Multi-cache

Peregrinação pelas “Côrtes” V-2.0

A cache by Yurine_e_Otoha Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 1/24/2013
In Leiria, Portugal
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Peregrinação pelas “Côrtes” V-2.0


A povoação das Cortes é uma das povoações mais antigas de Leiria, a ela se referem numerosos documentos medievais. As primeiras referências documentais, até hoje conhecidas, surgem por volta de 1250 num pergaminho em que os Templários (de Tomar) registaram as suas propriedades existentes no termo de Leiria.

Remontando à origem do topónimo Cortes, é aceitar suposições de um autor do século XIX que, pegando em elementos aqui e ali, construiu a sua própria história que nunca ninguém se atreveu a pôr em causa, mas que é, contudo, facilmente desmontável.

Igualmente sem fundamento é a versão segundo a qual o topónimo Cortes se deve ao facto de as Cortes de Leiria (pronunciar côrtes) se poderem ter realizado justamente nas Cortes (pronunciar córtes). Estudiosos e historiadores já há muito assentaram que tal evento decorreu no Paço Real, junto da igreja de S. Pedro, nas imediações do castelo de Leiria.

Pela interpretação ponderada e sistemática dos documentos até agora encontrados, os especialistas inclinam-se para a significação de Cortes como sendo terras de cultura ou herdades, estrutura agrícola típica do vale fértil de um rio que desde sempre atraiu gente de importantes cabedais. A elite social da região, próxima da corte régia, não hesitava mesmo em adoptar Cortes como apelido, como se pode constatar em documentos de meados do século XV.

A festa da padroeira, Nossa Senhora da Gaiola, realiza-se anualmente no 1º Domingo de Maio, sendo tradição imemorial. A Carta Régia de D. João III, de 31 de Maio de 1542, concedendo licença aos moradores das Cortes para realizarem e pedirem para o Bodo, estabelecendo os critérios de distribuição das esmolas, fala deste costume como sendo de "antigamente".

O terramoto de 1755 abalou a igreja e algumas capelas da freguesia, mas não causou prejuízos de monta, a não ser na capela de Santa Bárbara da Amoreira, e não havendo notícias de outros factos danosos, a não ser o de as águas do rio terem voltado para trás, tal a força do abalo.

O rio Lis, que nasce nas Fontes, é a alma viva desta terra, irrigando as suas terras e inspirando várias gerações de poetas. Como ex-libris das Cortes ficou a nora de tirar água, com os seus alcatruzes e andamento amodorrado, figurando como motivo central do brasão local. A paisagem é revestida essencialmente de vinhedos, pomares e mata de pinhais.

A nascente fica o miradouro serrano da Senhora do Monte, com a sua capela quinhentista sobressaindo do Pé-da-Cabeça-do-Bom-Dia, à espreita do mar que, em dias luminosos, se avista de longe.

in: "http://jornaldascortes.com"


A Cache:

Esta é uma multi-cache constituída por 6 pontos intermédios até chegar ao ponto final.
Ao longo de um percurso apróx de 10 Km (se não se perderem :p) irão percorrer diferentes localidades da freguesia de Cortes.
È possível efectuar esta viagem de carro (excepto os últimos metros para o GZ).

O percurso terá início na Igreja de Cortes (P1) e a partir deste ponto irão recolher dados que os levarão ao ponto seguinte, será assim em todos os pontos intermédios.
Para os que já fizeram a versão anterior desta cache, irão reparar que existe menos um ponto que a anterior, as perguntas são as mesmas. Apenas foram alteradas as coordenadas do ponto final.

Pontos:

P1- Igreja de Cortes - N 39° 42.086' W 8° 47.077'
P: Observa com atenção a fachada principal e diz-me quantos anjos guardam a sua entrada?
R: Número de anjos = A


P2 - N 39° 42.[A/2]69' W 8° 46.5[A+2]7'
P: Para além do branco, que outra cor tem o alçado?
R: Azul claro → B=3
Castanho-escuro → B=4
Verde-escuro → B=5


P3 - N 39° 40.A6B' W 8° 47.0[B+2]8'
P: Na parte da frente, procura pela estrela no chão e conta o número de pontas que ela tem?
R: Número de pontas da estrela = C


P4 - N 39° 40.91A' W 8° 46.[C+1][B-1]6'
P: Quantos degraus tens de subir até á entrada principal?
R: Número de degraus = D


P5 - N 39° 41.1[A-2][B+3]' W 8° 46.[D/3]2[C-1]'
P: De frente para a entrada diz-me quantos losângulos gravados na pedra existem?
R: Número de losângulos = E


P6 - N 39° 41.[E+2]1[A/2]' W 8° 45.[D-3][B+3]C'
P: No alpendre principal, quantas colunas de pedra contas?
R: Número de colunas = F


Final - N 39° 41.[A-E][D-F]B ' W 8° 45.C[C-F]E'



ATENÇÃO: Do ponto 6 (P6) até ao GZ terão que seguir a pé ou de bicicleta, seguindo o trilho já existente no local. Ao recolocar a cache no ninho tenham atenção para que esta não fique visível do trilho.



PEDIDOS / AVISOS

Para alem dos pedidos normais de não publicarem fotos que possam identificar a localização dos pontos intermédios e ponto final, peço que:

- Preservem os locais visitados.

- Não atravessem os terrenos agrícolas, utilizem os caminhos alcatroados ou caminhos de terra batida (carreiros e caminhos de tractores) que se encontrem bem delimitados.

- Sejam discretos, principalmente com muggles mais novos nas redondezas, para que a cache não desapareça.



Additional Hints (Decrypt)

Purtnaqb nb TM cebphene ab ynqb qvervgb qb gevyub cryn FNAGN. Ire vzntrz FCBVYRE.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

68 Logged Visits

Found it 61     Didn't find it 3     Write note 1     Temporarily Disable Listing 1     Enable Listing 1     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 18 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 2/3/2017 5:22:32 AM (UTC-08:00) Pacific Time (US & Canada) (1:22 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum