Skip to content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
<

Antiga escola de Vilarinho das Azenhas

A cache by Jorkera Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 09/27/2013
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Para chegares até ela utiliza os waypoints. Aproveita para tirar fotos já que vais dispor de uma magnifica vista.


A freguesia de Vilarinho das Azenhas fica a 17 quilómetros do Mirandela e a 6 de Vila Flor a cujo concelho pertence. Está situada na margem esquerda do rio Tua, mesmo perto do seu leito, a Noroeste da sede de concelho. E fica mais ou menos no mesmo diâmetro do Cume da Touca Rota e o Cume de Faro.

É uma povoação muito antiga cujo povoamento remonta a épocas anteriores ao século XII, até porque há vestígios castrejos na sua área. Quanto à paróquia, no arrolamento de 1320/21 não é citada e ainda aparecia incluída na Paróquia de S. Nicolau dos Vales no termo de Vilas Boas. Tudo indica que a formação paroquial date do século XVI, tendo sido curato da apresentação ad nutum do reitor daquela freguesia de S. Nicolau dos Vales. A actual Igreja data de 1716, ao que parece reedificada nessa altura, não é muito grande, mas é rústica, tem granito desigual e pequeno, torre sineira central com 2 sinos.

Vilarinho das Azenhas pertenceu ao concelho de Vilas Boas até à sua extinção em 1836, passando depois ao de Vila Flor. Em 1864 possuía 62 fogos e 189 habitantes. Vilarinho das Azenhas teve o máximo da população em 1950 com 374 habitantes. Em 1991 tinha 197 residentes, sendo 101 do sexo masculino, para em 2001 serem 139 com 65 masculinos ali a viverem.

Em 1960 tinha 3 lagares de azeite, um depositário do correio, 10 lavradores/agricultores. O Presidente da Junta era Manuel S. Azevedo, o Pároco, António Martins, a Professora, Maria Bernardete Pires Monteiro e o regedor, Francisco Pinto. A agricultura era e é ainda a actividade básica, com produções de vinho, trigo, azeite, pêras, maçãs, figos, nozes, amêndoas, feijão e tomate. Existiram vários rebanhos de ovelhas e de cabras.

Existiam 4 azenhas no rio Tua: Azenha Nova, Azenha das 3 Rodas, Azenha da Amieira e Azenha das Regadas, aliás referidas pelo abade de Miragaia na segunda metade do século XIX. Provavelmente era esta tradição das Azenhas que terá dado o nome de Vilarinho das Azenhas. Em 1998 ainda existia um tear, sendo o ultimo a trabalhar neste tipo de artesanato.

Vilarinho das Azenhas tem uma ponte centenária que liga a freguesia à outra margem do Tua e lhe dá acesso ao concelho de Mirandela. Existe ainda ligação ao Tua através do metro de superfície.

Como património cultural, tem ainda 2 cruzeiros, um no cimo do povo (reconstruído pela Junta de Freguesia em 2007), outro ao ir para a Ribeirinha, a Capela do Espírito Santo que fica no fundo do povo, e a das Onze Mil Virgens que é particular. Existe ainda a Capela da Senhora dos Remédios, no cabeço, lugar alto e vistoso nas faldas do monte, como se protegesse a povoação das cheias do Tua ou dos temporais.

A cache:

Trata-se de uma cache de tamanho pequeno.

Inclui inicialmente logbook. Levem caneta ou lápis para deixarem o vosso log.

Sejam discretos já que pode haver alguem à janela ou na varanda.

Deixem tudo como estava.

Additional Hints (Decrypt)

Cnyunf frpnf

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)