Skip to Content

<

Pego do Inferno

A cache by AlmargemTeam Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 6/27/2012
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
4 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


 

O Pego do Inferno

  

O Pego do Inferno situa-se na freguesia de Santo Estêvão, a cerca de 7 km de Tavira (Distrito de Faro) e constitui uma das mais bonitas paisagens algarvias em pleno barrocal algarvio, embora que distinta da imagem turística do Algarve da costa dourada.

 

 

Foi criado um agradável percurso, que enriqueceu a paisagem. O ponto alto deste percurso é o bonito "Miradouro do Pego", onde se pode admirar a grande beleza da queda de água que deleita quem a visiona, oferecendo mergulhos refrescantes nos meses de verão.

 

 

O acesso ao Pego do Inferno, após o estacionamento, faz-se durante cerca de 100 metros até se aceder a uma escadaria de madeira, começando aí o percurso propriamente dito, levando a descida até ao Pego cerca de 300 a 400 metros.

 



 

O Pego do Inferno é uma das quedas de água da ribeira do Asseca, um dos mais importantes cursos de água da região de Tavira. A queda de água (não mais de 3 metros) forma uma lagoa redonda, colorida por um verde mediterrânico, que lhe advém da profundidade de suas águas e da cor dos terrenos e da vegetação onde se insere, já que está rodeada de uma refrescante área arborizada. 



 

Fauna e Flora:

 

Nas margens ribeirinhas, por vezes, é possível apreciar algumas espécies faunísticas que dependem diretamente de água, tal como o cágado (Mauremys leprosa) e o sapo-comum (Bufo bufo). Podem, ainda, ser vistas diversas espécies animais, tal como a lebre (Lepus capensis), o ouriço-cacheiro (Erinaceus europaeus), e a cobra-rateira (Malpolon monspessulanus).

 

 

Geologia:

A Cascata do Pego do Inferno é a maior de um conjunto de três cascatas (Cascata do Pomarinho e Cascata da Torre) formadas em tufos calcários existentes na ribeira da Asseca em Santo Estêvão, perto de Tavira, no Algarve. Tufo calcário é um tipo de rocha formada em águas de origem cársica que após perderem dióxido de carbono ficam sobressaturadas em carbonato de cálcio que se acumula no fundo de cursos de água, em cascatas, lagos ou qualquer outro ambiente aquático.


A Lenda:

 

Rezam-se histórias e lendas sobre a profundidade das suas águas, tal como o Pego não ter fundo por estar diretamente ligado ao mar... Mas a verdade é que tem pouco mais de 7 metros.

Conta a história que, há muitos anos, uma carroça se despenhou no pego, caindo os ocupantes na lagoa. Seus cadáveres, bem como os dos animais que puxavam a carroça, nunca foram localizados e os mergulhadores não conseguiram encontrar o fundo da lagoa, chamando então ao local "Pego do Inferno".

 

Fontes:

www.guiadacidade.pt; www.lifecooler.com; www.cm-tavira.pt; http://umraiodeluzefezseluz.blogspot.com; http://almapaixonada.blogspot.pt/2010/01/turismo-surpreendente-pego-do-inferno.html; http://aboutportugal-dylan.blogspot.pt/2009/06/pego-do-inferno-tavira.html


A zona da cache:

 

Atualmente o percurso a partir da escadaria de madeira encontra-se um pouco degradado, no entanto foram iniciados trabalhos de requalificação do local que estão a decorrer mas que não impedem o acesso à cascata.

De qualquer forma, é necessário algum cuidado na circulação nas escadas, na ponte e junto às vedações.

O acesso recomendado até à cache é o que permite ter mais segurança, embora existam outros acessos. Como tal, não é necessário atravessar a ponte mas terão que molhar o corpinho. Aproveitem para desfrutar da paisagem, tirar muitas fotos e já agora para tomar um banho relaxante nesta zona fresca.

No verão o caudal de água baixa consideravelmente, sendo que este ano (2012) devido à fraca incidência de chuvas, o caudal está muito fraco (algo que só acontecia em Agosto).

 


 


 

 

A cache:

 

Este local é muito frequentado todo o ano mas é nesta altura que as visitas aumentam. Infelizmente muitas pessoas não têm cuidado com a manutenção do local e continuam a depositar lixo nas margens e dentro da lagoa. Peço para que quando visitarem esta cache façam CITO (Cache In Trash Out).

 


 

O local da cache está diretamente relacionado com a cascata do pego do inferno, como tal, terão que ter algum cuidado na sua procura. É extremamente perigoso fazer esta cache à noite.

 

Outro aspeto a ter cuidado é a sazonalidade desta cascata. No inverno, com a maior incidência de precipitação o caudal aumenta bastante e torna-se muito perigoso. Devem ter este dado em atenção e avaliarem as condições de acesso antes de entrar na água.

 


 

Boas Cachadas…

 

 



Additional Hints (Decrypt)

Cg: Cbe pvzn qn pnfpngn. An cnerqr. Ra: Ba gbc bs gur jngresnyy. Gur jnyy.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

343 Logged Visits

Found it 284     Didn't find it 31     Write note 21     Publish Listing 1     Needs Maintenance 3     Owner Maintenance 3     

View Logbook | View the Image Gallery of 154 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.