Skip to Content

<

MegaLapiás da Mata de Baixo_Alvaiázere_@022

A cache by O Melg@ Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 06/11/2012
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Diversos Megalapia


MegaLapiás Campo da Mata

O Lapiá é uma formação geológica singular, típica de relevos cársicos que tem origem na infiltração e consequente acção corrosiva da água sobre o calcário.

As rochas sedimentares, constituídas predominantemente por carbonato de cálcio, são solúveis em águas ricas em dióxido de carbono, como é o caso da chuva. Quando estas se apresentam fraturadas ou fendidas, a infiltração e circulação da água é facilitada, e essas aberturas alargam por um processo de dissolução – processo de carsificação. A carsificação não se processa de uma forma homogénea: determinadas áreas são mais facilmente erodidas, enquanto outras oferecem maior resistência, permanecendo como formas residuais isoladas ou em grupo, formando assim campos de Lapiás.

Por outras palavras, após a erosão da camada superficial dos solos, as rochas são expostas e a dissolução da rocha desenvolve fendas. Eventualmente as rochas são completamente separadas e formam campos de rochas niveladas ou padrões de sulcos e gretas. Posteriormente o solo e vegetação acabam por preencher os espaços vazios entre as rochas, formando verdadeiros Geo-monumentos.

Quando falamos em MegaLapiás, naturalmente referimo-nos a formações rochosas de maiores dimensões, muito maior que o Lapiá comum. Os MegaLapiás que derivam de dissolução mais agressiva e forte dos calcários podem ser do tipo pedunculado, em dorso, em torre ou por último em arco.

Este campo de Megalapiás da Mata, estende-se desde a colina do Castelo, a Sul da Serra de Alvaiázere, até aos Covões, a Norte. Trata-se de um local de área inferior a um quilómetro quadrado, que se prolonga desde os 210m até aos 410 metros de altitude. A área onde este campo se encontra apresenta algumas vulnerabilidades devido á escarpa de falha da Serra de Alvaiázere, superior à depressão fluviocársica de Alvaiázere, observando-se assim em alguns dos Megalapiás brechas, devido a movimentos de deslizamento deste sistema.

Para poderes logar esta EarthCache, deverás responder ás seguintes questões:

1 - Qual o tipo de MegaLapiás que vês no local das coordenadas?

2 - Como se formam os Lapiás?

3 - Qual a altura deste MegaLapiá?

4 - Qual o seu Diâmetro na parte mais estreita?

5 - Se gostas da paisagem junta ao teu log uma foto com o teu nick no local. (OBRIGATORIO A PARTIR DE 2019-07-01)

MegaLapiá

ENG

MegaLapiás Field of Forest

The Lapiá is a natural geological formation, typical of karstic reliefs, that is originated by the infiltration and corrosive action of water on the limestone.

Sedimentary rocks composed of calcium carbonate are soluble in water rich in carbon dioxide, such as rain.

When these rocks are fractured or split, the infiltration of the water is facilitated, and these openings extend through a process of dissolution.

This dissolution isn’t homogeneous certain areas are easily eroded, while others offer a greater resistance, remainingl isolated or in groups forms, forming the lapiás fields.

In other words, after the erosion of the surface soil, rocks are exposed and developed dissolution of the rock slits. Eventually the rocks are completely separated and form rocks fields whit grooves and cracks. Later the soil and vegetation fill the open areas between the rocks, forming beautiful geo-monuments.

The MegaLapiás are larger formations than the common Lapiá. The MegaLapiás derived from an aggressive dissolution of limestone. The Megalapias can be can be pedunculated, like a tower or in arc.

This Megalapiás field, goes from the Castle Hill, to the Southern Alvaiázere mountain, to Covões north. It is an area less than one square mile, which extends from the 210 meters up to the 410 meters high.

This area is vulnerable because of the fault of Alvaiázere mountain that is higher than the depression of Alvaiázere fluviocársica. By observing the Megalapias we can see some of the breaches due to the sliding motion of the system.

To log this EarthCache, you should answer this questions:

1 - What kind of MegaLapiás you have in this coordinates?

2 - How the Lapiás is formed?

3 – What is the height of this MegaLapiá?

4 – What is its diameter at the narrowest point?

5 - If you like the landscape together with your log a photo with your nick on the spot. (REQUIRED FROM 2019-07-01)

Divirtam-se...Enjoy


This page was generated by GeoPT Listing Generator

Additional Hints (No hints available.)



Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.