Skip to content

This cache has been archived.

XIII A.D.: Infelizmente, devido à destruição do principal ponto para resolver o mistério e aos inúmeros extravios desta geocache, teremos que arquivá-la.

Obrigado aos que vieram procurá-la!

Boas cachadas!

More
<

Almirante Tamandaré

A cache by XIII A.D. Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/30/2012
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:





AA  AA  

Joaquim Marques de Lisboa, o Almirante Tamandaré (Rio Grande, 13 de dezembro de 1807 — Rio de Janeiro, 20 de março de 1897), foi um militar da Marinha do Brasil. Na carreira, atingiu o posto de almirante, tendo os seus serviços à pátria sido reconhecidos pelo Império com a concessão do título de marquês de Tamandaré. Herói nacional, é o patrono da Marinha de Guerra do Brasil. O dia de seu nascimento, 13 de dezembro, é lembrado como o Dia do Marinheiro.

Participou nas lutas da guerra da Independência do Brasil, na Bahia, da Confederação do Equador e da repressão às revoltas ocorridas durante o Período Regencial: a Cabanagem, a Sabinada, a Farroupilha, a Balaiada e a Praieira.

No plano externo, participou da Guerra contra Oribe e Rosas e, com a eclosão da Guerra do Paraguai, comandou as forças navais em operação na bacia do Rio da Prata, em apoio à batalha do Passo da Pátria, à batalha de Curuzu e à batalha de Curupaiti. (fonte: Wikipédia)

Curiosidade - O Testamento de Tamandaré

Em 23 de setembro de 1893, Tamandaré assim dispôs:
"Não havendo a Nação Brasileira prestado honras fúnebres de espécie alguma por ocasião do falecimento do imperador, o senhor D. Pedro II, o mais distinto filho desta terra, tanto por sua moralidade, alta posição, virtudes, ilustração, como pela dedicação no constante empenho ao serviço da Pátria durante quase 50 anos que presidiu a direção do Estado, creio que a nenhum homem de seu tempo se poderá prestar honras de tal natureza, sem que se repute ser isso um sarcasmo cuspido sobre os restos mortais de tal indivíduo pelo pouco valor dele em relação ao elevadíssimo merecimento do grande imperador.
Não quero pois, que por minha morte que me prestem honras militares, tanto em casa como em acompanhamento para sepultura.
Exijo que meu corpo seja vestido somente com camisa, ceroula e coberto com um lençol, metido em caixão forrado de baeta, tendo uma cruz na mesma fazenda, branca, e sobre ela colocada a âncora verde que me ofereceu a Escola Naval em 13 de dezembro de 1892, devendo colocar no lugar que faz cruz a haste e o cepo, um coração imitando o de Jesus, para que assim ornado signifique que a âncora cruz, o emblema da fé, esperança e caridade que procurei conservar sempre como timbre dos meus sentimentos. Sobre o caixão não desejo que se coloque coroas, flores nem enfeites de qualquer espécie, e só a Comenda do Cruzeiro que ornava o peito do Sr. D. Pedro II em Uruguaiana, quando compareceu como o primeiro dos Voluntários da Pátria para libertar aquela possessão brasileira do jugo dos paraguaios, que a aviltavam com a sua pressão; e como tributo de gratidão e benevolência com que sempre me honrou e da lealdade que constantemente a S.M.I. tributei, desejo que essa Comenda Relíquia esteja sobre meu corpo até que baixe a sepultura, devendo ficar depois pertencente a minha filha D.M.E.L. (Dona Maria Eufrásia Marques Lisboa) como memória d’Ele e lembrança minha.
Exijo que se não faça anúncios nem convites para o enterro de meus restos mortais, que desejo sejam conduzidos de casa ao carro e deste à cova por meus irmãos em Jesus Cristo que hajam obtido o foro de cidadãos pela lei de 13 de maio.
Isto prescrevo como prova de consideração a esta classe de cidadãos em reparação à falta de atenção que com eles se teve pelo que sofreram durante o estado de escravidão, e reverente homenagem à Grande Isabel Redentora, benemérita da Pátria e da Humanidade, que se imortalizou libertando-os.
Exijo mais, que meu corpo seja conduzido em carrocinha de última classe enterrado em sepultura rasa até poder ser exumado, e meus ossos colocados com os de meus pais, irmãos e parentes, no jazigo da Família Marques Lisboa.
Como homenagem à Marinha, minha dileta carreira, em que tive a fortuna de servir à minha Pátria e prestar algum serviço à humanidade, peço que sobre a pedra que cobrir minha sepultura se escreva: Aqui jaz o Velho Marinheiro."
Almirante Joaquim Marques de Lisboa

                                      

                                                                  ______________________________________________________________________________



aa

Joaquim Marques de Lisboa, Admiral Tamandaré (Rio Grande, December 13, 1807 - Rio de Janeiro, March 20, 1897) was an officer of the Navy of Brazil. In his career, reached the rank of admiral, taking its services to the fatherland been recognized by the Empire with the granting of the title of Marquis of Tamandaré. National hero, is the patron of the Navy of Brazil. The day of his birth, December 13, is remembered as the Sailor Day.

He participated in the battles of the War of Independence of Brazil, Bahia, the Confederation of Ecuador and repression of revolts occurred during the Regency period: the Cabanagem the Sabinada in Farrukhabad, and the Balaiada Praieira.

Externally, participated in the War against Oribe and Rosas, and with the outbreak of the Paraguayan War, commanded the naval forces operating in the basin of the River Plate, in support of Homeland battle Step, the battle and the battle Curuzu of Curupaiti. (source: Wikipedia)

                                                     Curiosity - The Testament of Tamandaré

On September 23, 1893, Tamandaré thus provided:

"Not having the Brazilian Nation rendered funeral honors of any kind upon the death of the emperor, Dom Pedro II, the most distinguished son of this land, both for its morality, high position, virtues, illustration, and by the constant dedication commitment to the service of the homeland for nearly 50 years who chaired the direction of the state, I believe that any man of his time could provide such honors nature, without which it deems to be a sarcasm spit on the remains of such individual by bit His value is extremely high in relation to the worthiness of the great emperor. Because I do not want that for my death I provide military honors, both at home and in accompaniment to the grave. I demand that my body is worn only with shirt, ceroula and covered with a sheet, stuck in coffin lined with baize, with a cross on the same farm, white, and placed it on the green anchor who offered me the Naval Academy on December 13 1892, should put in place that makes the rod and cross stump, mimicking a heart of Jesus, so that means that the anchor ornate cross, the emblem of faith, hope and charity that tried to conserve as always timbre of my feelings. About coffin not wish that place wreaths, flowers or embellishments of any kind, and only the Commendation Cruise that adorned the chest of Mr. D. Pedro II in Uruguaiana when he appeared as the first of volunteers to liberate that country from the yoke of possession Brazilian Paraguayans, who aviltavam with its pressure, and as a tribute of gratitude and benevolence with which I have always honored and loyalty that constantly SMI tributei, wish this Commandery Relic is on my lower body until the burial, and it must be owned after my daughter DMEL (Dona Maria Euphrasia Marques Lisbon) as a memory of him and my memory. I demand that do not make announcements or invitations for the funeral of my remains, which will be conducted in this house to the car and the pit of my brothers in Christ who have obtained the court of citizens by the law of May 13. This prescribe as evidence of consideration of this class of citizens in reparation to the lack of attention to what they had at that suffered during the state of slavery, and reverent homage to the Great Isabel Redeemer, worthy of the nation and of humanity, which was immortalized by releasing them. I demand more, that my body is brought into the pound class last buried in shallow grave to be exhumed and placed my bones with my parents, brothers and relatives in the family vault Marques Lisbon. As a tribute to the Navy, my beloved career, I had the fortune to serve my country and provide some service to humanity, I ask that on my grave stone cover is written: Here lies the Ancient Mariner. "

Admiral Joaquim Marques de Lisboa




AA AA

  
A cache:
   
- Esta cache tem como objetivos permitir aos jogadores realizar uma cache mistério,  trazer as pessoas a visitar um bonito monumento da cidade e ainda homenagear uma figura importante da história do Brasil.
- A cache não está nas coordenadas indicadas!
- Por favor, não publique fotografias que possam revelar a localização final da cache!

Nas coordenadas indicadas deves procurar uma placa no busto do Almirante. Através dessa, poderás resolver o enigma para saberes as coordenadas finais.


A

n.º total de letras da 1ª palavra

B

n.º total de letras da 2ª palavra

C

n.º total de letras da 3ª palavra

D

n.º total de letras da 4ª palavra

E

n.º total de letras da 5ª palavra

F

n.º total de letras da 7ª palavra


Substituindo os valores e calculando o valor final dentro de cada parêntises, terás a coordenada final!

               
S30º  0(C+1)’ (B-6)(A-2) C’’

W051º (C-1)(D-3)’ (E-3) FF’’ 


Notas importantes:
- As coordenadas finais encontram-se em graus, minutos e segundos. Tenha atenção no GPS!
- Leve material de escrita.
- Aconselha-se que não seja feita à noite, porque o local é mal iluminado.


                                                     
                                                                                       Boa sorte!!



                                                                                ______________________________________________________________________________


 aa
The cache:

- This cache aims to allow players to perform a mystery cache, bring people to visit a beautiful monument in the city and still, honor an important figure in Brazil's history.
- The cache is not at the given coordinates!
- Please do not publish photos that might reveal the final location of the cache!

In the given coordinates you should look for a card at the bust of Admiral. Through this, you can solve the puzzle to find out the final coordinates.

A

n.º  total of letters in the 1st word

B

n.º  total of letters in the 2nd word

C

n.º  total of letters in the 3rd word

D

n.º  total of letters in the 4th word

E

n.º  total of letters in the 5th word

F

n.º  total of letters in the 7th  word



Substituting the values ​​and calculating the final value within each parêntises, you will coordinate the final!

S30º  0(C+1)’ (B-6)(A-2) C’’
W051º (C-1)(D-3)’ (E-3) FF’’ 


 Important Notes:
- The final coordinates are in degrees, minutes and seconds. Observe the GPS!
- Bring writing materials.
- It is advised that it is not done at night because the place is dimly lit.



Good Luck!




Additional Hints (Decrypt)

Byur qronvkb cnen pvzn.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.