Skip to content

Águas Livres Entre as Pedras - CCEMS-GO#5 Traditional Geocache

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
Hidden : 05/24/2013
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Related Web Page

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Águas Livres entre as Pedras

<

ÁGUAS LIVRES ENTRE AS PEDRAS

 

O Aqueduto das Águas Livres é uma construção edificada que serpenteia os vales e as encostas de Caneças, despertando-nos o mistério das torres circulares e das clarabóias que pontuam, aqui e ali, a paisagem e esmaga-nos a monumentalidade de um tão majestoso empreendimento, marcando a paisagem e conferindo-lhe uma identidade genuína.

O Aqueduto das Águas Livres concretizou os planos de construção de um sistema de abastecimento de água para a cidade de Lisboa, que já vinha sendo idealizado desde 1571, ano em que Francisco D'Olanda propôs, a El-Rei D. Sebastião (1557-1578), a reconstrução de um aqueduto e da antiga barragem romana de Olíssipo.


D. João V (1707-1750), deu vida a este empreendimento de grande importância histórica, arquitectónica e cultural do aqueduto tendo, por decreto, mandando construir o mesmo em 1731.

Em 1732 iniciaram-se os trabalhos daquela que viria a ser uma das mais notáveis obras de engenharia hidráulica do mundo. Sob a direção do Engenheiro-Mor do Reino Manuel da Maia (1680-1768) e do Sargento-Mor Custódio José Vieira, a obra atingiria dimensões colossais para a época de 18,5 km de comprimento desde a nascente na Mãe d'Água Velha, em Caneças, até à Mãe d'Água das Amoreiras em Lisboa. A extensão total é de 58,135 km de extensão, totalizados os aquedutos subsidiários e de distribuição. Destes, 4,65 km são construídos em túnel e o restante à superfície assente sobre pontes com 127 arcos de diferentes alturas e 137 clarabóias.

Os ramais de construção de água assentam num sistema de túneis e galerias com um pé-direito suficiente para que um homem pudesse percorrê-las, com duas caleiras executadas em pedra maciça para o curso de água, separadas por um passadiço para visita de limpeza e manutenção.
Estabelecendo as ligações das diversas galerias e ramais são erguidas câmaras de forma circular ou octogonal para ventilação e iluminação dos interiores. São as chamadas clarabóias, rematadas por cúpulas semi-esféricas e lanternins que adotam um desenho perfeitamente integrado na arquitetura barroca. Nas Mães d'Água, as clarabóias assumem um carácter imponente e monumental experimentando jogos de massas e de espaços, formas dinâmicas e exuberantes com o único propósito de deslumbrar o observador e despertar-lhe um forte impacto emocional.


Importa refereir que o Aqueduto foi classificado como monumento nacional através do decreto-lei nº 5/2002, de 19 de Fevereiro.

É um previlégio ter este património na nossa vila, cabendo a todos a obrigação de o preservar.

Additional Hints (No hints available.)