Skip to content

Cruz do Amparo Traditional Cache

This cache has been archived.

Bitaro: Olá Prunus2020,
Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

More
Hidden : 11/11/2020
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


O Penedo é uma das vias de acesso à Vila, para quem vem da antiga estrada nº1, agora designada por IC2. Mesmo ao cimo da ladeira íngreme, surge-nos uma alta cruz em pedra, em frente a uma pequena capela, "A Capella de Nossa Senhora do Amparo". O largo era formado por uma penedia, sem resguardo e com altura de mais de cinco metros. No meio do largo havia um cruzeiro sobre a penedia. Segundo reza a lenda contada pelos mais antigos, em 29/04/1877 tinha havido um grande desastre à cruz do Amparo. Viajando dois estrangeiros, ao chegarem ao Hotel Castela (?), Apeou-se um deles, tendo ficado o outro na carruagem. Então, os cavalos desenfreados, seguiram pela rua do Penedo indo cair o carro do penedo abaixo. Apesar da grande altura, só um dos cavalos morreu. O conde Fernand dÁlviz, que ia dentro, ficou ferido, mas sem gravidade. O outro estrangeiro, que se tinha apeado, livrou-se, por isso, do desastre. A 05/05/1877, na semana seguinte à do desastre, deliberou a Câmara fazer ali uma cortina junto à ribanceira, para evitar a repetição do acidente. Esta deliberação não chegou, porém, a ser levada a efeito. Só 25 anos depois, em 1892 é que a Câmara ali mandou fazer um grande paredão por fora da penedia, com grades de ferro na cortina, acabando assim o precipício e ficando o lugar mais largo. Nessa ocasião foi colocada em cima do paredão a Cruz que se encontrava no meio do largo.Capela que se encontra no cimo da rua do penedoCruz que se encontra no cimo da rua do penedo

Additional Hints (Decrypt)

N pehm ncbagn n qverçãb r n yhm vyhzvan

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)