Skip to content

<

PRAIA DO LEAO [Fernando de Noronha - Brasil]

A cache by Netuseraz Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/08/2012
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:





A Praia do Leão localiza-se no “Mar de Fora”, que é o litoral sudeste, onde recebe ventos e ondas o ano inteiro, com água de azul profundo. Seu nome vem de uma de suas Ilhas, a Ilha do Morro do Leão, que assemelha-se a um leão marinho deitado e não é habitada. Ao lado, encontra-se a Ilha do Morro da Viuvinha. As duas são locais onde muitas aves fazem ninhos e muitos peixes se alimentam. Próximo às dunas, destaca-se o Morro Branco, uma pequena elevação isolada que é um interessante domo intrusivo de traquito. Nos dois lados da praia há formações de recifes de algas calcárias. Quando a maré está subindo, observam-se grandes jatos, formados pela água que é comprimida contra espaços reduzidos.





Na década de 80 iniciaram-se as discussões para criar um mecanismo de proteção das tartarugas marinhas que se deslocam em maior quantidade para a Praia do Leão para desovar. Como consequência, foi criado o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha e atualmente é uma das praias onde o Projeto TAMAR desenvolve atividades de preservação e sensibilização ambiental.




A Praia do Leão é a mais procurada da Ilha pelas tartarugas-verdes, para a sua desova. Para desovar, as fêmeas geralmente procuram praias desertas e normalmente esperam o anoitecer, pois o calor da areia, durante o dia, dificulta a postura. Além disso, a escuridão da noite as protege de vários perigos. As tartarugas escolhem um trecho da praia livre da ação das marés para construir a “cama” e o “ninho”.




Para fazer a “cama”, com as nadadeiras anteriores as tartarugas removem grande quantidade de areia, em um espaço de aproximadamente dois metros de diâmetro. Esta área, onde a fêmea se aloja para iniciar a confecção do ninho, é chamada de cama. Elas podem fazer várias camas até encontrar o local mais adequado para fazer o ninho e colocar os ovos. Feita a cama, constroem, com as nadadeiras posteriores, um buraco para o ninho com cerca de meio metro de profundidade. Esse comportamento de postura varia de acordo com a espécie em relação à profundidade do ninho. Dependendo da espécie, cada fêmea pode realizar de três a 13 desovas em uma mesma temporada de reprodução, com intervalos que variam entre nove e 21 dias. Os ovos são esféricos, do tamanho de uma bolinha de tênis de mesa, e têm casca calcária. Cada ninho contém, em média, 120 ovos.

Fonte: (www.tamar.org.br)


Sobre a cache

Esta é uma geocache de sensibilização ambiental. Esperemos que goste!

Observação: A praia só está aberta à visitação, diariamente, das 08h às 18h. O acesso à praia requer o pagamento de uma taxa ambiental.

A manutenção está assegurada através do chefe do Parque Nacional Marinho Fernando de Noronha - Ricardo Araujo.

Faça-nos felizes e partilhe algumas fotos junto com o seu log de found it. :)








FTF --> STF --> TTF -->








Additional Hints (Decrypt)

Haqre gur jbbq ubhfr
Nf ngvivqnqrf qr cebgrçãb fãb ivgnvf cnen n fboeriviêapvn qnf gnegnehtnf znevaunf.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.