Skip to Content

<

#4 Rota das Aves da Albufeira do Pisão - Beringel

A cache by BMRatinho (nekax_1990) Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 01/18/2016
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Esta cache tem como finalidade dar a conhecer aos amantes do Geocaching a Freguesia de Beringel e a magnifica Albufeira do Pisão e toda a flora e fauna envolvente.

 O power trail  situa se nas margens da Albufeira do Pisão ao longo do Percurso Pedestre com uma extensão de cerca 9,7 quilómetros.

Cada uma das caches será identificada com o nome e características de uma das aves que habitam na albufeira.

Aproveitem para visitar e conhecer os monumentos locais de interesse patrimonial e cultural da freguesia, e comtemplem as magnificas paisagens alentejanas e observem as aves que predominam no magnífico espelho de água da Albufeira.

Pato-real (Anas platyrhynchos)

 

 

A sua cabeça verde e anel branco no pescoço (no caso dos machos), assim como a sua semelhança com algumas “formas” domésticas, torna-a na espécie mais fácilmente identificável entre todas as espécies de patos.

 Identificação

Os machos adultos têm a cabeça "verde-garrafa" e um anel branco no pescoço. O dorso e o ventre são acinzentados e o peito é castanho escuro. O espelho alar é azul e o bico é amarelo. As fêmeas tem um padrão de plumagem, em tons de castanho, sendo semelhante a outras espécies de patos de superfície. Porém, algumas características como o tamanho, espelho alar, ou cor do bico, podem ajudar a distinguir esta espécie das outras com alguma segurança. Os juvenis e os adultos em eclipse apresentam algumas semelhanças com as fêmeas. São ainda fácilmente identificáveis, tanto em voo como pousados, devido às suas vocalizações, uns muito típicos quá-quá-quá ou quak-quak-quak.

Abundância e calendário

Em Portugal o pato-real é sobretudo uma espécie residente, nidificando, entre Março e Julho, de norte a sul do país, sendo porém mais abundante nas principais bacias hidrográfias portuguesas e nas barragens e açudes a sul do rio Tejo. Ocupa praticamente todo o tipo de habitats aquáticos, desde lagoas costeiras, barragens, açudes e valas de rega até ribeiras, rios, pauis, arrozais, ETAR’s, parques urbanos, etc., preferindo essencialmente zonas de águas pouco profundas.

(Fonte: http://www.avesdeportugal.info)

 
Esta cache faz parte da Rota das Aves da Albufeira do Pisão, constituído por 30 caches + 1 cache mistério.

No interior de cada cache encontra se um algarismo que devem anotar para completar as coordenadas finais da cache extra (Bónus), algarismos identificados com as letras (A,B,C,D,E,F,G,H,I,J,L,M,N,O,P).

N: ABº CD.EFG

W: HIJº LM.NOP 

 A+B+C+D+E+F+G+H+I+J+L+M+N+O+P = 63

As geocaches foram colocadas com conhecimento e permissão da Junta de Freguesia de Beringel.

Aconselha-se a fazer de bicicleta ou a pé em jeito de caminhada, pois assim poderão disfrutar melhor da vista e beleza do local.

Leve roupa e calçado confortável, bem como água;

A cache é composta por logbook, aconselha-se que se façam acompanhar de material de escrita.

Espero que gostem do local e que se divirtam em busca da cache.

Por favor, sejam discretos e deixem tudo como encontraram.  Obrigado cachers.

Additional Hints (Decrypt)

Cbagr

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

119 Logged Visits

Found it 115     Didn't find it 1     Write note 2     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 11 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.