendondamento uma densidade de 2,7 g/cm3 ou 2,7 t/m3.

Fontes:

Património Geológico de Portugal

Ferreira, A.B., Vidal Romani, J. R., Zêzere, J. L. & Rodrigues, M. L. (1999). A Glaciação Plistocénica da Serra do Gerês. Relatório 37, Centro de Estudos Geográficos, Lisboa, 150 p.

Pereira P. & Pereira D.I. (2009). Geomorfologia glaciária e periglaciária em Portugal. Contributo para a inventariação do património geológico português. Publicações da Associação Portuguesa de Geomorfólogos 6, 279-284.


English version soon

 

Nota - Note

A cache não está em Zona de Protecção Total. O acesso à cache, coordenadas finais, não atravessa qualquer zona de protecção total (ZPT).

Esta é uma marcha de montanha e requer cuidados convenientes. Estude o caminho previamente e leve água, comida e calçado apropriado.

This is a mountain hike and one should make suitable preparations. Please study your path before hand and bring water, food and suitable shoes.

Additional Hints (Decrypt)

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

6 Logged Visits

Found it 4     Write note 1     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 26 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 3/26/2017 11:36:26 AM Pacific Daylight Time (6:36 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum