Skip to content

This cache has been archived.

garri: Oi Mantunes

O cache está temporariamente desativado demasiado tempo. Se o geocache está desaparecido eu não posso tê-lo publicado em geocaching.com, isto evitaria que

não possa aprovar futuros caches escondidos cerca de teu cache.

Se queres consertar este cache escreve-me um mail e se o voltarei a ativar, Sua reparação muitos geocachers poderão voltar a desfrutá-lo.

Obrigado por compreender minha nota e por tua cache.

Lluís Garrido

More
<

Lisbon's Monsanto - A Paleovolcano? [Lisboa]

A cache by MAntunes Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 10/12/2002
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Related Web Page

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


P: Com esta cache desejo mostrar evidencias da actividade vulcânica em Monsanto.

E: With this cache I wanted to show you evidences of volcanic activity in "Serra de Monsanto".


Background:

P: Acerca de 70 milhões de anos, devido ao encontro das placa tectónicas Ibérica e Eurasiática, Monsanto de Lisboa nasceu como um local para eu colocar uma cache para vocês encontrarem.

Muito mais recentemente, o Parque Florestal de Monsanto foi criado em 1934 pelo então Ministro das Obras Públicas, Engenheiro Duarte Pacheco, que deu seguimento a uma ideia e um desejo que data de 1868 - A Arborização da Serra de Monsanto. Em 1938, na altura em que Duarte Pacheco era também Presidente da Câmara de Lisboa, o processo de Arborização e instalação de equipamentos foi acelerada.

Inicialmente, foram usadas plantas dos viveiros dos serviços florestais, tendo sido gradualmente criados outros viveiros para produzir plantas definidas para projectos de arborização porque a vegetação existente na altura, estava limitada a áreas de recreação e a algumas oliveiras. 

E: About 70 million years due to the encounter of Iberian and Eurasian tectonic plates, Lisbon's Monsanto has born as a place for me to create this cache and you to find it.

Much more recently, the Monsanto Forestry Park was created in 1934 by the then Minister of Public Works, Engineer Duarte Pacheco, who provided the follow up to an idea and a desire that dates back to 1868 - The Arborisation of the the Serra de Monsanto. In 1938, at a time when Duarte Pacheco was also the Mayor of Lisbon, the arborisation and instalation of equipment process was accelerated.

Initially, plants from the forest service nurseries were used, with municipal nurseries being gradually created to produce the plants defined in the arborisation projects, because the vegetation existing at that time was limited to the recreation areas and a number of olives trees.


The Cache:

P: O projecto desta cache foi baseado no artigo "Serra de Monsanto - Um Paleovulcão?" no "Jornal das Estações - Maio de 1999" editado pelo "Parque Ecológico de Monsanto" o qual, pelo seu lado, baseou aquele documento no trabalho de dois geólogos na década de cinquenta: Zbyszewski, G and Jesus, A..

Esta cache e a inclusão de imagens digitalizadas do documento referido acima e incluídas no contentor da cache, foram aprovadas pela autoridade responsável por Monsanto, através de um email que guardei.

Para esta caçada precisará de descarregar e usar um  GPStm file que criei. Poderá obter uma cópia do TrackMaker em www.gpstm.com . É gratuito.

E: This cache project was based on the article "Serra de Monsanto - Um Paleovulcão?" from "Jornal das Estações - Maio de 1999" issued by "Parque Ecológico de Monsanto" wich, in turn, based that document in the work of two geologists in the fifth decade; Zbyszewski, G and Jesus, A..

This cache and the inclusion of the pictures scanned from the document referred above and included in the cache container, were approved by the authority in charge of Serra de Monsanto by an e-mail wich I keep with me.

For this hunt you'll need to download and use the GPStm file I made. You may get a copy of TrackMaker in www.gpstm.com/eng. It's free!

 

P: Se preferir, tem aqui os pontos / E: If you prefer, here are the waypoints:

Wp1: W 9 13.068 / N 38 43,068
Wp2: W 9 13.037 / N 38 43,692
Wp3: W 9 11.655 / N 38 43.509
Wp4: W 9 11.730 / N 38 43.423
Wp5: W 9 10.814 / N 38 43.834
Wp6: W 9 10.647 / N 38 43.515
Wp7: W 9 10.625 / N 38 43.536
Wp8: W 9 11.241 / N 38 43.712

The hunt:

P: Pode ir directamente para a cache e registar a sua visita ou pode:

Começar no ponto 1, um local entre o Jumbo Alfragide e a N117 e ir para o ponto 2 (uma ponte para peões) para ver um cone vulcânico (na fig. 1, identificado como "Alto da Cabreira") o qual foi responsável pela maior parte dos depósitos piroclasticos encontrados. Hoje em dia, não pode ir até lá porque está fechado ao público geral a não ser que queira pagar um bilhete ao Decathlon para correr/praticar jogging o BTT. Alguns anos atrás, era usado por adeptos do motocross.

Dirija-se até ao ponto 3 (entre na N117 em direcção a Algés, tome a A5 para Lisboa e deixe a AE na saída 2 - Monsanto). Estacione o carro/meio de transporte (mt) no parque e caminhe através do viaduto sobre a A5 até ao ponto 4 para ver um depósito natural de piroclastos - material sólido expelido pelos vulcões. Por favor, tenha cuidado quando caminhar entre o estacionamento e o ponto 4. É uma saída/entrada da AE e não há caminho pedestre! Assegure-se é visto pelos automobilistas.  Se os condutores olharem para si de uma forma estranha, é porque, para eles, parece um agente de trânsito disfarçado e com um estranho dispositivo na mão...

Vá para o ponto 5, seguindo a track que descarregou e estacione o carro/mt evitando prejudicar o fluxo  de trânsito - que não é muito nesta área. A partir daqui, vai caminhar (cerca de 510m) ou andar de bicicleta. Veículos motorizados não são permitidos. 

Na estrada onde deixa o carro/mt verá que no sentido ascendente é alcatroada, para veículos motorizados, e no sentido descendente tem superfície de cor vermelha, apenas para correr/jogging, andar de bicicleta, skate... o que desejar para melhorar a sua forma física!   

Depois de começar a andar em direcção à cache, começará a ouvir pássaros cantando (chorando? Há uma AE perto...) e sinais de escavações no chão, feitas por animais - Coelhos? Raposas? Esquilos? (existe um colónia de esquilos em Monsanto, introduzidas com sucesso alguns anos atrás. Eu vi um!).

De qualquer modo. está a caminhar numa velha estrada asfaltada. Na primeira bifurcação, tome a esquerda. Na segunda bifurcação siga em frente e na terceira bifurcação (adivinhou!) vire à direita. No ponto 6 pode ver um dique (É um ponto de disjunção entre duas placas tectónicas. Na fig. 1, está perto do local F e aqueles linhas grossas significam fracturas na crosta terrestre! Não salte nem abane muito!).

Se for interpelado pela Guarda Florestal, não se assuste. Apresente-se e explique o que está a fazer. (mostre alguns acessórios que o ligue ao Geocaching) e obterá um sorriso e um "Esteja à vontade!" Aconteceu comigo! Monsanto é uma área muito sensível - Eu contactei a Administração do Parque e disseram-me que informariam a Guarda Florestal acerca do Geocaching. 

Ponto 7. Vá à caça! O dique está entre você e a cache  mas, por favor, não vá em linha recta ou poderá destruir o dique - O material não é muito consistente. Regresse pelo mesmo caminho, cerca de 50 mts, até que veja um poste em cimento que suporta alguns cabos e vire à esquerda. Agora é consigo e o seu GPSr.

Depois da caçada, há mais um vestígio vulcânico para ver. É uma chaminé vulcânica.

Regresse ao seu carro/mt ou, se estiver de bicicleta, vá em frente (Agora tem um mapa/folheto consigo para o ajudar. Pegou um, não pegou?). Comece a subir e chegará ao ponto 8. Se for de carro/mt siga a estrada alcatroada e chegará ao ultimo ponto. Uma vez lá, outra vez, tenha cuidado a estacionar o seu veículo. Aproxime-se do vestígio vulcânico e note a cor e textura da rocha. É magma petrificado. O cone e a cratera desapareceram com a erosão de milhões de anos! O material mais duro ficou lá para você o observar. 

...e é tudo. Espero que tenha gostado. Quando possível, tente explorar Monsanto com a ajuda do folheto que ganhou e, se tiver crianças, elas não compreenderão porque é que não vai até ao  "Parque Recreativo do Alto da Serafina". Mais uma vez, é gratuito.

Se quiser explorar Monsanto de uma maneira mais profunda, pode usar o Parque de Campismo de Monsanto, que está na orla florestal.

 

E : You can go directly to the cache and log your visit or you can:

Start at waypoint 1, a parking between Jumbo Alfragide and N117 and go to waypoint 2 (a pedestrian bridge) to see a volcanic cone (In the Fig 1, identified as "Alto da Cabreira") wich was responsabile for the most of the pyroclastic deposits found. Nowadays, you can´t go there because it's closed to the public unless you want to pay a ticket to Decathlon for running/jogging or biking. Some years ago, it was a place used by motocross fans.

Go to waypoint 3 (take the N117 in direction to Algés, take A5 in direction to Lisboa and leave the highway at exit nr. 2 - Monsanto). Park your car/mean of transportation (mot) in the park and walk back, through a viaduct over A5 to waypoint 4 to see a natural pyroclastic deposit - solid material expeled by volcanos. Please be careful walking from the parking to waypoint 4. It's a highway exit/entrance and there are no pedestrian track! Assure you're always visible to the drivers! 

If the drivers look at you in an strange way, that's because, for them, you look like am undercover traffic agent with a strange device in your hand...

Go to waypoint 5, following the track you download and park your car/mot avoiding to disturb the flow of traffic -not too much in this area. From here you can walk (about 510 mts) or bike. Motorized vehicles are not allowed.

In the road where you leave the car/mot you'll see that the ascending direction is black for motorized vehicles and the descending direction is red, only for running, biking, skating... whatever you wish to improve your shape!

After you start walking, in direction to the cache, you'll start to hear birds singing (crying? There's a highway passing near...) and signs of animal digging in the floor - Rabbit? Fox? Squirrels? (there is a colony of squirrels in Monsanto, successsfuly introduced some years ago. I saw one!).

However, you're walking in an old asfalt road. In the first bifurcation, take left. In the second bifurcation follow in front and in the third bifurcation (You guessed it!) take right. In waypoint 6 you can see a dyke (It's a disjunction point between two tectonic plates. In figure 1, you're near place F and that thick lines means fractures on earth's surface! Don't jump or shake to much!).

If you're interpelled by Forest Guards, don't panic. Introduce yourself and explain what you're doing (show some material that links you with Geocaching) and you'll get a smile and a - "Esteja à vontade!" - make yourself comfortable! It happened with me! Monsanto is a very sensitive area - I've already talked to the Park Administration and they told me they'll inform the Forest Guards about Geocaching.

Go to the hunt! Waypoint 7. The dyke is between you and the cache but, please, don't go straight forward or you'll destroy the dyke - The material is not very consistent. Turn back by the same track, about 50 mts, until you see a concrete post supporting cables and turn left. Now it's up to you and your GPSr.

After the hunt, there is one more vestige to see. It is a volcanic chimney.

Came back to your car/mot or, if you're biking, follow in front (now you have a map/leaflet to help you! You took one, didn't you?). Start climbing and you'll reach waypoint 8. If taking your car/mot, follow that black road in direction to the last waypoint. Once there, again, be careful when parking your car/mot. Come close to this volcanic vestige, watch the color and the texture of the rock. It's petrified magma. The cone and the crater disappeared with the erosion of millions years! The hardest material remained for you to observe it.


... and that's all. I hope you enjoyed it. When possible, try to explore Monsanto with the help of the leaflet you won and, if you have kids with you they won't understand why you don't go to "Parque Recreativo do Alto da Serafina". Again, it's free.

If you wish to further enjoy/explore Monsanto, you can use the Lisboa Camping Park that's in the forest orle.


Cache Content:

- "Logbook" e caneta / Logbook and pen 

- Algumas prendas / Some gifts 

- 20 folhetos com mapa de Monsanto e informação para você explorar (10 em inglês, 10 português) - Pode levar um. /

  20  leaflets with Monsanto map and information for you to explore (10 English, 10 Portuguese) - You can take one.

- Um Passaporte do Explorador Ecológico para apreciar. Se gostar dele, pode pedir um exemplar gratuito, no Espaço Monsanto - Centro de Interpretação (veja no folheto/mapa onde é). Não leve esta cópia coinsigo. / 

 A Passport of the Ecological Explorer for your evaluation. If you like it, you can ask for a free copy in "Espaço Monsanto - Centro de Interpretação" (see in the leaflet/map where it is). Don't take this copy with you.

- Artigo "Serra de Monsanto - Um Paleovulcão?". A fonte do projecto desta cache. Leia/observe e deixe-o para o próximo GeoCacher. / 

  Article "Serra de Monsanto - Um Paleovulcão?". The source of this cache project. Read/observe and leave it for the next GeoCacher.


Boa caçada e respire profundamente! Está no pulmão de Lisboa!  /  Good hunt and breathe deeply! You're in Lisbon's Lung!

O valor desta cache está no seu percurso completo e não apenas no local do contentor / The cache's value is the entire track, not solely on the container spot.


Don't forget: "Cache in, trash out" and Leave No Trace



Would you like to know more about Geocaching in Portugal?
Join the discussion group and visit Geocaching@PT

Additional Hints (No hints available.)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.