Skip to Content

<

Vermil - Cristo Rei

A cache by Paulo.fpf Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 09/08/2015
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta Geocache tem como objetivo dar a conhecer a freguesia Vermil, situada ni concelho de Guimarães.  Sendo ela uma freguesia pequena em população mas bastante grande em território, com locais de bastante interesse arquelógico nomeadamento o castro de S. Miguel o Anjo. 


Vermil - História

Devido às incursões e dominação dos Povos Bárbaros, os povos do castro de S. Miguel foram obrigados, depois de grandes resistências, a estabelecer-se na planície ou seja na região que hoje é povoada. Em vez de cultivarem os altos, começaram a arrotear o sopé do dito monte donde nasceu a vila romana e que na Idade Média se chamava Couto de Belmir. Belmir ou Belmil, reflexo perfeito do nome pessoal Belmirus, está documentado no séc. IX entre nós.

Embora as Inquirições de 1220 não façam qualquer referência a Vermil, todavia, neste tempo, já estava formada como paróquia, pois as Inquirições, só por si, não bastam para provar a sua não existência. E mesmo porque muito antes já existia um documento referente a ela: «Et in villa Belmir III.ª de eclesia vocábulo Sancte Mamete».

 Nas inquirições de 1258, Gonçalo Peres recorda a necessidade de elevar uma igreja numa certa povoação da terra de Faria, por ter quinze casais.

Posto isto, podemos dizer que Vermil só atingiu no século XI o número suficiente de casais para se formar paróquia. 

 A vida de Entre-Douro-e-Minho foi completamente perturbada não só pela invasão e razias dos Muçulmanos, mas até pelos Normandos.

 Não admira, portanto, que a população de Vermil sofresse com estas incursões e só no séc. XI atingisse o número suficiente de habitantes para a ereção da Paróquia. Quando a região de Vermil foi elevada a Paróquia, tomou como orago S. Mamede.

Embora haja diversos documentários sobre a origem de Vermil, cremos que este excerto do Livro: «Monografia de S. Mamede de Vermil» de 1966 é o mais fidedigno dado a sua autoria e fontes.

Nesta local poderá observar o monumento do Cristo Rei, um outro monumento designado localmente por alminhas, mas também a escola do 1º ciclo. 

Additional Hints (Decrypt)

Ngeáf qn ghn vzntrz, greáf dhr fhove, cnen b grfbheb rapbagenerf.[PT] Oruvaq lbhe vzntr, lbh jvyy unir gb evfr gb gur gernfher lbh svaq.[EN]

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

105 Logged Visits

Found it 98     Didn't find it 1     Write note 1     Temporarily Disable Listing 1     Enable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 1     Owner Maintenance 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 16 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.