Skip to Content

This cache has been archived.

Bitaro: Caro osnofa_vct,
Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

More
<

A caminho do Santuário de Santa Luzia [PT-ENG]

A cache by osnofa_vct Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 02/23/2015
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Santuário de Santa Luzia


No alto do Monte de Santa Luzia, ergue-se o Templo-Monumento de Santa Luzia dedicado ao Sagrado Coração de Jesus. Visível a quilómetros de distância, o Templo-Monumento coroa a cidade de Viana do Castelo ou, como os vianenses carinhosamente a apelidam, a Princesa do Lima. Deste local bendito abarca-se um panorama arrebatador, que reúne no olhar do visitante o rio Lima, com o seu bucólico e verdejante vale, e um mar infindo por onde as caravelas vianenses saíram à descoberta de novos mundos. Dali se contempla o negrume das serras, o salpicado das casas e o bucolismo dos campos. O sublime da Natureza alia-se ao engenho humano, fazendo desta estância um dos destinos mais fascinantes do nosso país.

Antes de nos visitar, descubra a história que está por trás de uma das jóias do Minho…

____________________________________________________________________

Nota Histórica

O Templo-Monumento glorifica o nome de Santa Luzia, advogada da vista a quem o Capitão de Cavalaria Luís de Andrade e Sousa recorre, na extinta capela de Santa Luzia, acometido de uma grave oftalmia. Já convalescido, institui a Confraria de Santa Luzia, como forma de gratificar a graça recebida.

Contudo, é o Sagrado Coração de Jesus o padroeiro do monumento, cuja devoção dos vianenses já vinha desde 1743. Mas foi durante a pandemia da Pneumónica, corria o ano de 1918, que a cidade, chorosa pelos seus entes queridos que haviam perecido, e aterrorizada com a violência de tal flagelo, se consagrou ao Sagrado Coração de Jesus, prometendo subir anualmente em peregrinação ao Monte de Santa Luzia se a pneumónica não ceifasse mais nenhuma vida. Cessada a mortandade, os vianenses fizeram jus ao prometido e rumaram monte acima onde, desde 1904, se construía o templo. Tal promessa ainda hoje se cumpre, no domingo mais próximo da festa litúrgica do Sagrado Coração de Jesus.

Imbuídas neste espírito, já se realizavam peregrinações, embora sem calendário, desde o século anterior. Foi precisamente durante uma dessas piedosas romagens, por ocasião das Festas d’Agonia de 1894, que o Padre Dias Silvares lançou a ideia de erigir no alto do monte uma estátua ao Sagrado Coração de Jesus, que abençoasse a cidade de Viana do Castelo, o Minho e toda a Nação. Tal proposta foi logo entusiasticamente acolhida, e na mesma altura indicado e admitido o nome do escultor minhoto Aleixo Queiroz Ribeiro para executar a dita obra.

Daí ao Templo-Monumento foi só um passo. Depois de executada a monumental e artística coluna que haveria de servir de suporte à estátua, verificou-se que a mesma não conseguiria suportar a sua posição fortemente inclinada para frente. Então, a estátua foi colocada num pedestal em frente à dita capelinha de Santa Luzia, que só seria demolida em 1926. Aproveitando a majestosa coluna, Miguel Ventura Terra, um dos maiores arquitectos do seu tempo, idealizou uma coluna igual para as implantar diante do templo a construir e servir de suporte a dois anjos. Entre essas duas colunas, Ventura Terra riscou o projecto de um magnífico templo, cuja beleza e magnificência é apenas igualável pela paisagem onde este se insere.

As obras de construção iniciaram-se em 1904, tendo-se desenvolvido animadamente até à proclamação da República, data a partir da qual esmoreceram como consequência do conturbado contexto político e social, e ainda mais abrandaram durante a I Guerra Mundial. Entretanto, o arquitecto Miguel Nogueira, que tinha sido aprendiz de Ventura Terra, assume a direcção das obras no ano de 1925, ficando encarregue de concluir o projecto do seu Mestre, devido ao falecimento deste. No ano seguinte deu-se por concluída a capela-mor do templo, tendo sido aberta ao culto pelo Arcebispo e Senhor de Braga e Primaz das Espanhas. As obras do exterior do templo concluíram-se no final do ano de 1943, e as do interior em 1959. O resultado é uma imponente mole granítica cinzelada e executada pelos mestres canteiros da região dirigidos por Emídio Pereira Lima.

____________________________________________________________________

Nota Artística

Arquitectonicamente, o edifício apresenta uma planta centrada em cruz grega, de raizbizantina. À mesma matriz vai buscar a enorme cúpula que coroa o edifício, bem como as pequenas cúpulas que encabeçam as quatro torres, estas já inspiradas no estiloromânico, assim como a decoração que serpenteia pela fachada do edifício. De gosto gótico são as enormes rosáceas, as maiores da Península Ibérica, emoldurando os belos vitrais que inundam com luz e cor o interior da igreja. Aqui dentro, dois anjos, da autoria de Leopoldo de Almeida, oferecem os escudos de Portugal e de Viana do Castelo ao Sagrado Coração de Jesus, uma réplica da estátua bronze da entrada, esculpida em mármore de Vila Viçosa por Martinho de Brito. A atenção popular e a devoção dos vianenses é dirigida à imagem do Sagrado Coração de Jesus que veio do convento dos Crúzios, e para imagem de Santa Luzia que, juntamente com a da Senhora da Abadia, vieram da capela que antecedeu o templo. E, já que falamos de imagens, a de Nossa Senhora de Fátima merece atenções especiais por parte do povo crente, tanto lusitano como galego.

O altar-mor em granito e mármore, e os altares laterais, dedicados a Santa Luzia e à Senhora da Abadia, foram esculpidos pela mão de Emídio Lima, assim como os púlpitos de linhas ondulantes, cujo desenho é de Miguel Nogueira. As três rosáceas foram executadas pela oficina lisboeta Ricardo Leone. Os frescos que rodeiam a ábside da capela-mor e a cúpula da mesma, representam respectivamente, parte das estações da Via-Sacra e a Ascensão de Jesus, da autoria de Manuel Pereira da Silva, natural de Avintes, Vila Nova de Gaia. E, finalmente, o sacrário de prata foi cinzelado pelo mestre ourives portuense Filinto Elísio de Almeida.

____________________________________________________________________

Hoje, admirável a quilómetros de distância, é um incontornável ponto de referência da região, e um forte motivo de orgulho para a cidade que o ergueu.

ENG At the top of Monte de Santa Luzia, stands the Santa Luzia Temple-Monument dedicated to the Sacred Heart of Jesus. Visible for miles, the Temple-Monument crown the city of Viana do Castelo, or, as the Viennese affectionately Surname, Princess of Lima. This blessed site covers up a sweeping panorama, which brings together the visitor's eye the river Lima, with its bucolic green valley, and a sea endless where the Viennese caravels took to the discovery of new worlds. There is contemplated the blackness of saws, the speckled houses and the bucolic fields. The sublime of nature joins to human ingenuity, making this resort one of the most fascinating destinations of our country. Before visiting us, discover the history behind one of the Minho jewelry ... ____________________________________________________________________ Historical Note The Temple-monument glorifies the name of Santa Luzia, view of the lawyer to whom the Captain Luis de Sousa Andrade Cavalry and resorts in the former chapel of Santa Luzia, stricken with a severe ophthalmia. Have convalesced, establishing the Confraternity of Santa Luzia, in order to gratify the grace received. However, it is the Sacred Heart of Jesus Monument patron whose devotion of Viennese was already since 1743. But it was during the pandemic of pneumonic, was in 1918 that the city, weeping for their loved ones who had died, and terrified by the violence of this scourge, was consecrated to the Sacred Heart of Jesus, promising to rise annually on pilgrimage to the Monte de Santa Luzia the pneumonic not ceifasse no life. Ceased the killing, the Viennese were entitled to the promised and headed up the hill where, since 1904, was constructed the temple. This promise is fulfilled today, Sunday closest to the feast of the Sacred Heart of Jesus. Imbued with this spirit, already performed pilgrimages, although no timetable, since the previous century. It was precisely during one of these pious romagens, during the Festivals d'Agony 1894, that Father Days Silvares launched the idea of ​​building on the hill a statue of the Sacred Heart of Jesus, to bless the city of Viana do Castelo, the Minho and the whole nation. This proposal was soon enthusiastically accepted, and at the same time indicated and allowed the sculptor's name Minho Aleixo Queiroz Ribeiro to perform said work. Hence the Temple-Monument was only a step. After completion of the artistic and monumental column that would provide support for the statue, it was found that it could not withstand a strong forward leaning position. Then the statue was placed on a pedestal in front of the said chapel of Santa Luzia, only to be demolished in 1926. Taking advantage of the majestic column, Miguel Ventura Terra, one of the greatest architects of his time, envisioned an equal column to deploy before the temple building and capable of supporting two angels. Between these two columns, Ventura Terra scratched draft a magnificent temple, whose beauty and magnificence is only equaled by the landscape where it occurs. Construction works started in 1904, having developed excitedly until the proclamation of the Republic, the date from which died away as a result of turbulent political and social context, and further slowed down during the First World War. However, the architect Miguel Nogueira, who had been apprenticed to Ventura Terra, assumes the direction of the works in 1925, being responsible for completing the project of his Master, due to death of this. The following year was made by completion of the main chapel of the temple, and was opened for worship by the Archbishop and Lord of Braga and Primate of the Spains. Work on the exterior of the temple were completed at the end of 1943, and the interior in 1959. The result is an imposing granite carved soft beds and performed by masters of the region led by Emidio Pereira Lima. ____________________________________________________________________ Note Artistic Architecturally, the building presents a plan centered on a Greek cross, of raizbizantina. At the same matrix will get the huge dome that crowns the building and the small domes that top four towers, these have inspired estiloromânico, as well as decoration that winds through the facade of the building. Gothic taste are huge rosettes, the largest in the Iberian Peninsula, framing the beautiful stained glass windows that flood with light and color the inside of the church. Here, two angels, Leopoldo de Almeida authored offer the arms of Portugal and the Viana do Castelo Sacred Heart of Jesus, a replica of the bronze statue of the entrance, carved marble in Vila Viçosa by Martin de Brito. The popular attention and devotion of the Viennese is addressed to the Sacred Heart of Jesus image that came from the convent of Crosier, and image of Santa Luzia which, together with the Lady of the Abbey, came the chapel prior to the temple. And since we are talking pictures, Our Lady of Fatima deserves special attention by the believing people, both Lusitanian as Galician. The main altar in granite and marble, and the side altars, dedicated to Santa Luzia and the Lady of the Abbey, were carved by hand Emidio Lima, as well as the pulpits of undulating lines, whose design is Miguel Nogueira. The three rose windows were executed by the workshop Lisbon Ricardo Leone. Fresh surrounding the apse of the chapel and the dome of the same, respectively, represent part of the Way of the Cross stations and the Ascension of Jesus, by Manuel Pereira da Silva, born in Avintes, Vila Nova de Gaia. And finally, the silver tabernacle was carved by master goldsmith Porto Filinto Elysium de Almeida. ____________________________________________________________________ Today, admirable miles away, is an essential reference point in the region, and a strong source of pride for the city that rose.

Additional Hints (Decrypt)

(CG)Rz onvkb, rager b prcb r n áeiber
(RAT) Orybj, orgjrra gur fghzc naq gur gerr

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

262 Logged Visits

Found it 226     Didn't find it 29     Archive 1     Temporarily Disable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 3     Update Coordinates 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 17 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.