Skip to content

AGRICULTURA – história ou destino? Multi-Cache

Hidden : 11/09/2012
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


A agricultura, como forma de subsistência do agricultor e sua família, é atividade que remonta à pré-história, mais propriamente à idade da pedra lascada.
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/e/e7/Farmer_plowing_in_Fahrenwalde%2C_Mecklenburg-Vorpommern%2C_Germany.jpg/250px-Farmer_plowing_in_Fahrenwalde%2C_Mecklenburg-Vorpommern%2C_Germany.jpgEsta agricultura arcaica, caracterizada pela utilização intensiva da força humana (e animal) é hoje inimaginável, e a maioria da população desconhece o que é uma enxada e ou um arado de tração animal.
Desconhece também como são produzidos muitos dos produtos agrícolas de uso diário como por ex. a batata. Recordo a propósito o desabafo de uma jovem universitária, voluntária nas campanhas de alfabetização dos camponeses transmontanos que dizia: “aprendi mais do que ensinei; aprendi até que as batatas não são produzidas nas fábricas de batata frita”

Não conheço o perfil socioeconómico da população constituída pelos estranhos seres que se divertem, muitas vezes de cu para o ar, a esconder e descobrir caixinhas. Não serei muito polémico se disser que a sua ligação a esta forma de agricultura arcaica é muito remota e de muitos até desconhecida. Também não seria de espantar que alguns ainda possam pensar que os pepinos e os tomates sejam produto de uma qualquer fábrica de chineses mas não são.
 Como podem verificar pela foto, a modernidade não é incompatível com as formas arcaicas de trabalho.
Com esta cache pretendo mostrar uma zona, inserida no casco urbano da cidade de Matosinhos, onde ainda subsiste esta forma arcaica de trabalhar a terra. Estão aí presentes os cheiros característicos da criação de gado e as pequenas hortas de fundamental importância para garantir a sobrevivência de várias famílias.
Nos períodos de crise, será este o destino?

A CACHE

O ponto inicial é no parque de estacionamento junto a uma estação de Metro. Aprecie a paisagem rural, os campos e os tipos de cultura.
Projete a vista lá para o fundo, para lá da subestação elétrica e ligeiramente para a direita. Isso mesmo, vê a 435 metros a ponta do monumento comemorativo da inauguração de uma Alameda a que foi dado o nome de um poeta português do sec.XX.
Tem que ler o pequeno poema que lá está gravado e tomar nota das coordenadas desse local para chegar às coordenadas finais.

Agora uma conta simples.
O numero de letras do poema multiplicado por 5 menos 20 e somado às milésimas dá o N,  o numero de letras do poema multiplicado por 2 com mais metade do numero e subtraído às milésimas dá W, das coordenadas finais da cache.

Nota de confirmação:
Ao chegar à cache, podes verificar se estás a X metros do ponto de partida, sendo que X=3a-3 ou X=3b+3, sendo a e b as galinhas do sr A e do sr B
 Ali em baixo, o Sr. A em conversa com o Sr B (ambos com pequenos galinheiros) dizia:
- Que coisa curiosa, se me deres uma galinha eu fico com o dobro das tuas, mas se for eu a dar-te uma a ti, ficamos iguais.

Bom passeio.
O container é um frasco cuja abertura se faz com compressão.
Possui logbook, cachenote e lápis. 



Additional Hints (Decrypt)

Uá crqenf r crqenf

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)