Skip to Content

<

Marmita de Gigante

A cache by Marmitex Delivery Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/28/2018
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
3 out of 5

Size: Size: other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


https://s3.amazonaws.com/gs-geo-images/babb961b-fcc1-4c8e-948e-b4a8923ed865.jpg
Earthcache é simples:  Visitar o local, Ler a página do cache, Responder as perguntas para o owner (não no log) e então Registrar... Qualquer dúvida entre em contato
 

As marmitas de gigante são estruturas que resultam da erosão das rochas pela ação da água do mar ou do rio. A água arrasta rochas de menor dimensão que vão “cavando” a rocha maior
Eu já as havia demasiado visto em rochas sedimentares de leitos fluviais, onde sua ocorrência é bastante comum, porém escalaminhando os rochedos magmáticos que dividem a Praia do Miguel da Praia do canto da Vó, pude localizar uma interessante marmita no meio do caminho que só por sua beleza insólita merecia um Earthcache, pelo menos pra mim ela foge do habitual.
 

Marmitas de gigante - Fonte: dct.uminho.pt
As marmitas de gigante ou marmitas turbilhonares, são depressões, mais ou menos arredondadas, com dimensões bastante variáveis, existentes no leito rochoso de alguns rios e no fundo das quais se encontram seixos e areias.
As marmitas tem origem em irregularidades existentes nos leitos rochosos dos rios. Estas irregularidades retêm nas suas proximidades alguns seixos. A acumulação de seixos vai provocar um movimento turbilhonar da água e consequentemente um movimento circular das partículas. Pouco a pouco, devido ao atrito, as partículas vão escavando depressões mais ou menos circulares, no leito do rios, dentro das quais ficam aprisionadas. Com o decorrer do tempo, as depressões aumentam de dimensões e os seixos que estão no seu interior tendem a ficar esféricos.
Apesar de existirem marmitas com vários metros de diâmetro e profundidade, as mais frequentes possuem dimensões na ordem dos decímetros.    


Aperte F5 para ver animação

Marmitas litorais - Fonte: geomorfologia
De um modo disperso, mas frequente, é comum encontrar as marmitas litorais com diversos diâmetros e profundidades. Estas estruturas podem aparecer isoladas ou em grupo. Algumas descrevem alinhamentos geralmente relacionados com fraturas ou diaclases do substrato rochosos; noutras, o alinhamento parece ser ocasional. Estes “buracos” circulares ou elípticos escavados no granito tem origem no redemoinhar de seixos e blocos que ali ficam temporariamente aprisionados. A energia cinética das ondas do mar possibilita um movimento destes sedimentos que por sua vez exercem uma intensa ação abrasiva e onde eles próprios vão adquirindo uma foram arredondada. Com o tempo, estas depressões vão-se aprofundando e alargando cada vez mais, podendo muitas vezes coalescerem uns com os outros e formar canais progressivamente mais profundos, constituindo canais de escoamento das águas.
 

Se você visitou este local, leu corretamente a descrição, respondeu às perguntas e enviou-as via mensagem, PODE FAZER O LOG no Earthcache. se elas porventura NÃO estiverem corretas eu entrarei em contato.
Questões:
1- O texto afirma que as marmitas turbilhonares são mais ou menos arredondadas. A nossa marmita daqui deste geozone possui uma circunferência perfeita ou oval, etc?
2- Qual as medidas de
 diâmetro e profundidade desta marmita?
3- O texto afirma que as marmitas litorais podem estar relacionadas à fraturas ou diáclases (fraturas específicas de rochas duras, produzidas sem deslocamento) e nesta geozone há alguma fratura próxima à marmita. Descreva esta fratura.
4- Na sua opinião, qual o papel desta fratura na formação desta depressão?
5- Existem sedimentos no interior deste orifício?
6- 
Gostou de conhecer o local? Uma foto sua no local seria ótimo (opcional)


GeoHugs
 
https://s3.amazonaws.com/gs-geo-images/bde10fd2-4c7a-4620-a26c-4a2edc915895.jpg

 

Additional Hints (No hints available.)



Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.