Skip to content

<

Um arco no PNPG - An arch in PNPG

A cache by joom Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 04/14/2013
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
3.5 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Perguntas para responder - questions to answer

Para reclamar esta earthcache deverá enviar-me, através do meu perfil e antes de qualquer registo, as respostas às seguintes questões. Se algo estiver incorrecto será contactado. Não é necessário esperar por qualquer autorização.

Nas coordenadas da earthcache e virado para o arco:

1 - Qual é a altura do vão do arco? Altura do espaço aberto do solo até à rocha superior.

2 - Qual é a largura do vão do arco? Largura do espaço aberto entre os dois blocos de granito.

3 - Do lado esquerdo e sensivelmente a 1,2 m de altura está uma fenda (foto fenda 1) no granito que se assemelha com um crescente. Tem um buraco que permite ver o outro lado da rocha. Quanto mede o comprimento da fenda circular?

4 - De acordo com o diagrama de Peltier que área representa a meteorização neste local?

Atravesse o arco e vire-se outra vez para a abertura.

5 - Do lado direito existe uma fenda vertical (foto fenda 2) com 3 fendas horizontais. Quanto mede a maior fenda horizontal que está no lado esquerdo da vertical?

6 - Do lado esquerdo e sensivelmente a mais de 1,5 m de altura existem dois cristais salientes e maiores que os restantes (foto cristais). Qual é a altura do cristal da esquerda desde a superfície rochosa?

7 - Qual é a orientação, em relação ao norte, do arco? Use uma bússola e seja preciso na sua resposta. Note que esta não é a orientação de uma linha através da abertura. É a outra.

Obrigatório:

Uma foto por cada registo. Ou claramente identificado no ponto zero ou senão o desejar uma foto na zona do ponto zero em que apareça o nick, a data da visita e um pé da árvore bonsai. Por favor não revele as respostas com essa foto. Obrigado pela visita.

To claim this earthcache one should send me, through my profile and before any found log, the answers to the following questions. If something is incorrect I'll contact you. There is no need to wait for any authorization.

At the earthcache coordinates and facing the arch.

1 - What is the arch height? From the ground to the rock above.

2 - What is the arch width? The open space width between the two granite boulders.

3 - At the left side and roughly at 1,2 m there is a crack (photo fenda 1) similar to a crescent. There is a hole where you can see the rock other side. What is the circular crack length?

4 - According to Peltier diagram which area represents the local weathering?

Go through the arch and face towards the hole.

5 - At the right side there is a vertical crack (photo fenda 2) with 3 horizontal cracks. What is the length of the biggest left horizontal crack?

6 - At the left side and roughly higher than 1,5 m there are two protruding crystals and bigger than the others (photo cristais). What is the top left crytstal height from the rock surface?

7 - What is the arch orientation regarding north? Use a compass and be precise in your answer. Note that this is not the orientation of a line traced through the opening. It is the other.

Mandatory:

A photo for each log. Or clearly identified (a selfie) at ground zero or if you don’t wish a photo at ground zero that shows your nickname, date of visit and a foot near the bonsai tree. Please do not reveal the answers with this photo. Thank you for your visit.

 


O arco perdido na paisagem - The arch lost in landscape.


O arco

O arco do Borrageiro, situado a quase 1350 metros de altitude é o resultado do efeito das condições que assim se vivem (aproximadamente, e valores anuais, temperatura média dez graus centígrados e precipitação mil e quinhentos milímetros). Muitas vezes passei aqui ao lado e não reparei nele. De facto ou se sabe a sua localização exacta ou este passa despercebido na paisagem. Só em determinados ângulos se consegue ver a sua abertura. Em jeito de comemoração das 3000 caches encontradas e já no regresso do evento alusivo (no prado da Rocalva) passámos por aqui e assim esta earthcache foi criada.

Ao recolher os dados para responder às perguntas poderá ver vários exemplos de efeitos de meteorização no granito e de várias dimensões; desde o próprio arco, como as fendas e a superfície rochosa em volta dos cristais. Este é um exemplo de meteorização diferencial onde a meteorização não é homogénea em toda a rocha.

Meteorização


A meteorização é a desagregação de rochas, solos e minerais bem como materiais artificiais devido ao contacto com a atmosfera terrestre, biota e água. A meteorização ocorre no local, ou “sem movimento”, e assim não deve ser confundida com erosão, que envolve o movimento das rochas e minerais devido a diversos agentes: água, gelo, neve, vento, ondas e gravidade. Assim os processos de meteorização alteram as características primárias das rochas; a erosão corresponde ao conjunto de processos físicos, que permitem remover os materiais resultantes da meteorização. A meteorização ajuda a fragmentar as rochas em pequenas porções, que, posteriormente serão erodidas.

O granito não fracturado é impermeável, e como os processos de meteorização dependem da presença da humidade as superfícies graníticas expostas meteorizam-se lentamente. Contudo, quando o granito está enterrado no solo e em contacto com uma mistura reactiva de água, gases atmosféricos e o resultado da degradação de matéria orgânica, o granito degrada-se muito mais rápido. As fracturas no granito servem de avenidas para a circulação de água em profundidade permitindo assim a meteorização a um nível considerável abaixo da superfície rochosa. À medida que a meteorização afecta a rocha desde as superfícies de junção, as arestas e os cantos dos blocos vizinhos são afectados mais rapidamente que os lados porque são atacados ao mesmo tempo em duas ou três direcções. O granito remanescente e não meteorizado no centro das junções transforma-se num bloco arredondado, chamado rocha nuclear, e o processo da sua formação é uma forma de esfoliação chamada disjunção esferoidal.

Existem duas importantes classificações dos processos de meteorização: física e química; e em cada um por vezes está envolvida uma componente biológica. Meteorização física ou mecânica envolve a desagregação das rochas e solos devido ao contacto directo com as condições atmosféricas: calor, água, gelo e pressão. A segunda classificação, meteorização química, envolve o esforço directo dos químicos presentes na atmosfera ou químicos produzidos biologicamente (também conhecida como meteorização biológica) na desagregação de rochas, solos e minerais.

Os materiais que sobram da desagregação da rocha combinados com o material orgânico originam o solo. O conteúdo mineral do solo é determinado pelo material original, assim o solo derivado de uma única rocha é quase sempre deficiente em um ou mais minerais para uma boa fertilidade enquanto um solo resultante da meteorização de vários tipos de rochas (como sedimentos glaciares, eólicos ou aluviais) originam quase sempre um solo mais fértil. Como resultado muitas das formas e paisagens do planeta Terra são o resultado da combinação dos processos de meteorização com a erosão e re-deposição.

Diagrama de Peltier - Peltier diagram.


The arch

The Borrageiro Arch as it is known is located 1350 m a.m.s.l. and is the result of the conditions experienced here (roughly, and annual values, average temperature ten degrees Celsius and precipitation one thousand and five hundred millimeters). Many times I’ve passed by and didn’t notice the arch. In fact only if you know the exact location you can see it or the arch disappears in the landscape. Only at certain angles can one see its opening. When returning from nearby festivities celebrating 3000 geocache founds (at Rocalva’s meadow) we came past here and thought this location was worthy of a interesting EarthCache.

As you collect the data needed to answer the questions you can see some granite weathering results and with several dimensions; the arch itself, the cracks and the rock surface around the crystals. This is differential weathering as the weathering on the rock is nonhomogeneous.

Weathering


Weathering is the breaking down of rocks, soils and minerals as well as artificial materials through contact with the Earth's atmosphere, biota and waters. Weathering occurs in situ, or "with no movement", and thus should not be confused with erosion, which involves the movement of rocks and minerals by agents such as water, ice, snow, wind, waves and gravity. Therefore weathering processes changes rock primary characteristics; erosion is due to physical processes that remove weathering resulting products. Weathering helps rock fragmentation in small sets that later are eroded.

Unfractured granite is impermeable, and because weathering processes depend on the presence of moisture, exposed granite surfaces weather slowly. However, where buried by soil and in contact with a chemically reactive mixture of water, atmospheric gases, and organic decay products, granite weathers much more readily. Joints in the granite that provide avenues for deep circulation of ground water permit weathering to proceed well below the buried bedrock surface. As weathering penetrates the rock from joint surfaces, the edges and corners of the joint blocks are affected more rapidly than the sides, because they are attacked from two or three directions at once. The unweathered remnant of granite in the center of the joint block becomes a rounded boulder, called a corestone, and the process of its formation is a form of exfoliation called spheroidal weathering.

Two important classifications of weathering processes exist – physical and chemical weathering; each sometimes involves a biological component. Mechanical or physical weathering involves the breakdown of rocks and soils through direct contact with atmospheric conditions, such as heat, water, ice and pressure. The second classification, chemical weathering, involves the direct effect of atmospheric chemicals or biologically produced chemicals (also known as biological weathering) in the breakdown of rocks, soils and minerals.

The materials left over after the rock breaks down combined with organic material creates soil. The mineral content of the soil is determined by the parent material, thus a soil derived from a single rock type can often be deficient in one or more minerals for good fertility, while a soil weathered from a mix of rock types (as in glacial, aeolian or alluvial sediments) often makes more fertile soil. In addition many of Earth's landforms and landscapes are the result of weathering processes combined with erosion and re-deposition.

Nota - Note

A cache não está em Zona de Protecção Total. O acesso à cache, coordenadas finais, não atravessa qualquer zona de protecção total (ZPT).

Esta é uma marcha de montanha e requer cuidados convenientes. Estude o caminho previamente e leve água, comida e calçado apropriado.

This is a mountain hike and one should make suitable preparations. Please study your path before hand and bring water, food and suitable shoes.


Por favor não partilhe as respostas. Para que continuem a existir earthcaches junte ao registo uma fotografia desse dia no ponto zero. Assim ajuda a acabar com as visitas fantasmas a lembrar o Walter Mitty.
Please do not share the answers. To make sure that earthcaches endure append to your log a photo of the day at ground zero. It helps to end ghost visits that resemble Walter Mitty.

Additional Hints (No hints available.)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.