Skip to Content

Multi-cache

Cortegaça

A cache by Vitor65 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 8/24/2015
In Lisboa, Portugal
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
4 out of 5

Size: Size: regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta cache leva-vos a conhecer um pouco acerca de Cortegaça.

Cortegaça
Cortegaça

Cortegaça, é uma povoação da freguesia de Pêro Pinheiro, (actualmente aglutinada na união das freguesias de Almargem do Bispo, Pêro Pinheiro e Montelavar), que apesar de ser atravessada por uma estrada bastante movimentada há cerca de 30 anos, continua a manter algumas das características que a tornavam única antes, quando a estrada aqui acabava e só cá vinha quem vinha mesmo para cá!

Mas comecemos por dar a conhecer o que conseguimos apurar acerca da história desta povoação: 

No primeiro censo nacional, que foi realizado por ordem de D. João III em 1527, consta que a freguesia de Montelavar seria composta por duas vintenas*, a de Montelavar e a de Cortegaça.

 

Em 1712, no livro “Corografia Portuguesa”, de Carvalho da Costa, aparece uma lista de povoações da freguesia de Montelavar, onde consta: “(…) Cortegaça, com huma Ermida de N. Senhora da Salvação”.

 

Em 21 de Novembro de 1716, por ordem do rei D. João V, o juiz de fora de Sintra, Damião Correia Leitão dá conta dos lugares existentes no concelho, referindo Cortegassa como uma das povoações da freguesia de Montelavar.

 

Em 1728 o documento conhecido por “Calçadas de Runa” apresenta uma perspetiva populacional de Sintra. Na freguesia de Montelavar são listadas as vintenas de Montelavar e a de Cortegaça, a primeira com 115 habitantes e um tributo** de 9.340 réis e a de Cortegaça com 46 habitantes e 8.340 réis de tributo.

 

Na sequência do terramoto de 1755 o Marquês de Pombal ordenou a realização das “Memórias Paroquiais”, um interrogatório enviado aos párocos para que estes inquirissem a população. O resultado desses inquéritos é publicado em 1758, referindo que o termo de Sintra possui 22 vintenas, sendo que a “Ventena de Cortegasa tem quatorze lugares = Cortegasa, Continha Fonso, Barouta, Maria Dias, Palmeyras, Quintanellas, Das Gozmas, Das Vivas, Sam Miguel, Condado, Cabrafiga, Lapas, Urnal, Mourelena”.

 

Em 1838 foi publicado o livro “Cintra Pinturesca”, do Visconde de Juromenha, aí constando que Cortegaça possuía 24 fogos.

 

*Vintena - A vintena foi uma forma arcaica de organização administrativa do território, já referenciada nas Ordenações Afonsinas, extinta com o Liberalismo, que agrupava vinte vizinhos, ou seja, chefes de família, em torno de uma 'cabeça', que correspondia a um lugar ou aldeia.Cada vintena tinha o seu juiz, eleito pela vereação camarária, estando subordinado ao juiz de fora ou ordinário (…). 

 

**Tributo - É toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que não constitua sanção de ato ilícito, instituída em lei e cobrada mediante atividade administrativa plenamente vinculada. Tributo é a obrigação imposta as pessoas físicas e pessoas jurídicas de recolher valores ao Estado, ou entidades equivalentes (p. e. tribos e grupos revolucionários). É vulgarmente chamado por imposto, embora tecnicamente este seja mera espécie dentre as modalidades de tributos. 

 

Fontes:

 

• AZEVEDO, José Alfredo da Costa - Memórias do Tempo. Sintra: Câmara Municipal de Sintra, 1998

• COUTO, Ana;  com o apoio de Lina Andrês, Presidente da Junta de Freguesia de Montelavar - Proposta de Lei (de elevação de Montelavar a vila). Jornal de Sintra, 2000-06-19

• JUROMENHA, Visconde de - Cintra Pinturesca. Reimpressão anastática da edição original de 1838. Sintra: Câmara Municipal de Sintra, 1990

 

A Cache:

Esta cache leva-vos a conhecer os pontos de interesse desta pequena localidade pelo que se aconselha a estacionar nas proximidades das coordenadas iniciais e percorrer a pé o trajecto que vos levará ao container!

No ponto Inicial encontrarão a nova sede do Sporting Clube de Cortegaça onde deverão anotar a data de inauguração do recinto, que se encontra numa placa de mármore, no lado direito da fachada do edifício, (atenção que como todos os Presidentes de camara gostam de inaugurar coisas existe uma data de inauguração diferente na rede do campo desportivo). A soma de todos os dígitos que se encontram repetidos na data de inauguração do recinto será o valor de (A).

De seguida dirijam-se para a fonte onde devem contar o número de azulejos azuis que se encontram na sua parede do fundo, que será o valor de (B), junto da fonte existe um bebedouro onde em tempos se trazia o gado para saciar a sede e logo de seguida os lavadouros, junto à entrada dos lavadouros está, inscrita numa pedra, uma data, a soma dos dois últimos dígitos dessa data assumirão o valor de (C).

Vamos agora subir até ao largo principal e descer à direita para a igreja, que é a mais antiga da freguesia de Pêro Pinheiro, onde devemos contar quantas floreiras existem na frente do referido templo, achando assim o valor de (D).

Continuando a descer, agora mais suavemente, encontraremos o cruzeiro onde contando as pedras que formam a plataforma base e adicionando 1 iremos obter o valor de (E).

Agora que descemos vamos ter que subir, como tal vamos voltar para trás até ao largo principal e depois subir pela rampa que sobe do nosso lado esquerdo quando estamos de frente para o Café Central até chegarmos à frente da sede velha do SCC, (onde eu vi pela primeira vez o “King Kong” numa máquina que projectava o filme quando o operador dava à manivela), e vamos observar a empena que está virada para nós e que tem a porta numero 20, contando quantos ferros estão na parede para suporte do mastro da bandeira, (que já não está lá), e esse será o valor de (F).

 

Vamos agora continuar a subir até ao trilho que se inicia em:

N 38º AC.BDC W009º DC.FED

Seguindo depois pelo mesmo até um poleiro de onde se pode abarcar toda a povoação e encontrar o container em:

N 38º AC.BDC W009º DC.FCA.

 

Atenção os últimos 46 metros são terreno 4 devido ao facto do trilho quase ter sido engolido pelos carrascos. Não é aconselhavel o uso de calções e mangas curtas.



This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

Znqrven

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

36 Logged Visits

Found it 30     Temporarily Disable Listing 1     Enable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 2     Owner Maintenance 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 3 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 8/25/2017 12:10:27 PM Pacific Daylight Time (7:10 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page