Skip to content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
<

QUINTA DA NOSSA SRA. DA PAZ - QUINTA DO CARACOL

A cache by Team Ribeiro Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 05/30/2013
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

AQUI COLOCA O NOME DA FOTO


A Quinta de Nossa Senhora da Paz fica localizada na zona dos limites geográficos da Freguesia do Lumiar, integrando um vasto património histórico/artístico constituído pelas quintas e palácios do Paço do Lumiar.

A sua fundação como quinta de lazer da periferia de Lisboa se concretiza nos finais do séc. XVIII com a sua desanexação da Quinta de S. Cristóvão com a qual partilha a mesma área envolvente a nascente, apresentando confrontações a norte com Estrada do Paço do Lumiar, a poente a Azinhaga da Torre do Fato (do tempo de D. Dinis) e a sul com a Azinhaga das Bruxas.

Remontam dos finais do séc. XVIII (1895) importantes obras de recuperação e transformação das ruínas de uma antiga habitação aí existente e que a julgar pela análise de cartas do Ministério de Exército de 1827 seriam de modesta volumetria em termos de ocupação de espaço, em termos comparativos com a vizinha construção do palacete da Quinta de S. Cristóvão.

A designação actual de Quinta de Nossa Senhora da Paz não tem correspondência com o passado, ao tempo da apropriação por José Pisani da Cruz, em 1909, em que era conhecida por Quinta do Caracol devendo-se o topónimo actual e com toda a probabilidade à presença do cidadão Manuel Bulhosa nos anos 40 do séc. XX. No entanto, é entre 1929 e 1934, com Herbert Gilbert cidadão de origem inglesa que conhece significativas obras de beneficiação que transformaram o complexo habitacional da quinta e respectivos espaços verdes no acervo patrimonial que permaneceu até à contemporaneidade.

São-lhe ainda conhecidos como proprietários, o padre Augusto Gomes Pinheiro, em 1938, o Montepio Filarmónica, em 1953, e após um período de abandono em que foi votada ao saque e destruição, na vigência dos anos 70, é-lhe reposta a dignidade original com a aquisição pela Câmara Municipal de Lisboa que ali instala a Divisão de Núcleos Dispersos e a Escola Primária nº 161 do Lumiar, enquanto no piso térreo funcionava o Centro Cultural de Nossa Senhora da Paz.

A par com a historicidade da quinta surgem elementos de importante relevância arquitectónica e artística, presentes tanto em espaços interiores como exteriores, atribuíveis à presença de Herbert Gilbert na Quinta de Nossa Senhora da Paz e até finais do séc. XX ainda se podia observar, na íntegra, revestimentos azulejares da Fábrica de Sant’Ana de 1934 em superfícies parietais do pátio nobre, varandas, pérgulas, tanques e bancos de jardim em perfeita conjugação com os espaços interiores onde predominavam os estuques decorativos e as pinturas a fresco igualmente de gramática revivalista de excelente concepção e integração no espaço.

Igual importância patrimonial é conferida às arquitecturas de jardim da Quinta onde perduram inúmeras espécies de ordem vegetal, incólumes à oscilação de gosto do homem, que parece esquecer que as árvores desconhecem o processo de crescer mais alto e que de futuro, as suas copas serão apenas minúsculos pontos verdes que se distinguem de qualquer trigésimo andar da modernidade.

In:http://pslumiar.blogs.sapo.pt/277378.html

A Quinta da Nossa Senhora da Paz é um prédio misto municipal correspondendo a 4.500m2 a totalidade da parte urbano e os restantes 7.790 m2 à componente rústica. Esta Quinta possui um valor patrimonial significativo, um conjunto de singular importância, incluído nas Quintas e Jardins Históricos de Lisboa.

Additional Hints (Decrypt)

zntaégvp~/jvaqbj

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.