Skip to content

This cache has been archived.

Bitaro: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

Obrigado pela compreensão,
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Linhas Orientação

More
<

Alto aí ó Massena ! Por aqui não passas...

A cache by cmvfxira.cne1164 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 10/04/2012
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
4 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Sabe que local é este?

Sabe o que aconteceu aqui? !

Vamos a uma pequena lição de história

Este é o FORTE Nº 120 das Linhas de Torres, talvez o que teve maior importância de todos !

Venha descobrir !!!




Forte das Linhas de Torres nº 120

Vamos recuar um pouco no tempo. Cerca de 200 anos.
Toda a Europa estava a ferro e fogo.
Quase todos os povos estavam debaixo da bandeira de França e do poder de Napoleão.....
Todos não ! havia um povo, junto ao mar plantado que estava mesmo à espera deles!!!
 

Sabia que…

As Linhas de Torres Vedras eram um conjunto de fortificações, com cerca de 100 kms de extensão, que se estendiam do Tejo ao mar, com o objetivo de defender Lisboa do exército francês.

As Linhas de Torres Vedras foram uma obra de engenharia e estratégia militar grandiosa, reforçando os obstáculos naturais do terreno, garantindo o controlo de todas as passagens que do norte conduziam a Lisboa, ao mesmo tempo que permitiam a comunicação com o mar, salvaguardando assim uma possível retirada militar dos ingleses, em caso de derrota.

 

As Linhas de Torres, foram uma estratégia idealizada pelo Duque de Wellington, e são consideradas por muitos historiadores como o mais eficiente sistema de fortificações de campo da História Militar, com a particularidade de só terem custado 100.000 libras, um dos investimentos mais baratos de toda a História Militar.


Outras curiosidades

As Linhas de Torres eram eficientes porque:

      

 

As 550 peças de artilharia instaladas nos 152 redutos garantiam que todas as estradas de acesso a Lisboa estavam submetidas a fogo de flanco;
Entre as fortificações foram construídas estradas militares que permitiam a rápida deslocação das tropas no interior das Linhas;
A construção das fortificações foram feitas em segredo absoluto, um dos aspetos mais extraordinários do projeto – os franceses e a grande maioria dos britânicos desconheciam a sua existência.
Eram feitas encobertas de pedras e terra.
O seu avistamento ao longe não era fácil.
O sistema de comunicações utilizado (bandeiras e sinais) assegurava a transmissão célere de mensagens entre as duas linhas.

“Foi no dia 16 de outubro de 1810 que aconteceu o episódio do reconhecimento do marechal Massena.

Os reconhecimentos que os Franceses tinham feito anteriormente referiam alguma debilidade daquela zona e consideravam a possibilidade de tornear a posição de Alhandra para conquistar Alverca. Masséna quis  confirmar.
Foi então que, da obra militar nº 120, o chamado Reduto Novo da Serra do Formoso, foi dado um tiro de aviso que atingiu o parapeito onde o marechal se protegia e observava a posição.
Diz-se que o seu cavalo assustou-se, Masséna tirou o chapéu, fez uma vénia em sinal de respeito e consideração pela qualidade do atirador e retirou-se.”

 

Descrição / Caraterização sumária: Do Forte 120

 
Estrutura de pequena dimensão em terra e pedra. De formato pentagonal.
O Forte nº 120 integrava a 1ª Linha de Torres Vedras. Era composto por paiol, trincheira, canhoneiras e fosso.
 

Com cerca de 130 homens e 5 peças de artilharia, esta obra militar tinha por objetivo:

 

  • bater a Estrada Real de Arruda
  • todo o Vale que lhe fica em frente
  • a direita do Bulhaco
  • as alturas de Trancoso
  • defender o ataque pela esquerda de Subserra

 

Ajudando as funções  os Fortes:

 

  • Nº 118 Forte do Moinho Branco
  • Nº 119 Forte dos Dois Moinhos de Sarnadas
  • Bateria Nº 6 Bateria dos Melros.

 

 

Saiba mais sobre o forte nº 120

A Cache

De formato small , permite a troca de pequenos objectos

Deve ser manuseada com extrema cautela.

Seja discreto, não revele, nem mostre o seu local

Divirta-se e boa cachada



Esta Cache foi feita na mais estreita colaboração entre

 

 

 

Saiba mais sobre o Forte 120


Additional Hints (Decrypt)

An cbagn qn cbagn

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.