Skip to Content

This cache has been archived.

Geocaching HQ Admin: Thank you for hosting this geocaching event! The date of the event has passed. We automatically archive events after 30 days (60 days for Mega- and Giga-Events). Attendees can still log archived events, log trackables, and share their experiences.

More
<

Geo Alentejo - 7º Aniversário

A cache by Geo Alentejo Send Message to Owner Message this owner
Hidden : Saturday, 11 January 2020
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

11 January 2020, 09:00 - 23:45

 

O Geo Alentejo nasceu no dia 8 de Janeiro de 2013, a partir da amizade que une um grupo de amigos e aventureiros, no objectivo de promover o melhor do que há escondido pelo Alentejo. Desde então o nosso grupo tem crescido e são cada vez mais os nossos membros, amigos e simpatizantes, sendo estes os principais responsáveis pela nossa existência.

A 11 e 12 de Janeiro de 2020 voltamos a reunir-nos para comemorar o 7º Aniversário do Geo Alentejo. Será a vez de Vila Viçosa nos e vos acolher a todos, com Honras Reais, quais duques e condessas, marqueses e duquesas, verdadeiros reis e rainhas desta arte que é o Geocaching.

Vila Viçosa, núcleo de história, arte e cultura, sem par no nosso Portugal, será o ponto de encontro para um fim-de-semana diferente, divertido e rico em conhecimento cultural.

 

 

PROGRAMA

| Sábado, 11'Janeiro |

 

09H00 | Abertura do Check-In

10H00 | Visita ao Palácio Ducal de Vila Viçosa **

- Tempo de Almoço -

15H00 | Visita ao Museu do Mármore **

Viçosa Terra de Culturas - Peddy Papper **

18H00 | Fim do Peddy Papper

18H30 | Fecho do Check-In

20H00 | Jantar de Aniversário **

 

PROGRAMA

| Domingo, 12'Janeiro |

 

09H00 | Check-In (ver Way-Point específico)

09H30 | Vivências Calipolenses: **

. Visita ao Santuário da Rainha e Padroeira de Portugal .

. Momento Florbela Espanca .

(***)

11H30 | Visita ao Museu da Caça e Arqueologia **

13H00 | Fim do Evento

 

Nota 1: Em todas as actividades haverá um período de convívio de 15 minutos, após o qual terá início a actividade.

Nota 2: Para logarem o evento não é obrigatório participar nas actividades, basta aparecer junto do GZ do evento principal, onde existirá um logbook disponível.

** Ajude-nos a melhor prepararmos as actividades deste evento.

Por favor, faça a sua inscrição nas diversas actividades. Clique abaixo. Obrigado!

 

SÁBADO

DOMINGO

 

 

Mais informações:

 

 

 

Vila Viçosa é conhecida como a “Princesa do Alentejo”. Apesar de pequena, é uma das mais preciosas e encantadoras joias do Alentejo, uma “vila-museu”.

Sejam bem-vindos a Vila Viçosa, lugar eterno da Rainha de Portugal… Vila Princesa do Alentejo!!

 

(clique para ver video)

Aqui, a História faz-se de histórias, contada pelas igrejas, pelos conventos, palácios, museus e pelas próprias ruas e gentes.

Antes de nós, há muitos muitos anos, por cá passaram os romanos e os muçulmanos. Nestas terras lutou D. Afonso II, de cognome «o Gordo», que as conquistou definitivamente para o Reino de Portugal em 1217. Por estes viçosos campos se enamorou D. Afonso III, «o Bolonhês», que lhe concedeu foral de Vila em 1270. Pois é: 131 anos depois da fundação de Portugal, já estas terras recebiam honras reais de “Vila”.

Pela segurança destes vales temeu D. Dinis «o Lavrador», e aqui mandou construir o imponente Castelo por eras do Séc. XIV.

Parte do Ducado de Bragança desde 1461, é em 1502 com o início da Construção do Palácio a mando do Duque D. Jaime I de Bragança, que Vila Viçosa é elevada a sede do mesmo Ducado de Bragança.

«Antes Rainha por um dia, que princesa toda a vida.» Foram estas as palavras de D. Luísa Francisca de Gusmão, que convenceram seu esposo D. João II, Duque de Bragança, a deixar os seus aposentos no Palácio Ducal de Vila Viçosa em 1 de Dezembro de 1640 e arriscar a própria vida marchando sobre Lisboa para restaurar o Reino de Portugal. Foi aclamado Rei, El’Rei D. João IV «o Restaurador», a 15 de Dezembro de 1640. Fixe este parágrafo – pode dar jeito num qualquer concurso de cultura geral da TV portuguesa.

Aqui se ajoelhou o mesmo D. João IV aos pés da Imaculada Conceição em 1646, coroando-a como Rainha e Padroeira de Portugal para todo o sempre e colocando sob o seu sagrado a proteção dos Portugueses. Desde esse dia, nenhum outro Rei português fez uso da coroa real.

Residência Real de Férias da Dinastia de Bragança, Vila Viçosa sentiu de perto o atravessar dos tempos e da história. Abalada pelo terramoto de 1755, renasceu e resistiu estoicamente à pilhagem das invasões francesas do Séc. XIX.

Daqui partiu El’Rei D. Carlos, ultimo Rei de Portugal, e seu herdeiro, o Príncipe Real D. Luís Filipe, para aquela que viria a ser a sua última viagem de regresso a Lisboa em 01 de Fevereiro de 1908, onde acabariam assassinados às mãos da odiosa e desenfreada fúria dos republicanos. Saqueada e despojada de suas riquezas à ordem dos ideais jacobinos no início do Séc. XX desejosos que estavam de varrer da história e da memória a gloriosa história monárquica portuguesa, Vila Viçosa resiste e renasce, uma vez mais, e novamente, pelas riquezas dos seus solos, eternos vales viçosos. Oro Branco, Rico Mármore, que se faz descobrir das profundezas rochosas desde 1930.

Por aqui nasceram, viveram, se enamoram ou inspiraram figuras de especial relevo da cultura, artes e ciências portuguesas: Florbela Espanca, inolvidável Poetisa; Públia Hortência de Castro, grande e primeira figura feminina das letras portuguesas, primeira mulher a dar uma conferência pública; Henrique Pousão, figura incontornável da pintura portuguesa do Séc. XIX; Bento de Jesus Caraça, Matemático e Mestre de renome no meio académico Português do Sec. XX; entre tantas outras figuras.

Mais uma dica para o milhão no programa TV: Aqui vivemos os Calipolenses … com muito orgulho!

Additional Hints (No hints available.)



Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.