Skip to content

<

Troncos Fósseis de Vila Velha de Ródão

A cache by Olhos de lince Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 08/28/2017
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta cache pretende dar a conhecer uma parte importante do património paleontológico do concelho de Vila Velha de Ródão:

 

Troncos Fósseis de Vila Velha de Ródão
"Os Troncos Fósseis de Vila Velha de Ródão são testemunhos reais da floresta tropical que povoou a região há mais de 5 milhões de anos. Representam restos de árvores petrificadas, onde a matéria orgânica que as constituiu foi lentamente substituída por sílica.
Estes exemplares, da família das anoneiras, totalmente exóticos na paisagem actual, são pouco frequentes no registo português e extremamente raros nesta região da Bacia de Ródão-Moraleja. Eles dão-nos informações não só sobre os antigos climas de savana da região, mas também sobre aspectos relacionados com as variações entre estações climáticas (anéis de crescimento), interacção entre insectos e o tronco (padrões de perfurações) e com o seu processo de apodrecimento, transporte, fossilização e descoberta durante o período mineiro Romano.
Estes troncos, que foram encontrados em 2006, num terraço fluvial do Rio Tejo, no meio de sedimentos depositados na antiga planície aluvial, constituem eles próprios importantes testemunhos sedimentares da energia do rio. À semelhança dos seixos do rio, os grandes fragmentos de troncos fossilizados exibem marcas de choque com outras rochas durante o seu transporte fluvial, arredondamento de arestas e amplificação de fracturas. Estes troncos são uma peça chave para a história geológica do Geopark Naturtejo e podem ser visitados no jardim da Casa das Artes e da Cultura do Tejo, em Vila Velha de Ródão, existindo ainda mais dois exemplares no Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento."
 
 
 
 

A cache:

Nas coordenadas publicadas encontre o tronco e o placard e responda:

1. Qual o nome científico da espécie que deu origem a este fóssil?

2. A que se refere a figura 16?

3. Quantos géneros de anonáceas existem atualmente?

4. Há quantos milhões de anos se formou a depressão alongada onde hoje se situa o rio Tejo?

5. Estime ocomprimento do tronco da direita.

Uma foto da sua no GZ é bem-vinda!

 

Depois de observar os fósseis, sugerimos uma e visita à Casa das Artes e Cultura do Tejo  (http://www.cm-vvrodao.pt/atividade-municipal/cultura-e-lazer/casa-de-artes-e-cultura-do-tejo.aspx) e ao Centro Interpretação Arte Rupestre Vale do Tejo http://tejo-rupestre.com/

 

     

Additional Hints (No hints available.)