Skip to Content

This cache has been archived.

Caracois Turbo: Para dar lugar a novo projecto

More
<

A lenda da casa da Pedricosa

A cache by Caracois Turbo Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/11/2012
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size: regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:




Se passares por mim, olha-me duas vezes, toca-me no chão e encantar-te-ei os olhos com histórias que não se contam, que se dizem em surdina para não serem ouvidas, e se me deixares sussurro-te aos ouvidos histórias de outros tempos, que por serem malditas te incomodarão as noites e acompanharão os dias.

Percorre-me o interior com calma, escuta o rumor visceral que me alimenta, aqui encontras todos os gritos de séculos passados, as preces de quem rezou a um Deus maior que o teu, e na tua pequenez rende-te a mim e roga para que tenhas coragem de continuar pelos corredores que te peço que calcorreies.

Não te esqueças de deixar à porta a soberba e a arrogância, aqui moram outras almas que não entendem senão a bondade e a devoção, mas que te amaldiçoarão os passos se os deres incertos e se ousares olhar sem ver, as lágrimas vertidas, os gritos de quem suplica a vida depois de fugir a uma morte certa.

Reza a lenda que por aqui permanecem todos os que nesta casa se refugiaram de pragas e pestes que assolaram a região, e que uma dita Santa se deitou entre estas paredes e nelas procurou refúgio para o corpo e para a alma.


Aqui se escondem almas perfeitas, que ainda hoje procuram retiro em todos os recantos onde a luz não chega e onde o sol não se põe como é natural que o faça todos os fins de tarde.


Existem dias em que os dias são sempre noites, e nestes dias os gritos são mais audíveis e a tua presença é apenas mais uma no meio de tantas. Pára e ouve, e se te assustares é porque tens razões para isso, nunca duvides de um primeiro instinto, esse é sempre o mais verdadeiro.

Mas se a calma se assolar e te sentires embriagar pelo local, desconfia… existem sereias de adobe e lama entremeadas de pedras nas paredes que teimam em vencer o tempo e se mantêm de pé.


Se escorrer água das paredes prova-lhe o sal, nem sempre o mar dos olhos é salgado, e a frescura que te envolve nos dias de verão nem sempre é o resultado da frescura de uma casa, por vezes o vento sopra mais devagar, quase como se fosse um suspiro, e a casa fala-te e é necessário que a ouças, porque ela não te deixará sair de outra forma.

No silêncio que a circunda encontras a chave da saída, ou o trinco que te amarrará para sempre a alma.




Additional Hints (Decrypt)

Arz fó pbz irynf fr vyhzvanz bf ubzraf

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

24 Logged Visits

Found it 22     Archive 1     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 13 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.