Skip to Content

This cache has been archived.

Bitaro: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

Obrigado pela compreensão.
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Linhas Orientação

More
<

Largo Prof. Joaquim André dos Santos [Alfeizerão]

A cache by LAcorsaTEAM Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/14/2012
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: not chosen (not chosen)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Related Web Page

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Largo Professor Joaquim André dos Santos

A Vila de Alfeizerão foi fundada pelos árabes entre 714 e 717, os quais se mantiveram nesta região cerca de 400 anos, até 1147, altura em que é conquistada e o seu castelo tomado por D. Afonso Henriques. Após a sua conquista, foi Alfeizerão doada à Ordem de Cister passando a fazer parte dos Coutos do Convento de Alcobaça.

Dos monges donatários da Ordem recebeu este lugar dois forais, o primeiro no ano de 1342 e o segundo em 1422. Em 1514, D. Manuel I outorgou-lhe novo foral e concede a esta localidade a categoria de Sede de Concelho e estatuto de Vila, mandando erigir um Pelourinho.

Durante 332 anos foi Alfeizerão sede de concelho com Alcaide, foro e juízes, a sua paróquia era vigararia. Por decreto de 6 de Novembro de 1836, foi extinto o concelho, tendo esta vila sido integrada no concelho de S. Martinho do Porto. Com a extinção do concelho de S. Martinho, foram estas duas vilas integradas no concelho de Alcobaça, passando posteriormente para as Caldas da Rainha e mais tarde, novamente, para Alcobaça.

Foi Alfeizerão importante porto de mar, o qual se manteve activo até finais do séc. XIV. Aqui, existiram importantes estaleiros de construção naval e as mais ricas salinas dos coutos do Convento de Alcobaça. Após um período menos feliz, em parte devido ao terramoto de 1755 e que se prolongou por mais de um século, começou novamente Alfeizerão a desenvolver o seu potencial económico e social.

Actualmente, são cerca de 5 500 os habitantes desta freguesia e, aproximadamente, 4 000 os eleitores que se dedicam às actividades de pecuária, agricultura, fruticultura, vinicultura, lacticínios, confeitaria, pastelaria, abate e conserva de carne, serração de madeiras, mobiliário, porcelanas e olaria, oficinas e reparações de automóveis, e serviços.

Existem 2 postos médicos, uma farmácia, dois laboratórios de análises clínicas e serviço permanente de duas ambulâncias pertencentes à Casa do Povo. 

Para animar as gentes locais existe a Associação Recreativa Desportiva Cultural e Social do Casal Pardo, Centro Cultural Desportivo e Social do Casal Pardo, Centro Cultural Desportivo e Social do Casal Velho, Grupo Recreativo Desportivo de Vale de Maceira, Casa do Povo de Alfeizerão, Associação Recreativa e Desportiva Quiterense, Associação de Caçadores, Sport União Alfeizerense, Grupo Motard “Tesos do Alfalto”, Grupo de Escuteiros, Grupo de Teatro “Pó de Palco”, Rancho Folclórico “As Camponesas de Casa Velho” e Santa Casa da Misericórdia.

Os alunos residentes frequentam as sete escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico, 1 Escola pré-primária, 1 Infantário e 1 ATL.

Ao passar pela Freguesia de Alfeizerão, não pode deixar de visitar o castelo de Alfeizerão, o Pelourinho, a Capela de Santo Amaro, a Capela de Santa Quitéria, a Igreja matriz, a Pousada de Juventude, o tradicional Pão-de-ló de Alfeizerão e as trouxas de ovos.

A cache

A cache comemora o nosso segundo aniversário.

Esta é um conteiner 'micro' e muito fragil, por isso tenham extremo cuidado ao procurar e esconder o conteiner, tenham também em atenção que a zona está rodeada de habitações e tem um café mesmo ao lado. Para que a cache dure tenham muito muito cuidado.  


This page was generated by GeoPT Listing Generator

Additional Hints (No hints available.)



Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.