Skip to content

Oliveira (Az160/084) Mystery Cache

Hidden : 06/04/2021
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


#84/160 - Oliveira
Esta cache faz parte de uma série de 160 caches que percorrem todo o limite do concelho de Azambuja.

Representa-se em todo o percurso a fantástica viagem de Phileas Fogg e seu criado Passepartout descrita no famoso livro de Júlio Verne, "A Volta ao Mundo em 80 Dias". A história que aqui apresentamos é fiel ao original, sendo resumida e adaptada ao necessário para a criação dos enigmas, mas em nada alterando a história criada por Júlio Verne.

Sendo as caches desta série do tipo "Mistério" em todas conseguirá saber o local exato da cache decifrando o enigma que terá que descobrir em cada caso.

Uma pequena nota sobre os graus de dificuldade: A dificuldade no cimo desta página (neste caso 1,5) refere-se à dificuldade em geral para chegar à cache, juntando as dificuldades para decifrar o enigma e para a encontrar.

Boa sorte!!!!

Dificuldade do enigma:
Dificuldade a encontrar:
Fórum geopt.org, o local para as suas dúvidas ou sugestões sobre os enigmas, para obter ou dar ajuda.

Finalmente a bordo
O Carnatic, tendo saído de Hong Kong a 7 de novembro, às seis e meia da tarde, dirigia-se a todo o vapor para o Japão com um carregamento completo de mercadorias e passageiros, mas duas cabinas de popa estavam desocupadas. Eram as que tinham sido reservadas por conta de Mr. Phileas Fogg.
N 39 14.581
Na manhã seguinte um passageiro, o olho meio abestalhado, andar vacilante, cabeleira revolta, saía da segunda classe e vinha, cambaleando, sentar-se numa bóia. Este passageiro era Passepartout em pessoa.

Eis o que tinha acontecido.

Pouco depois de Fix ter saído do antro de ópio, dois rapazes levantaram Passepartout profundamente adormecido e deitaram-no sobre o leito reservado aos fumadores. Mas três horas mais tarde Passepartout, perseguido até nos seus pesadelos por um pensamento do dever não cumprido, acordou e lutou contra a ação estupidificante do narcótico. Levantou-se e, tropeçando, apoiando-se às paredes, tombando e levantando, mas sempre e irresistivelmente impelido por uma espécie de instinto, saiu da taverna gritando como num sonho: o Carnatic! o Carnatic!
W 008 59.186
O paquete estava pronto para zarpar e Passepartout só tinha alguns passos a dar. Lançou-se para o convés voando, atravessou a abertura da amurada e caiu inanimado para frente, no momento em que o Carnatic largava as suas amarras.

Alguns marinheiros, gente habituada a este tipo de cena, conduziram o pobre moço para um camarote de segunda e Passepartout só acordou no dia seguinte de manhã, a cento e cinquenta milhas das terras da China.

Eis porque naquela manhã Passepartout estava sobre o convés do Carnatic e vinha aspirar a plenos pulmões as frescas brisas marinhas. O ar puro despertou-o, começou a juntar as ideias, mas com grande dificuldade. No fim lembrou-se das cenas da véspera, das confidências de Fix, da taverna, e tudo o resto.

— É evidente que fui abominavelmente embriagado. O que dirá Mr. Fogg? Em todo o caso não perdi o barco, e é o principal!

Depois, pensando em Fix:

— Daquele, espero que tenhamos ficado livres e que não terá ousado, depois do que me propôs, a seguir-nos a bordo do Carnatic. Um inspetor de polícia, um detetive, na pista de meu patrão acusado do roubo feito no Banco da Inglaterra! Ora vamos! Mr. Fogg é um ladrão como eu sou um assassino!


Leia o livro completo "A Volta ao Mundo em 80 Dias", esta parte no capítulo XXII.

Additional Hints (No hints available.)