Skip to Content

This cache is temporarily unavailable.

anjomaco: Pausa...

More
<

Paço dos Duques de Bragança

A cache by anjomaco Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/07/2017
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


 
Paço dos Duques de Bragança
 
   
Paço dos Duques

Translation ENDEESFR

Situado bem no Centro Histórico da cidade de Guimarães, junto ao seu famoso Castelo, encontra-se o Paço dos Duques de Bragança, uma construção senhorial construída durante o século XV, que se configura como sendo uma das mais belas surpreendentes construções dessa época, em Portugal.

O edifício foi construído com o objetivo de servir para habitação dos Duques de Bragança e, atualmente, já não faz parte das muralhas da cidade, nem se encontra no interior de qualquer estrutura defensiva.

O Paço dos Duques de Bragança foi mandado construir por D. Afonso, 1º Duque de Bragança, inspirado nas moradias senhoriais francesas, num estilo borgonhês, que reflete os seus gostos arquitetónicos adquiridos nas várias viagens que realizou pela Europa.

No entanto, o seu aspeto atual já está bem distante do aspeto original, devido às obras realizadas na primeira metade do século XX, quando António de Oliveira Salazar ordenou que este palácio fosse recriado, sofrendo assim grandes alterações.

Apesar dessas alterações, é possivel afirmar que o seu traçado original correspondia ao mesmo que agora existe: uma planta quadrangular, medindo cada um dos seus lados cerca de 60 metros.

O edifício dispões de um pátio central e possui quatro torres, uma em cada um dos seus quatro ângulos.

Era nos quatro corpos que se encontram contruídos em volta do pátio central que toda a vida do palácio se organizava.

No corpo sudoeste, no primeiro piso, encontra-se o portal que serve de entrada para a capela, em forma de arquivoltas apontadas, que se encontram assentes em colunelos.

As diversas janelas, que se encontram espalhadas pelos quatro corpos do Paço dos Duques, têm formato retangular e são maineladas, sendo as suas arestas chanfradas.

O edifício encontra-se rematado por um coroamento de ameias. Do traçado original, a fachada que se encontra mais conservada é a fachado posterior, sendo que as restantes sofreram grandes alterações.

No interior do Palácio, toda a arcaria é nova, o que faz com que seja difícil saber-se qual seria o seu aspeto original.Não se sabe muito bem a quem atribuir a autoria do projeto do Paço dos Duques de Bragança.

Na verdade, existem documentadas referências ao trabalho de um mestre pedreiro de origem francesa, no ano de 1460, de seu nome Anton, que residia na cidade de Guimarães.
No entanto, não existe nada que nos possa levar a afirmar que tenha sido este o autor do projeto da moradia do Infante D. Afonso.

Ainda assim, visto que a estrutura do edifício não é semelhante à das construções portuguesas dessa época e visto que quem encomendou a sua construção foi D. Afonso, o filho ilegítimo do rei D. João I de Portugal, e um dos portugueses mais ricos, cultos e viajados dessa época, é quase certo que o projeto tenha ficado a cargo de um autor estrangeiro, provavelmente francês, já que é em França que podemos encontrar os edifícios mais parecidos com este.

O Paço dos Duques de Bragança foi a moradia inicial, após o casamento de D. Afonso com D. Constança de Noronha, sua segunda esposa. O Paço continuou a ser habitado pelos seus descendentes até que, em 1576, morre D. Duarte, 5º Duque de Guimarães e neto do rei D. Manuel I.

Assim, é a partir de finais do século XVI que o Paço acaba por ficar ao abandono e começa a degradar-se. Ainda assim, serviu como quartel militar durante o século XIX, sendo que apenas no século XX passou a sofrer obras de restauro e de recriação, passando a ganhar força como Residência Oficial da Presidência da República no norte do país.

Em 1937 iniciaram-se as obras de restauração e em 24 de Junho de 1959, exactamente 831 anos passados sobre a batalha de S. Mamede, o palácio ressurgiu na sua imponência gótica de inspiração normanda. Na ala norte do piso térreo encontra-se um pequeno museu de arte contemporânea com peças que o pintor José de Guimarães (criador do símbolo do turismo de Portugal) doou à cidade onde nasceu.

Atualmente, o Paço dos Duques de Bragança serve como Museu, que ocupa as imensas salas do primeiro andar onde está exposto um conjunto de obras de arte provenientes de diversos museus ou mandadas replicar, entre as quais se destacam peças de mobiliário do séc. XVII, colecções de armas antigas e um conjunto notável de quatro tapeçarias de enormes dimensões que descrevem com muito pormenor cenas da chegada dos portugueses a Arzila, do cerco a esta cidade no norte de África e da tomada de Tânger. Os originais foram encontrados em Pastrana, próximo de Madrid e posteriormente transferidos para o palácio El Escorial. O Governo espanhol nunca autorizou a devolução das peças originais, tendo apenas dado permissão para executar as reproduções que se podem admirar no Palácio Ducal.


A Cache


A cache encontra-se escondida nas proximidades do Paço dos Duques, é de tamanho micro, e contém inicialmente logbook com stashnote. Não permite troca de objetos. Levem material de escrita para registar a visita.

Fechem bem o container e recoloquem a cache da mesma forma como a encontraram, pois a sua durabilidade depende muito disso.

Façam CITO se possível.

Não faças "Mais um" log... Faz "O Teu" log!


   

Additional Hints (Decrypt)

[PT] Crdhrab "I" - fcbvyre
[EN] Yvggyr "I" - fcbvyre

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.