Skip to content

This cache is temporarily unavailable.

Bitaro: Caro bp2005,

Pelo teor dos últimos registos, parece necessária a intervenção do owner para verificar o estado da geocache.
Até lá, ficará temporariamente inactiva.

Por favor leia atentamente as Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Esta designação serve para geocaches que estão com alguma questão pendente ou um problema temporário por resolver.
Como owner, tem ao dispor, pelo menos, quatro soluções possíveis:

  1. Efectuar a manutenção necessária e reactivar a geocache, dentro do prazo estabelecido pelas Linhas de Orientação
  2. Colocar uma nota na geocache com o plano de manutenção, caso esta não possa ocorrer num curto espaço de tempo. Nessa nota deve constar:
    • o prazo em que pretende efectuar a manutenção,
    • o argumento pelo qual o prazo indicado abaixo terá de ser ultrapassado para que fique novamente activa;
  3. Caso não consiga assegurar a manutenção da mesma, pode considerar o processo de adopção por um geocacher local;
  4. Arquivar a geocache se não tiver disponibilidade para assegurar o estado pleno da mesma. Por favor, tenha em consideração que nesta opção é necessário remover a geocache ou os conteúdos da mesma para evitar que se tornem lixo (*geolitter*).

Assim, caso não seja feita manutenção ou indicado um motivo válido pelo qual a geocache deva estar desactivada além do tempo previsto pelas Linhas de Orientação, a mesma será arquivada num prazo de 60 dias.
Relembro que não é possível desarquivar uma geocache que seja arquivada por falta de manutenção.

Obrigado pela colaboração
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Linhas Orientação

More
<

Quinta Nova - Riachos

A cache by bp2005 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 06/19/2016
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Translation

Quinta Nova - Riachos

 

Todo o olival que existia na encosta da vinha foi transplantado para diversos sítios, com o lamento de uma ou outra oliveira não ter sobrevivido à mudança. No lado oposto da quinta permanecem dezenas de velhas oliveiras plantadas pelo bisavô, esse não será arrancado, em parte por questões de afectividade.
 
É nesta zona que está a eira mais famosa de Riachos, como Pedro Rebelo Lopes bem repara com tanta gente que o tem abordado, cheia de curiosidade sobre o que agora lá se faz. Tão famosa, que a velha quinta até ficou, durante muito tempo, mais conhecida por ‘a eira’. Frequentada durante décadas por piqueniques, passeios, banhos no Almonda e outros prazeres – até festas populares lá foram feitas nos anos 80 e encenações das práticas da lavoura que encerravam mais importância social antes da chegada em força da mecanização dos campos, normalmente por ocasião de Festas da Bênção do Gado - elegendo este como um dos sítios mais bonitos da freguesia para se desfrutar de paisagens naturais e da estreita ligação ao rio e aos campos. É para manter intocada, garante o proprietário, pela sua beleza e pela memória. Já as velhas fachadas, tanques e a chaminé da antiga destilaria que, para quem tem menos de 40 ou 50 anos, nunca passaram de sombras vindas de tempos antigos que, em conjunto com a velha muralha de terra em frente ao Galera (agora restaurada com os materiais modernos) ali faziam de guarda à eira, o proprietário revela que ainda não sabe o que lhes vai fazer. Mas a memória colectiva sobre a Quinta Nova vem de mais atrás.
 
A importância social que a Quinta Nova teve noutros tempos reporta, claro, à agricultura. Zé da Leonor, que a fundou pela compra da parte dos terrenos de cultivo da Quinta da Várzea, foi um dos lavradores influentes de Riachos num tempo em que o tecido social se regia pela economia de meia dúzia de grandes lavradores. Na sua quinta trabalharam famílias e gerações inteiras.
 
Não foi há muito tempo que ali se produziu uma das últimas culturas mais específicas da região: o cânhamo. Foi um dos sítios do país onde se produziu mais cânhamo nas décadas de 1940 a 60, no programa nacional de produção desta fibra que era encomendada pela Fiação e Tecidos, também ela agora já só uma memória a apagar-se na gente. A proximidade ao rio, onde se fazia a maceração das canas, assim o permitiu.
Depois do cânhamo, o vinho pode marcar a vida desta quinta. Pedro Rebelo Lopes não enjeita uma eventual abertura para fins pedagógicos e educativos no futuro, talvez com um regime de visitas para mostrar como se faz o vinho. Para já, o projecto ainda mal começou e só daqui a cinco ou seis anos é que todo o seu potencial será bem espremido.
 
Riachos é a terra da sua família paternal, onde nunca morou mas onde diz sentir as ligações familiares. O pai, Carlos Rebelo Lopes, nasceu aqui, por isso na infância passava cá as férias, a avó era a Laura da padaria do Zé da Laura, na rua Menino de Deus. Lembra-se de muita coisa, mas entre a adolescência e a plantação da vinha, deixou de cá vir. A quinta esteve arrendada muitos anos mas na família sempre se falou em fazer aqui alguma coisa. O vinho foi dominando cada vez mais as conversas e a ideia a fazer sentido, mas parecendo sempre uma coisa longínqua. Até que a propriedade da quinta ficou para o pai e começaram a trabalhar.
 
“Há um espírito muito aguerrido em Riachos, eu falo com algumas pessoas mais velhas e vê-se que têm orgulho nas coisas. Ainda há aqui pessoas muito ligadas à terra”, repara Pedro Rebelo Lopes.
in 'O Riachense'  de 17/12/2014

 

A Cache

 

A cache é de tamanho nano e só contém logbook pelo que devem levar material de escrita.

Sejam discretos na procura e deixem o container bem fechado e no local onde o mesmo se encontrava.

 

Boas caches.

 



This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

Cbe qrgeáf qn cbegvaubyn, ab pnagb!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.