Skip to Content

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.

This cache has been archived.

Team Ribeiro: Ok.

More
Traditional Geocache

Miradouro - Cintra ao Oceano

A cache by Team Ribeiro Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 6/17/2016
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


AQUI COLOCA O NOME DA FOTO

The Sintra tramway is a seasonal narrow gauge tourist tram line in Portugal. It links the town of Sintra with Praia das Maçãs, passing through Colares and close to the Praia Grande. It has a length of some 11.5 kilometres (7.1 mi).

The line opened in 1904 over the 11.7 kilometres (7.3 mi) between Sintra railway station and Praia das Maçãs. A connecting 1 kilometre (0.62 mi) long urban tram route linked the Sintra station with Sintra Vila. Besides passenger traffic, freight was carried, principally between Banzão and Sintra station.

In 1930, the line was extended by 1.9 kilometres (1.2 mi) from Praia das Maças to Azenhas do Mar, but this extension survived only until 1954. The following year, the urban line was closed, leaving just the original line between Sintra station and Praia das Maçãs. Winter service had ended in 1953, and the line continued to run as a summer only service until 1974.

AQUI COLOCA O NOME DA FOTO



O Elétrico de Sintra (oficialmente Companhia Sintra-Atlântico) é uma ferrovia sazonal de bitola estreita (1000 mm) e tracção eléctrica por trólei que liga, desde 1904, a vila de Sintra à Praia das Maçãs, na costa do centro de Portugal, ao longo de um trajecto de pouco menos de 13 km, com oito paragens — passando por Colares, Mucifal, Galamares, e perto da Praia Grande. O serviço é operado pela Câmara Municipal de Sintra, funcionando tipicamente nos fins de semana da época balnear.

O declive no troço Sintra-Galamares é de pendor acentuado . A via é marcadamente campestre e segue paralela a rodovias (mormente EN247 e EN375) em quase todo o percurso, que é a espaços bastante sinuoso . Apresenta um desnível total apreciável (cerca de 190 m), nomeadamente entre a Estefânia e a ponte sobre a Ribeira de Colares, onde desce dos 200 m de altitude para 70 em menos de 3 km (pendor médio de 3,7‱).

A via é de bitola métrica, a mais habitual neste tipo de transporte, e consiste de carris clássicos assentes em travessas de madeira ou betão sobre balastro, onde passa em canal próprio, protegidos por contra-carris ao cruzar passadeiras para acessos particulares em madeira ou terra batida, ou de carris de encastrar nivelados ao pavimento, onde cruza estradas ou segue em espaço urbanizado — habitual neste tipo de transporte; esta é acompanhada de fiação alimentadora em toda a sua extensão, suspensa sobre a via e esticada maioritariamente de postes metálicos eregidos para o efeito. A rede, de via única em linha aberta, é topologicamente simples, com duplicações para cruzamento de veículos e apenas com curtos ramais técnicos que não fazem serviço regular de passageiros.

As oito paragens estão equipadas com abrigos para passageiros em espera, alguns das quais de construção original do incício da linha. Em 2011, planeava-se a recuperação do abrigo da paragem Colares .

Cada viagem dura aproximadamente 45 min., havendo nove circulações diárias, em ambos os sentidos. O horário praticado para os serviços regulares é de fim de semana alargado (quintas, ou sextas , a domingos), com os restantes dias disponíveis para alugueres, com a exceção das segundas, para descanso do pessoal e manutenção do equipamento. O calendário de funcionamento, ainda que formalmente sazonal, tem variado a cada ano, sendo frequente desfasar-se com a época balnear, atrasando-se o início dos serviços regulares até Julho, que depois se prolongam até Outubro. Em 2007-2008 o serviço expandiu-se experimentalmente por todo o ano.

A tripulação é tipicamente constituída por um guarda-freio e um ajudante . Este último cobra e vende bilhetes a bordo, inverte a orientação do trole nos términos de cada carreira, e opera a mudança manual de agulhas. Até aos anos 70 este cargo era ocasionalmente confiado a rapazes em período de férias (trolley boys).
AQUI COLOCA O NOME DA FOTO

Additional Hints (Decrypt)

zntargvp

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

154 Logged Visits

Found it 143     Didn't find it 7     Write note 1     Archive 1     Temporarily Disable Listing 1     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 3 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 1/10/2018 3:59:40 AM (UTC-08:00) Pacific Time (US & Canada) (11:59 AM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page