Skip to content

<

Nas curvas do Paiva - Miradouro Garganta do Paiva

A cache by daraopedal Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/15/2014
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Related Web Page

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Nas curvas do Paiva - Miradouro Garganta do Paiva

O rio Paiva é o maior rio que atravessa o concelho de Arouca. Possui uma extensão total de 85 km e pertence à bacia hidrográfica do rio Douro. Tem a sua nascente na Serra do Leomil (Moimenta da Beira), desaguando no rio Douro nos limites dos concelhos de Castelo de Paiva e Cinfães.

Miradouro da garganta do paiva
O troço de rio que daqui se avista é parte da famosa “Garganta do Paiva”. É um clássico de águas bravas em Portugal. A montante, desde a base da cascata das Aguieiras é o Rápido Grande. Um rápido de classe IV+/V, numa escala de I a VI, técnico, longo e com algumas armadilhas.
O rápido que se avista a jusante é o rápido das Marmitas, classe V, técnico, exigente e impressionante. Tem duas linhas possíveis de entrada: a Chiken Line à esquerda por uma espécie de tobbogan e a Tiger Line à direita, na qual a perícia dos canoístas é posta à prova, não existindo lugar para erros! Após a entrada as linhas são comuns, um rolo XL, as marmitas na rocha do lado esquerdo e a saída rápida e rochosa são os ingredientes para um desafio sério, mesmo para os mais experientes.

A garganta do Paiva corresponde ao segmento do rio Paiva onde o leito se torna mais estreito e se estende desde a ponte de Alvarenga (geossítios Garganta do Paiva) até à Praia fluvial do Vau (Geossítio Praia fluvial do Vau). Durante este troço, o rio Paiva percorre o granito de Alvarenga, um afloramento circunscrito que, por apresentar uma maior dureza que as rochas envolventes, nomeadamente xistos, dificulta a erosão fluvial, resultando num leito mais estreito e íngreme. Destaca-se ainda neste local a ocorrência de marmitas de gigante e a belíssima Cascata das Aguieiras. Esta resulta da queda de água da ribeira das Aguieiras que, após percorrer a freguesia de Alvarenga, caí em cascata aproveitando a fracturação natural do granito de Alvarenga, tornando-se um local de eleição para canyoning.
(Fonte painel informativo no local)
Deverão ter particularmente cuidado na abordagem à cache, em especial com os muggles, que podem observá-los à distância. Devem usar a dica para facilitar a descoberta do container e, acima de tudo, recolocá-la de acordo com a informação da mesma e as coordenadas. Agradeço que NÃO coloquem fotos do esconderijo (Spoilers) para não estragar a caçada aos outros. Colaborem com a manutenção da cache, deixando um logbook novo caso seja necessário.

Additional Hints (Decrypt)

Qronvkb qn ebpun, gncnqn cbe crqenf

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)