Skip to content

#Bónus# - *PT Rota das Aldeias de Ceira*🏞 Mystery Cache

Hidden : 10/24/2021
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


🏞 #Bónus# - *PT Rota das Aldeias de Ceira* 🏆

[PT]

***Esta cache Bónus não se encontra nas coordenadas indicadas! A listing abaixo descreve todos os passos para conseguirem aceder às coordenadas finais desta Mistério!***

 

Descrição:

Ceira, lugar sede da freguesia a que deu o nome, pertence ao concelho, comarca, distrito, diocese e relação de Coimbra. Tem como orago Nª Sª da Assunção. Dista 6 km da sede do concelho e a 800 metros da estação do caminho de ferro com o mesmo nome (hoje desactivada) e está situada na confluência dos rios Ceira e Corvo (ou Dueça) e a 1 Km da junção do Ceira com o Mondego.

Ceira tem uma longa tradição histórica, é uma povoação muito antiga, já conhecida dos Romanos que, segundo alguns historiadores, lhe chamavam Celia/Seilia ou Celium. A povoação também aparece registada com a grafia Seira/Seyra. Tal como hoje, já no tempo dos Romanos, a povoação tinha o mesmo nome do rio.

Em Setembro de 1180 D. Afonso Henriques doou Ceira ao Chanceler Julião Pais que a coutou. Na carta de doação descrevem-se as confrontações que são, pouco mais ou menos, as da actual freguesia. Esta carta de doação foi confirmada por D. Sancho I e D. Afonso II, filho e neto, respectivamente, daquele monarca. D. Julião Pais no século XIII aumentou o seu património na região, adquirindo terras no porto de Ceira.

Uma tradição local diz que, antes do assoreamento do rio, a freguesia constituía um importante porto fluvial com barcos chegados da Figueira da Foz, pelo Mondego, para descarga de mercadorias a um cais, de que ainda existem vestígios, junto às Barreiras do Campo. Estes barcos vinham carregados de peixe e sal, levando em troca lenha e carqueja. Mas, com o decorrer dos tempos, tudo quanto existia da primitiva povoação ribeirinha se submergiu, o que motivou a deslocação do aglomerado populacional para a encosta dos montes que lhe ficam fronteiros. Contudo, os Ceirenses, ainda hoje, por uma questão de transmissão de pais para filhos, recordam os sítios onde, nesses recuados tempos, se fixava o “cais”, a “igreja” e parte da “povoação”, tudo hoje coberto pelas enchentes anuais do rio Ceira e que deram origem à formação do actual “campo de Ceira”.

Teve foral outorgado por D. Manuel I, concedido em Lisboa a 12 de Março de 1512 (Livro de Forais Novos da Beira, fls. 89 v., col. II, in princ.).

Ceira chegou a ser concelho, até ao reinado de D. Maria II.

Em 1960 Ceira participou num cortejo integrado nas festas da cidade de Coimbra. Nesse cortejo desfilaram com um “carro” alegórico que chamou a atenção, pela sua originalidade, atraindo os olhares de todos os presentes. Transportada num tractor, lá ia a imagem viva do quotidiano de Ceira com as suas actividades principais e o rio em plena azafama: a nora tirava a água para a rega dos campos, as lavadeiras faziam a barrela e tratavam da roupa das freguesas, os trabalhadores agrícolas e tantos outros recriavam as suas profissões. Este quadro obteve extraordinário sucesso em representação da Casa do Povo de Ceira.

Em 4 de Junho de 1997, alguns lugares da freguesia de Ceira passam a constituir a Vila de Ceira.

No ano de 2010 foram legalizados os brasões da Freguesia de Ceira e da Vila de Ceira, tendo a sua publicação saído em Diário da República em 18/08/2010 e 22/10/2010, respectivamente.

Património, Equipamentos, Colectividades, Associações e Festas:

Fonte: freguesiaceira.pt

O PT Rota das Aldeias De Ceira:

Este Power Trail (um caminho com várias caches do mesmo grupo que leva o geocacher numa caminhada guiada) tem como principal objectivo dar a conhecer Ceira e as suas várias aldeias: Vendas de Ceira, Sobral de Ceira, Boiça, Tapada, Cabouco, S. Frutuoso, Lagoas e Carvalho. Esta última não é contemplada neste PT pois esperamos colocar uma cache num local simbólico da aldeia do Carvalho num futuro próximo. Ao longo de aproximadamente 12 Kms, os geocachers terão a oportunidade de descobrir 8 caches: 1 em cada aldeia (7 caches tradicionais + 1 Bónus cache), ao mesmo tempo que poderão ver um conjunto de paisagens extremamente bonitas e que merecem ser apreciadas.

Este PT Rota das Aldeias de Ceira é constituído pelas seguintes caches:

GC9B67J #1# Vendas de Ceira - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B680 #2# Sobral de Ceira - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B68Z #3# Boiça - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B6AP #4# Tapada - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B69D #5# Cabouco - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B6A2 #6# São Frutuoso - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B6B7 #7# Lagoas - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B678 #Bónus cache# - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

 

COMO CHEGAR A ESTA BÓNUS CACHE:

Nos respectivos Logbook’s e Stashnote de algumas caches (5 das 7 tradicionais que formam a palavra CEIRA) encontrarão números que corresponderão às letras que representam as coordenadas de acesso a esta Bónus Cache.

COORDENADAS PARA CHEGAR A ESTA BÓNUS CACHE:

N 40° 10.CEI' W 008° 23.2RA'

 

O percurso poderá ser realizado de carro, a pé, de bicicleta, etc, embora fique a nossa sugestão de o mesmo ser realizado de carro, dada a distância entre cada uma das caches. A subida para as Lagoas e Vendas são as mais exigentes. Toda a rota é realizada em asfalto, percorrendo várias estradas, rurais e nacionais, entre as quais, alguns kms da Nacional 17, conhecida como Estrada da Beira. A excepção será o acesso a esta cache Bónus. Aqui recomenda-se a ida a pé, de bicicleta ou em veículo TT, bastando seguir o trilho assinalado. Tenham atenção ao calçado, pois após períodos de chuva, partes do terreno poderão ficar com lama. Se a opção for o carro, todas as cahes têm locais de estacionamento recomendados para assim evitarem ter de atravessar estradas muito movimentadas como a N17. Quase todas as caches estão bastante acessíveis à grande maioria dos praticantes de Geocaching.

A Cache:

E chegaram a Ceira… 😉

É com esta Bónus Cache que se concluí esta visita às Aldeias de Ceira. Ela encontra-se colocada num dos pontos mais altos da vila com uma vista fantástica para Coimbra e o Mondego. Este PT e esta Bónus levou bastante tempo até estar concluída, foram muitas horas de trabalho e dedicação, mas esta Rota das Freguesias de Ceira merecia uma cache bem diferente do habitual. Espero que gostem e se deliciem a encontrá-la e a entrar nela. 😊

Levem caneta para registar a visita. Como conteúdo inicial, contém Logbook e um TB baleia. As buscas devem ser discretas e atenção aos muggles. Peço ainda que deixem tudo bem escondidinho tal e qual como encontraram ou ainda melhor. Fechem bem o container para não entrar água e se acontecer alguma coisa com a cache peço que me informem. A durabilidade da cache depende de todos! Fotos da cache e do cantinho onde se encontra serão apagadas, podem dar dicas mas sejam discretos nos comentários.

Algumas orientações e conselhos a terem na realização deste PT/caches:

- Aconselhamos que o Power Trail seja feito pela ordem crescente: começar nas Vendas e terminar nas Lagoas, embora possa ser feito pela ordem que preferirem;

- Não se esqueçam de retirar os dados que encontram em cada recipiente para poderem chegar a esta cache "bónus";

- Não forcem nada e tenham cuidado ao manuseá-la. Esta cache deu bastante trabalho a construir e requereu alguns gastos, por isso peço que a manuseiem com todo o cuidado;

- Existe um container interno que contém o logbook;

- A cache permite a troca de brindes, TB’s, Geocoins, etc…;

- Se entenderem o mecanismo da cache vão perceber que não é preciso força, mas sim jeito! Esta cache Bónus tem um formato e mecanismo de abertura especial e diferente do habitual;

- Não se ponham em risco que não é necessário;

- Quando a alcançarem, tenham cuidado para ela não cair e para não a danificarem;

- O registo online só será validado após terem encontrado o logbook em papel e terem lá inscrito o log;

- Disfrutem e preservem todo o espaço envolvente, não danifiquem nada, não deixem lixo no local, façam C.I.T.O. (Cache In Trash Out) sempre que possível. A natureza agradece! 😉

Esta é mais uma cache da CeiraGeoTeam. Somos um casal de Geocachers, Tiago & Milene, de Ceira (vila do concelho de Coimbra) mas as nossas caches vão muito mais além, ultrapassando as fronteiras da nossa terra… Fica o desafio para as caçarem todas. Esperemos que disfrutem e o mais importante, que se divirtam a fazer Geocaching! tmdb 😉

[EN]

***This Bonus cache is not at the indicated coordinates! The listing below describes all the steps to access the final coordinates of this Mystery!***

Description:

Ceira, seat of the parish it gave its name, belongs to the municipality, county, district, diocese and relation of Coimbra. Its patron is Our Lady of the Assumption. It is 6 km from the county seat and 800 meters from the railway station with the same name (now deactivated) and is located at the confluence of the Ceira and Corvo (or Dueça) rivers and 1 km from the junction of Ceira and Mondego .

Ceira has a long historical tradition, it is a very old town, already known to the Romans who, according to some historians, called it Celia/Seilia or Celium. The village is also registered with the spelling Seira/Seyra. As it is today, in Roman times, the village had the same name as the river.

In September 1180, D. Afonso Henriques donated Ceira to Chancellor Julião Pais, who guarded it. The donation letter describes the confrontations that are, more or less, those of the current parish. This donation letter was confirmed by D. Sancho I and D. Afonso II, son and grandson, respectively, of that monarch. In the 13th century, D. Julião Pais increased his heritage in the region, acquiring land in the port of Ceira.

A local tradition says that, before the siltation of the river, the parish was an important river port with boats arriving from Figueira da Foz, via Mondego, to unload goods to a pier, of which there are still traces, near the Barreiras do Campo. These boats were loaded with fish and salt, taking firewood and carqueja in exchange. But, over time, everything that existed in the primitive riverside village was submerged, which motivated the relocation of the population to the slopes of the hills that border it. However, the Ceirenses, even today, for the sake of transmission from parents to children, remember the places where, in those ancient times, the “pier”, the “church” and part of the “village” were fixed, all today covered by floods. of the Ceira river and which gave rise to the formation of the current “Ceira field”.

It had a charter granted by King Manuel I, granted in Lisbon on March 12, 1512 (Livro de Forais Novos da Beira, fls. 89 v., col. II, in princ.).

Ceira became a municipality until the reign of D. Maria II.

In 1960, Ceira participated in a procession as part of the festivals in the city of Coimbra. In this procession, they paraded with an allegorical “car” that drew attention, for its originality, attracting the eyes of all those present. Carried away on a tractor, there was the vivid image of Ceira's daily life with its main activities and the river in full hustle: the daughter-in-law took the water to irrigate the fields, the washerwomen did the lye and took care of the customers' clothes, the workers agricultural and many others recreated their professions. This painting was an extraordinary success in representation of the Casa do Povo of Ceira.

On June 4, 1997, some places in the parish of Ceira became Vila de Ceira.

In 2010 the coats of arms of the Parish of Ceira and Vila de Ceira were legalized, and their publication was published in the Diário da República on 18/08/2010 and 22/10/2010, respectively.

Source: freguesiaceira.pt

[EN]

The PT Route of the Villages of Ceira:

This Power Trail (a path with several caches of the same group that takes the geocacher on a guided walk) has as its main objective to get to know Ceira and its various villages: Vendas de Ceira, Sobral de Ceira, Boiça, Tapada, Cabouco, S. Fruitful, Lagoons and Oak. The latter is not included in this PT as we hope to place a cache in a symbolic place in the village of Carvalho in the near future. Over approximately 12 Kms, geocachers will have the opportunity to discover 8 caches: 1 in each village (7 traditional caches + 1 bonus cache), while at the same time they will be able to see a set of extremely beautiful landscapes that deserve to be appreciated.

This PT Rota das Aldeias de Ceira consists of the following caches:

GC9B67J #1# Vendas de Ceira - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B680 #2# Sobral de Ceira - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B68Z #3# Boiça - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B6AP #4# Tapada - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B69D #5# Cabouco - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B6A2 #6# São Frutuoso - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B6B7 #7# Lagoas - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

GC9B678 #Bónus cache# - *PT Rota das Aldeias de Ceira*

 

HOW TO GET THIS CACHE BONUS:

In the respective Logbook's and Stashnote of some caches (5 of the 7 traditional ones that make up the word CEIRA) you will find numbers that will correspond to the letters that represent the access coordinates to this Bonus Cache.

COORDINATES TO GET THIS CACHE BONUS:

N 40° 10.CEI' W 8° 23.2RA'

 

The route can be done by car, on foot, by bicycle, etc, although our suggestion is that it be done by car, given the distance between each cache. The climb to Lagoas and Vendas are the most demanding. The entire route is carried out on asphalt, covering several roads, rural and national, among which, a few kms from Nacional 17, known as Estrada da Beira. The exception will be access to this Bonus cache. Here, it is recommended to go on foot, by bicycle or in a TT vehicle, just following the marked trail. Pay attention to your shoes, as after periods of rain, parts of the ground may become muddy. If the option is the car, all the bays have recommended parking places to avoid having to cross very busy roads like the N17. Almost all caches are quite accessible to the vast majority of Geocaching practitioners.

 

The cache:

And they came to Ceira… 😉

It is with this Bonus Cache that this visit to the villages of Ceira comes to an end. It is located in one of the highest points of the village with a fantastic view of Coimbra and Mondego. This PT and this Bonus took a long time to be completed, it took many hours of work and dedication, but this Route of the Parishes of Ceira deserved a cache quite different from the usual one. I hope you like it and delight in finding it and entering it. 😊

Bring a pen to record the visit. As initial content, it contains Logbook and a TB whale. Searches should be discreet and watch out for muggles. I also ask that you leave everything well hidden just as you found it or even better. Close the container tightly to prevent water from entering and if something happens with the cache I ask you to let me know. Cache durability depends on everyone! Photos from the cache and the corner where it's located will be deleted, they can give you tips but be discreet in the comments.

Some guidelines and advice to have when carrying out this PT/caches:

- We advise that the Power Trail be done in ascending order: starting in Sales and ending in Lagoas, although it can be done in the order you prefer;

- Don't forget to remove the data found in each container in order to reach this "bonus" cache;

- Do not force anything and be careful when handling it. This cache took a lot of work to build and required some expenses, so I ask you to handle it carefully;

- There is an internal container that contains the logbook;

- The cache allows the exchange of gifts, TB's, Geocoins, etc…;

- If you understand the mechanism of the cache, you will realize that it doesn't take strength, but way! This Bonus cache has a special format and opening mechanism, different from the usual one;

- Do not put yourself at risk that is not necessary;

- When they reach it, be careful not to fall or damage it;

- The online registration will only be validated after having found the paper logbook and having registered the log there;

- Enjoy and preserve the entire surrounding space, do not damage anything, do not leave garbage in the place, do C.I.T.O. (Cache In Trash Out) whenever possible. Nature thanks! 😉

This is another CeiraGeoTeam cache. We are a couple of Geocachers, Tiago & Milene, from Ceira (a town in the municipality of Coimbra) but our caches go much further, surpassing the borders of our land... The challenge remains to hunt them all. We hope you enjoy and most importantly, that you have fun doing Geocaching! tmdb 😉

Additional Hints (Decrypt)

[PT] Rfgá ghqb ab TrbPurpx!😉 (Yrvnz nf bevragnçõrf cnen ernyvmne n pnpur an Yvfgvat!) [EN] Vg'f nyy va TrbPurpx!😉 (Ernq gur thvqryvarf sbe pnpuvat gur Yvfgvat!)

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)