Skip to Content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
<

Memórias de um Bairro

A cache by Avaton Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/14/2014
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size: other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Translation

Memórias de um Bairro

'Pergunta-me o director do “Diário do Alentejo” se sou moço para fazer uma crónica sobre o “Bairro Alemão”, uma crónica de memórias pessoais e históricas. Não sei se tenho engenho para verter numa crónica as lembranças de um bairro da minha cidade que, dizem, é um exemplo de como deveriam ser todos os bairros das nossas urbes. Aqui fica o que consegui relembrar. O Bairro Alemão traz-me à memória episódios e vivências diversas, espaçadas em tempos distintos e com intensidades desiguais. Num primeiro tempo – estou a falar de 1969, princípios de 70, o Bairro Alemão era um sítio onde viviam cidadãos estrangeiros cujas casas tinham aquecimento em todas as assoalhadas, onde não faltavam tapetes largos e, nos quartos de dormir, camas gigantescas desprovidas de lençóis mas abastecidas com umas coisas cheias de penas, de pato diziam eles. Do que eu mais gostava, nesse meu tempo com pouco mais de 10 anos de idade, era poder deitar-me nas alcatifas, junto a armários onde tudo cabia, e desfrutar das aparelhagens de som que faziam ecoar a estereofonia que me entrava pela cabeça através de auscultadores, uma coisa criada para, também, não incomodar os vizinhos. Foi nestas andanças que dei os meus primeiros passos na língua alemã, ora arranhando o que ouvia, ora tentando ler as páginas das revistas que, também elas, vinham da Alemanha, recheadas de notícias e ilustradas com mamas e rabos, que me eram oferecidas, as revistas poisclaro, para aprofundar o conhecimento da língua. É em 1973, no Bairro Alemão, que apanho boleia para ir, pela primeira vez, visitar a Alemanha. Lá chegado, percebi que o bairro em Beja tinha sido “copiado” de tantos outros existentes na Alemanha e que a estereofonia, afinal, não habitava em todos os lares alemães. Os seios e corpos despidos, esses sim, estavam em todas as bancas de revistas. Assim como o cheiro dos produtos para as máquinas de lavar roupa e a possibilidadede assistir, ao vivo, ao “Dark Side” dos Pink Floyd. Por razões irrelevantes para esta crónica, o Bairro Alemão passa a década de 1970 quase desocupado de alemães. A política externa alemã e o 25 de Abril ditam a redução de habitantes no bairro. Em 1980 a comunidade alemã regressa a Beja e o bairro toma uma nova vida. A Casa Alemã é o centro de tudo o que é novo, a discoteca é o ponto de atracção nocturna, a cerveja começa a fazer parte dos hábitos bejenses e a típica gastronomia alemã entra nos lares da nossa cidade. As festas e hábitos alemães são, nessa década, uma marca do Bairro Alemão: o Carnaval, com cinco dias de folia, a tentar reviver as festividades carnavalescas de Colónia; o baile de Maio, com mesas recheadas e orquestras germânicas; a Oktoberfest faz da cerveja uma festa e do pernil de porco uma estranha iguaria; o Bazar de Natal, com multidões a contribuir para associações carenciadas, numa forma de estar a que, ainda hoje, não nos habituámos, passou a fazer parte do calendário bejense. A Cultura também regressou ao bairro, com iniciativas nas diversas áreas. Foi também no Bairro Alemão que Beja viu, em directo, a cerimónia da reunificação da Alemanha, decorrente da queda do Muro e do fim da Alemanha comunista. O Bairro Alemão deixou de existir em 1994. Hoje é o Bairro da Força Aérea Portuguesa. A história do Bairro Alemão está por fazer, assim como por fazer está a história da presença alemã em Beja'

Texto de João Espinho (Diário do Alentejo, 12JUN12)

Mais Info

O texto de João Espinho serve de mote para que se parta à descoberta deste Bairro, que agora é da Força Aérea Portuguesa, ao longo das etapas pretende-se que conheça um pouco mais das infra-estruturas que o compõem.

Para chegar ao ponto final, siga as informações das várias etapas (stages) que pode encontrar nos "pontos adicionais". Seja discreto :) As contas finais são:

N 38º00.AB*C+412

W 007º52.DE*FG-238


This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

[PT] B certb é n punir
[EN] Gur anvy vf gur xrl

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.