Traditional Geocache

#1 PT Ladeira da Velha

A cache by PDL1950 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 8/11/2016
In Arquipélago dos Açores, Portugal
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Translation

#1 PT Ladeira da Velha

#1 PT “Trilho da Ladeira da Velha

 

Trilho da Ladeira da Velha

 

O trilho da Ladeira da Velha, localizado na freguesia do Porto Formoso, é o quarto trilho municipal que a Câmara da Ribeira Grande disponibiliza, indo ao encontro da  crescente procura por esta atividade no concelho .

Com início junto à entrada da praia dos Moinhos, o trilho apresenta um percurso circular que percorre toda a orla marítima da península da Ladeira da Velha e proporciona aos pedestrianistas diversas vistas panorâmicas sobre a costa norte, podendo ser visitadas as ruínas dos antigos banhos da ladeira e a cascata da ribeira do Limbo.

Batalha da Ladeira da Velha

 

As tropas liberais, orientadas por um pescador de Rabo de Peixe, de nome Francisco Andrade, vindas da Ilha Terceira, desembarcaram na Achadinha, no dia 1 de Agosto de 1831, para conquistarem, em nome de D. Pedro IV, a ilha de São Miguel.

Os miguelistas fizeram marchar ao encontro dos liberais um destacamento das forças estacionadas na Ribeira Grande.
Os liberais por cima da Maia e ao romper do dia 2 de Agosto, puseram-se em marcha em direção ao Porto Formoso, onde pernoitaram.
Pelas 6 horas da manhã do dia 3 de Agosto, na Ladeira da Velha teve lugar a Batalha que ficou conhecida por esse nome. As forças liberais aniquilaram os miguelistas, terminando assim o domínio miguelista nos Açores.

No Hino da Maria da Fonte, lia-se: “Nobre povo açoriano, que as cadeias já quebraste. Foi na Ladeira da Velha, que a Liberdade alcançaste.”

 

Lenda da Ladeira da Velha

 

Entre a freguesia do Porto Formoso e a Ponta de Santa Iria existe um arrebentão ao fundo do qual se abre uma enseada, onde em mil oitocentos e trinta e um desembarcaram as tropas liberais, comandadas pelo Conde de Vila Flor.

Os miguelistas, já se tinham instalado em lugar seguro, com alta serrania pelo sul e com as rochas sobre o mar, pelo norte. Os liberais começaram a subir o difícil arrebentão com a ideia de se posicionarem bem para que pudessem enfrentar e vencer os miguelistas. Com grande dificuldade e cuidado, o Conde de Vila Flor e demais liberais iam-se a pouco e pouco aproximando do lugar em que se haviam de esconder, perto da Ribeira das Limas. No cimo da ladeira encontrava-se uma velha, uma alma pura como a de muitos outros micaelenses, convencida que os liberais não eram mais que um bando de pedreiros livres e ameaçadores da coroa do Senhor D. Miguel da fé cristã.

A velha tinha visto muitos soldados a desembarcar no calhau e, quando se apercebeu que eram liberais que subiam à socapa, foi fazendo rolar e a atirar pelo arrebentão abaixo grandes pedras, tantas quantas pôde e as mais pesadas que encontrou. Os liberais julgaram que tinha ali um grande exército, fugiram como puderam, esconderam-se em furnas ou buracos, mas nem todos se conseguiram desviar.

Assim aquela velha, tal como fizera há muitos anos uma padeira em Aljubarrota, conseguiu dar cabo de uns tantos soldados e ajudou a vencer mais um combate e duma forma que ninguém esperava. A partir daí o povo passou a chamar àquele arrebentão Ladeira da Velha

 

“ (…) e da qual ribeira [do Mel] para o ponente se começa o termo da vila da Ribeira Grande e vai subindo para cima a grande Ladeira da Velha, chamada assim (segundo alguns) porque é tão comprida e íngreme que, se alguma velha a subia ou descia, fazia muitos pousos. Mas outros afirmam ter este nome, porque no tempo antigo morou ali uma velha, viúva, a qual vendeu depois aquela fazenda, ficando à velha o nome dela sem a propriedade.”

In Frutuoso, Gaspar – Saudades da Terra…, Liv. IV, p. 185

 

Nascente Termal

 

A nascente termal da Ladeira da Velha , atualmente esquecida por quase todos, foi durante o século XIX e início do século XX alvo de vários estudos e artigos publicados devido à fama que as suas águas tinham no tratamento de reumatismo, lepra e doenças da pele. Consta que o químico alemão Albretch Welhauser analisou a água e chegou a enviá-la para os 'estudos especiais' da célebre madame Curie (prémio Nobel da física e da química).

 Como o balneário era perto do mar e de Inverno a água chegava até à encosta, foi feita uma cobertura de forma a que as ondas passagem por cima da estrutura que se encontrava embutida entre as rochas. Hoje em dia a cobertura já não existe. Há apenas as quatro paredes cheias até cima com água termal.

 

 


This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

Ab ghob nb ynqb qb cynpneq qb gevyub

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

100 Logged Visits

Found it 97     Write note 2     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 101 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 8/18/2017 12:27:54 PM Pacific Daylight Time (7:27 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum