Skip to content

<

AZGT De flor em Flor

A cache by PARQUE TERRA NOSTRA Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 04/09/2015
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


DE FLOR EM FLOR

PORTUGUÊS

 

         Esta letter-box pretende conduzi-lo na descoberta de alguns locais fascinantes do Parque, bem como na descoberta e identificação de algumas espécies vegetais raras e importantes. Em todas as etapas existem “placas” a identificar as várias espécies vegetais.

ALGUMAS PLANTAS e FLORES:

VICTORIA CRUZIANA

Victoria é um género botânico pertencente à família Nymphaeaceae.

A Rainha dos Nenúfares

  


 De entre as plantas interessantes do mundo, Victoria é, seguramente, uma planta aquática muito apreciada, não só pela dimensão e morfologia das suas folhas, como pela beleza e peculiaridade das suas flores. O seu nome, em homenagem à Rainha Victoria, indica que a Victoria é, na natureza, a "rainha-dos-nenúfares". Da família das Nymphaeaceae são duas as espécies herbáceas, gigantes, aquáticas: Victoria amazonica  (= V. regia) e Victoria cruziana. Tanto V. regia como a V. Cruziana só se encontram na América do Sul na zona equatorial. A civilização ocidental conheceu pela primeira vez os «nenúfares gigantes» em 1803, quando o botânico Haenke os descobriu na Bolívia. Outros exploradores europeus encontraram-na, posteriormente, nos rios do Brasil, Argentina e Guyanas. ProvavelmenteVictoria regia foi um nome atribuído por Lindlay em 1838 e V. Cruziana por D'Orbiny, em 1840, em honra do general Santa Cruz da Bolívia. J. Paxton, arquiteto inglês que projetou o famoso Palácio de Cristal em Londres, referiu que todo o mérito da sua obra deveria, na realidade, reverter para a mãe-natureza que primeiramente utilizou uma espantosa estrutura de resistência como a que se pode observar nas folhas flutuantes dos frágeis nenúfares. Diz-se que as mães-índias, na Amazónia, colocavam os seus bebés nas folhas, como se estivessem num berço.

BROMÉLIAS

 

A família das Bromeliáceas abriga mais de 3000 espécies e milhares de híbridos. Com uma única exceção, todas são nativas das Américas, sendo que o abacaxi é a mais popular delas. Só no Brasil, existem mais de 1500 espécies. As bromélias não são parasitas como muitas pessoas pensam. Na natureza, aparecem como epífitas (simplesmente apoiando-se em outro vegetal para obter mais luz e mais ventilação), terrestres ou rupícolas (espécies que crescem sobre as pedras) e compõem uma das mais adaptáveis famílias de plantas do mundo, pois apresentam uma impressionante resistência para sobreviver e apresentar infinitas e curiosas variedades de formas e combinações de cores.

CEDRO DO MATO

Juniperus brevifolia, conhecido pelo nome comum de cedro-do-mato, cedro-das-ilhas ou zimbro, é uma espécie de árvore de médio porte endémica nos Açores. Sendo uma Cupressaceae, produz uma madeira avermelhada, rica em óleos essenciais que lhe dão um odor típico, rija e de grande beleza quando polida. A madeira é em extremo resistente ao ataque por insetos xilófagos e por fungos, podendo sobreviver muitas centenas de anos.

                Nas Sete Cidades foram encontrados troncos incorruptos enterrados em materiais vulcânicos com pelo menos 2000 anos de idade.

CYCAS

As cicadáceas  (família Cycadaceae) são plantas da divisão Cycadophyta, com folhas semelhantes às das palmeiras e um tronco grosso, cilíndrico, aéreo, mas nunca chegando à altura de uma árvore, ou subterrâneo, chamado paquicaule. Sua maior utilização é para o paisagismo. Esta família tem um único género, Cycas.

Wollemia Nobilis

Wollemia é um género de árvore conífera da família Araucariaceae. A espécie australiana Wollemia nobilis é a única espécie deste género e foi descoberta em 1994 num conjunto remoto de cânions (desfiladeiros) areníticos escarpados próximo de Lithgow numa área de floresta úmida temperada do Parque Nacional Wollemi, na Nova Gales do Sul, 150 km a noroeste de Sydney.

Tanto na literatura botânica como na literatura popular, a árvore tem sido quase universalmente apelidada de Pinheiro de Wollemi, apesar de não ser um verdadeiro pinheiro (género Pinus) e tão pouco da família dos pinheiros (Pinaceae), sendo antes aparentada de Agathis e Araucaria da família Araucariaceae. O fóssil mais antigo da árvore Wollemi foi datado de há 200 milhões de anos.

É considerada um fóssil vivo.

Camélias

A camélia é uma planta bonita por várias razões: é um arbusto formado por uma folhagem brilhante que se mantém firme o ano todo e, nos meses que correspondem ao outono e inverno, cobre-se de uma floração espetacular. As flores, exuberantes, até serviram de inspiração para a criação de “A Dama das Camélias”, livro de Alexandre Dumas Filho que foi reproduzido no cinema. Dependendo da variedade, as flores da camélia podem ser brancas, rosadas ou vermelhas e servem tanto para enfeitar o jardim como decorar ambientes internos.

As folhas, resistentes e brilhantes, são também muito decorativas e excelente acompanhamento até para outras flores, funcionando como uma bonita folhagem em arranjos florais. Para que durem bastante, uma boa dica é deixar os galhos com as folhas imersos profundamente em água, durante poucos minutos. Mas atenção: faça isso apenas com as folhas e nunca com as flores.

FETOS

Os fetos,fetas, samambaias são plantas vasculares que não produzem sementes - reproduzem-se por esporos, que dão origem a um indivíduo geralmente insignificante e de vida curta (o protalo), que por sua vez produz gâmetas para dar origem a uma nova planta. As plantas totalmente desenvolvidas são formadas por um caule, normalmente um rizoma. As folhas, chamadas frondes neste grupo, são muitas vezes compostas ou recompostas, ou ainda em forma de língua e possuem, na sua face inferior (ou abaxial), pequenos órgãos chamados soros, que contêm os esporos.

SEQUÓIAS

Sequoia é um gênero de árvores da família das taxodiáceas que conta com apenas uma única espécie sobrevivente: a Sequoia sempervirens (Sequoia-vermelha). O gênero, no entanto, inclui diversas espécies atualmente extintas, coma as Sequoia affinis, Sequoia chinensis, Sequoia langsdorfii e Sequoia magnifica.

A sequoia-gigante (Sequoiadendron gigantea) é a única espécie do género Sequoiadendron, inserido no grupo de coníferas pertencentes à família Cupressaceae.

A sequoia-gigante é a maior árvore do mundo em termos de volume. Ela atinge em média 50–85 m de altura, e 5–7 m em diâmetro. A sequoia-gigante mais velha conhecida possui 4.650 anos de idade e se encontra no Parque Nacional da Sequoia, na Califórnia. Medidas recordes de sequoias como 94,8 metros de altura e 17 metros de diâmetro já foram reportadas.1 A casca da sequoia é fibrosa, com sulcos, podendo chegar a 60 cm de grossura na base do tronco. Uma casca assim fornece uma excelente proteção contra fogo. As folhas são como as folhas dos pinheiros, com 3-6 mm, fazendo uma espiral nos brotos. As sementes vêm em cones, e cada cone têm em média 230 sementes de cor marrom-escura, cada uma com 4–5 mm de altura e 1 mm de espessura, possuindo umas "asinhas" marrom-amarelas de 1 mm. As sementes são carregadas pelo vento quando se desprendem do cone.

É considerada um fóssil vivo.

SOBRE A CACHE

Esta letter-box é composta por oito pontos (7 etapas virtuais mais a final).

Deverá visitar as sete etapas (virtuais) desta cache, retirando a informação pedida de cada um dos locais, para, depois encontrar o GZ.

Recomendamos que levante na bilheteira de acesso a este parque, um desdobrável com o mapa do Parque.

HORÁRIO DO PARQUE:

das 10H00 às 19H00.

ETAPAS DO ROTEIRO das PLANTAS

1ª ETAPA – WAY POINT 1 – VICTORIA CRUZIANA

                      A = Número de “tanques” onde existe esta planta, neste local, no verão e outono.

2ª ETAPA – WAY POINT 2 – COLEÇÃO DE BRUMÉLIAS                     

                          B = Quantos castanheiros existem neste local (zona do WP2)?              

3ª ETAPA – WAY POINT 3 – ENDÉMICAS E NATIVAS

                         C = Quantos “cedros do mato” (ou zimbros) existem neste local (WP3)?

4ª ETAPA – WAY POINT 4 – VALE DAS CYCAS

                      D = Quantos pinheiros WOLLEMI (wollemia Nobilis) existem no vale das Cycas?   

5ª ETAPA – WAY POINT 5 – JARDIM DE FLORES                     

                          E = Quantos degraus, tem a escada de caracol existente no local?                        

6ª ETAPA – WAY POINT 6 – ÁREA DAS RETICULATAS (Coleção de Camélias)

                         F = No centro deste “quartel” existe uma mesa de pedra com um “chapéu”!

                                  Quantos “raios” tem este chapéu?

7ª ETAPA – WAY POINT 7 – COLEÇÃO DE FETOS

                         G = Nesta zona (WP7) existem algumas SEQUÓIAS de grande porte!

                                   Quantas são?

COORDENADAS PARA GZ

N    37º   (4)( B+D) , ( 100XA+E+A)

W 025º   (1)(F+G), ( 100X(C+2)+10XE+41)

A CAIXA:

A caixa tem um formato convencional.

Por favor, sejam discretos, não façam logs forçados, nem postem fotos que possam denunciar a cache.

Deixem, por favor, o conteiner tal como o encontraram!

 

 

FLOWER IN BLOOM

ENGLISH

 

This letter-box intends to lead you in the discovery of some local fascinantres Park as well as the discovery and identification of some plant rare and important species. At every stage there are "signs" to identify the various plant species.

SOME PLANTS and FLOWERS:

“VICTORIA CRUZIANA”

Victoria is a genus of Nymphaeaceae family.

 

The Queen of Waterlilies

  

Among the interesting plants in the world, Victoria is surely a very popular aquatic plant, not only by the size and morphology of its leaves, as the beauty and uniqueness of your flowers. Its name, in honor of Queen Victoria, indicates that the Victoria is, in nature, the "Queen of the water lilies." The family of Nymphaeaceae are two herbaceous species, giant, water: Victoria amazonica (= V. regia) and Victoria cruziana. Both V. regia as V. Cruziana found only in South America in the equatorial zone. Western civilization first met the "giant water lilies" in 1803, when the Haenke the botanist discovered in Bolivia. Other European explorers found it later in the rivers of Brazil, Argentina and Guyanas. ProvavelmenteVictoria regia was a name given by Lindlay in 1838 and V. Cruziana by D'Orbiny in 1840 in honor of General Santa Cruz Bolivia. J. Paxton, English architect who designed the famous Crystal Palace in London, said that all the merit of his work should in fact revert to mother nature who first used an astonishing resistance structure like that can be seen in floating leaves of water lilies fragile. It is said that mothers-Indian in the Amazon, put their babies on the leaves, as if in a cradle.

 

 

BROMÉLIAS

The family of Bromeliads is home to over 3000 species and thousands of hybrids. With one exception, all are native to the Americas, and the pineapple is the most popular of them. In Brazil alone, there are over 1500 species. The bromeliads are not parasites as many people think. In nature, appear as epiphytes (simply relying on another plant for more light and ventilation), land or rupicolous (species that grow on the rocks) and make up one of the most adaptable of the world's plant families, since they have an impressive strength to survive and provide endless and curious varieties of shapes and color combinations.

CEDAR MATO

Juniperus brevifolia, known by the common name Cedar of the woods, cedar-of-islands or juniper, is a species of tree endemic average size in the Azores. Being a Cupressaceae, it produces a reddish wood, rich in essential oils that give a typical, tough and great beauty when polished odor. Wood is exceedingly resistant to attack by wood-destroying insects and fungi and can survive many hundreds of years.

In the Seven Cities were found incorrupt trunks buried in volcanic materials with at least 2,000 years old.

CYCAS

Cycads (Cycadaceae family) are plants Cycadophyta division, with leaves similar to those of palm trees and a thick trunk, cylindrical, air, but never reaching the height of a tree, or underground, called pachycaul. Its increased use is for landscaping. This family has a single genus, Cycas.

Wollemia Nobilis

Wollemia is a genus of coniferous tree Araucariaceae family. The Australian species Wollemia nobilis is the only species of this genus and was discovered in 1994 in a remote set of canyons (gorges) sandstone cliffs near Lithgow in temperate rainforest area of the Wollemi National Park in New South Wales, 150 km northwest Sydney.

Both in the botanical literature and in popular literature, the tree has been almost universally dubbed the Wollemi pine, although not a true pine (genus Pinus) and so little of the family of pine (Pinaceae), but rather akin to Agathis and Araucaria the Araucariaceae family. The oldest fossil of the Wollemi tree has been dated to 200 million years.

It is considered a living fossil.

Camélias

Camellia is a beautiful plant for several reasons: it is a bush formed by a brilliant foliage that remains steady throughout the year and in the months that correspond to the autumn and winter, is covered with a spectacular flowering. Flowers, lush, even served as inspiration for the creation of "The Lady of the Camellias", book Alexandre Dumas that was played in the theater. Depending on the variety, the Camellia flowers can be white, pink or red and are used to decorate the garden as decorating indoors.

The leaves, tough and bright, are also very decorative and excellent follow up to other flowers, working as a beautiful foliage in floral arrangements. So they last quite a good tip is to leave the branches with leaves deeply immersed in water for a few minutes. But beware: do this only with the leaves and never with the flowers.

FETAL

The fetuses fetas, ferns are vascular plants do not produce seed - reproduce by spores, giving rise to an individual generally negligible and short life (the prothallium), which in turn produces gametes to give rise to a new plant. The fully-developed plants are formed by a stem, usually a rhizome. The leaves, called fronds this group are often compounded or blended, or in the form of tongue and have, on its lower face (or abaxial), small organs called serum, containing the spores.

SEQUÓIAS

Sequoia is a genus of the taxodiáceas family trees that has only one surviving species: Sequoia sempervirens (Sequoia-red). Gender, however, includes a number of now extinct species, eat the Sequoia affinis, chinensis Sequoia, Sequoia Sequoia langsdorfii and magnificent.

The sequoia Giant (Sequoiadendron gigantea) is the only species of the genus Sequoiadendron, inserted into the coniferous group belonging to the Cupressaceae family.

The sequoia Giant is the largest tree in the world in terms of volume. It reaches an average of 50-85 m high, and 5-7 m in diameter. The oldest known giant sequoia-has 4650 years old and is in the Sequoia National Park in California. Redwood records as measures 94.8 meters tall and 17 meters in diameter have been reportadas.1 The sequoia bark is fibrous, furrowed, and may reach 60 cm thick in the trunk base. A shell so provides excellent protection against fire. The leaves are like the leaves of pine trees, with 3-6 mm, making a spiral in shoots. The seeds come in cones, each cone has an average of 230 seed dark brown color, each 4-5 mm high and 1 mm thick, having a "wings" brown-yellow 1 mm. The seeds are carried by the wind when it detached from the cone.

It is considered a living fossil.

ABOUT THE CACHE

This letterbox consists of eight points (seven virtual steps plus final).

It should visit the seven (virtrual) steps of this cache, removing the requested information of each of the sites, to then find GZ.

We recommend that you raise in ticket access to this park, a fold with the map of the park.

PARK HOURS:

from 10:00 to 19:00.

STEPS SCRIPT PLANTS

STAGE 1 – WAY POINT 1 – VICTORIA CRUZIANA

                      A = Number of "tanks" where there is this plant in this location in the

summer and fall.

STAGE 2 – WAY POINT 2 – BRUMÉLIAS COLLECTION

                          B = How many chestnut trees exist in this location (WP2 area)?            

STAGE 3 – WAY POINT 3 – ENDEMIC AND NATIVE

                         C = How "the bush cedars" (or junipers) exist at this location (WP3)?

 

STAGE 4 – WAY POINT 4 – VALLEY OF CYCAS

                      D = How Wollemi pine (Wollemia nobilis) are in the valley of Cycas?         

STAGE 5 – WAY POINT 5 – FLOWER GARDEN

                          E = How many steps has the existing spiral staircase on the spot?          

STAGE 6 – WAY POINT 6 – AREA OF RETICULATAS (Camellia Collection)

                         F = At the center of "barracks" There is a stone table with a "hat"!

                 How many "rays" has this hat?

STAGE 7 – WAY POINT 7 – FETAL COLLECTION

                         G = This area (WP7) there are some large REDWOODS!

                                How many?

COORDINATES FOR GZ

COORDENADAS PARA GZ

N    37º   (4)( B+D) , ( 100XA+E+A)

W 025º   (1)(F+G), ( 100X(C+2)+10XE+41)

 

THE CACHE:

The housing has an conventional shape.

Please be discreet, do not do forced logs, or to post photos that can report the cache.

Let please the container such as found!

 

Additional Hints (Decrypt)

CG - Ab ohenpb qn áeiber, ab puãb.
RA - Gur gerr ubyr va gur tebhaq.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.