Skip to Content

<

PONTE SOBRE A RIBEIRA DE TERGES (Trindade-Beja)

A cache by bigone1967 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 09/24/2015
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Translation

PONTE SOBRE A RIBEIRA DE TERGES (Trindade-Beja)

RIBEIRA DE TERGES

A ribeira de Terges, que banha a aldeia de Albernoa,nasce a Noroeste de Castro Verde à cota 210 e termina no rio Guadiana à cota 35. Desenvolve-se ao longo de 75 km descendo para a confluência com a ribeira de Cobres, formando a ribeira de Terges-e-Cobres que desagua no Guadiana, um pouco a montante do Pulo-do-Lobo (geossítio). Corre temporariamente (geralmente de dezembro a finais de maio) possuindo ocasionalmente leito de enchente do tipo torrente aluvial.

A ribeira é muito rica em fauna e flora servindo de suporte biológico a várias

espécies animais, incluindo os peixes e anfíbios que nela habitam.

Os barbos, bogas e pardelhas são abundantes nas suas águas, encontrando-se igualmente alguns exóticos introduzidos como a perca-sol e o achigã.

Quanto à flora, predominantemente mediterrânica, é constituída por arbustos

como o loendro, a murta, o carrasco,o tamariz ou o zambujeiro bravo. As árvores são predominantemente sobreiros e azinheiras, e um ou outro eucalipto ornamental.

A fauna envolvente é imensa.

Mamíferos:

javali, gineta, sacarrabos,

raposa, texugo, ouriço-cacheiro, coelho, lebre;

Anfíbios:

salamandra-de-costelas-salientes, sapo-de-unha-negra, rã-comum,

tritão-pigmeu, sapo-parteiro-ibérico, rã-de-focinho-pontiagudo.

Répteis:

cobra-de-escada, cobra-de-ferradura, cobra-cega, lagartixa-do-mato,

lagarto-ocelado ou sardão; cobra-de-água-viperina.

A avifauna é de imenso valor e enquadra-se na definida para a ZPE de Castro Verde.

A ZPE de Castro Verde integra uma zona nuclear ‘campo branco’, região de peneplanície vocacionada para a agricultura e pecuária extensiva, cujo habitat predominante são áreas agrícolas extensivas. Aqui ocorrem montados de azinho, charnecas dominadas por estevais e olivais tradicionais. É a mais importante área, em Portugal, para a conservação de aves estepárias, com

destaque para a abetarda e para o peneireiro-das-torres. Outras aves que aqui ocorrem em razoável densidade são o rolieiro, o sisão, o cortiçol-de-barriga-preta, a calhandra-real , o alcaravão e o tartaranhão-caçador.

Ocorrem com especial incidência nesta zona a tarambola-dourada , o abibe, a petinha--dos–prados, o milhafre-real, o tartaranhão-cinzento e o esmerilhão.

São ocorrências regulares o abutre-preto, o grifo, a águia-real, a águia-imperial-

-ibérica e águia de Bonelli.




This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

Ab vavpvb........

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

27 Logged Visits

Found it 25     Write note 1     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 11 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.