Skip to content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

btreviewer
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer
Work with the reviewer, not against him

More
<

Capela e Parque do S. Pedro

A cache by tavares1988 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/08/2012
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
1 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta cache tem como objetivo dar a conhecer um belo parque em Argoncilhe, no lugar de Aldriz.
Neste local é possível verificar a existência de uma capela, um lago e de um parque infantil.
Sejam discretos como sempre.

HISTÓRIA
Argoncilhe ou Argancilhe como chama Jorge Cardoso no seu hagiólogo lusitano. Estará ligado a “Arcuncilhus”, diminutivo de Arcos formado com a desinência “cellus”. Assim o Arcos, “Arco” no baixo latim deu Arcuncellus que encontramos também em povoações portuguesas tais como Arcozelo, Argozelo. 
Leva-nos por isso à ideia de Arco pequeno. Parece-nos também por isso que os topónimos levaram a acreditar, na existência de qualquer momento romano de onde tivesse restado qualquer portal abobadado e que noutras partes levou ao topónimo de Abobadela.
Ordinariamente os topónimos são o depositário em substância das raízes histórico-arqueológicas de uma terra.
É possível por isso pelos restantes topónimos já apontados que Argoncilhe tivesse sido uma florescente povoação romana de escavações arqueológicas que poderão confirmar Argoncilhe topónimo e registamos documentos medievais desta forma: 
- Séc. XI – Carta de “Dragoncelli”
- Séc. XII – 1100 – “In Villa Dragoncelli”
E outros já mencionados.
Estas formas toponímicas constantes dos documentos medievais portugueses dão-nos a visão de como a palavra foi evoluindo o que nos dá a entender também outras formas de evolução populacional desde este antropónimo germânico em genitivo que indica o possuidor de uma vila ou casa de campo ou exploração agrícola cujas raízes podem ascender até à época romana.
O hipotético nome do possuidor teria sido um senhor Dragon ou Baragos cuja forma diminutiva já apresentamos.
Como já vimos também Argoncilhe foi no período da sua ocupação romano-suevo-gótica, visigótica das localidades mais abundantes em “villas” que eram pequenas herdades e como já ficou dito ao falar de Aldriz e outras.
Restantes lugares
Em 1290 D.Dinis obriga o nobre Pedro Garcia de Frasão a mudar as suas pretensões de transformar em seu “couto” toda a freguesia de Santa Maria de Dragoncelli. Aproveitara-se este nobre da época favorável de D.Sancho II mas que D. Dinis obriga a repor tudo no seu primitivo lugar.
Neste documento vêm mencionados testemunhas e os procedimentos legais que levara à menção dos lugares de “Dragoncelli”, Sersedelo, Aldriz, Poças, Ordonelli, Ramir, Moinhos, Silvares, Casal, Lavadorios em que há 78 casais de mosteiros, igrejas e de herdades.
Sinal que já nestes tempos havia lugares que constam na toponímia moderna da Freguesia.
Assim se pode ver no “Arquivo da História de Portugal”.
Em 1686 declara-se estar fundada a 1ª paróquia: “Fundato in existas Vilar”. Esta Freguesia ficou independente dos cruzios de Grijó entre 1834.
 
Aldriz - Lugar já referenciado na Idade Media como "Vila de Eldriz", porém remontará à época romana a crer pelos achados arqueológicos (lugar do Castro, Aldriz) onde estariam localizadas várias "villas".Em 1086 aparece o 1º documento histórico escrito referente a Argoncilhe. Foi na doação de D. Sancho Bermudes à igreja de uma Terra que este senhor possuía na “Vila de Eldriz” logo abaixo de Seixoalvo que nos leva a Pedro Branco.
 
FESTA
S.Pedro
Remontam a tempos longínquos os festejos em honra de S.Pedro, assim como a capela aí existente. É sem dúvida uma das grandes festas de Argoncilhe, sendo celebrada no fim-de-semana de 29 de Junho.

Additional Hints (Decrypt)

fragn-gr r fragr b zntargvfzb!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.