Skip to content

<

Castle of Sancti Vicencii do Juriz

A cache by Rouroni / Malupi Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/31/2021
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
4.5 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:



Castle of Sancti Vicencii do Juriz

Para registar esta earthcache como encontrada deverão enviar para o autor desta cache uma mensagem respondendo correctamente às seguintes questões:

No topo do penedo deve ser observado a parte inferior da cruz e pia de maiores dimensões.

1. As pedras que compõe a cruz (não são identicas ao monolito onde estão encaixadas) existem minerais incrustados, na parte inferior da cruz do lado da fraga, qual o seu nome?


2. Relativamente à granulometria qual as suas dimensões médias?

3. Na grande Pia, consegue-se identificar o mesmo tipo de minerais incrustados? São da mesma dimensão?

4. Apesar de de não ser obrigatória, tire uma fotografia sua ou do GPSr no local, desde que não dê para estimar as respostas a partir da mesma.


Se acredita ter concluído com sucesso os objectivos desta EarthCache e já enviou ao seu autor todos os requisitos conforme solicitado, por favor, sinta-se à vontade para a registar como encontrada. Posteriormente iremos verificar os requisitos enviados e, caso seja necessário, contacta-lo no sentido de efectuar as devidas correcções ao seu registo.

To claim this EarthCache as found you should send to this cache owner a message answering correctly the following questions:


At the top of the boulder should be noted the lower part of the cross and the larger panhole.

1. In the stones that make up the cross (they aren't identical to the monolith where they are embedded) there are minerals embedded in the lower part of the cross, on the side of the cliff, what is its name?

2. Regarding the granulometry, what are its average dimensions?

3. In the large panhole, can you identify the same type of embedded minerals? Are they the same size?

4. Although it is not mandatory, take a photo of yourself or the GPSr in the place, provided you can not estimate the responses from it.



If you believe you have successfully completed this EarthCache goals and has already sent to this cache owner all the requirements as requested, Please, feel free to log it as found. Later we will verify the requirements sent and, if necessary, contact you in order to make the necessary corrections to your log.

Feldspato / Feldspar

Feldspatos

A solidificação do magma a grandes profundidades resulta na formação do granito. É uma rocha magmática, mas menos densa que muitos materiais existentes no interior da Terra, acabando por ascender no seu interior. Como este é um processo continuo, vão se formando novos granitos por baixo que vão "empurrando" os que foram formados previamente até à superficie da Terra.

Uma vez que as rochas que o envolvem impedem a libertação do calor, o arrefecimento do magma é lento, retardando a solidificação do mesmo. E desta forma, os minerais que o constituem tem o tempo necessario para se formar e desenvolver, resultando assim esta rocha, com uma textura granular em que são bem visíveis e identificáveis os minerias que a constituem: quartzo, os feldspatos (ortoclase, sanidina e microclina) e as micas (biotite e moscovite).

É muito comum encontrar cristais maiores e que se destacam dos outros, quando se observa uma rocha magmatica. Estes designam-se por fenocristais.

A presença de fenocistais indica que houve vários tempos de cristalização. Um mais lento, em que os cristais tiveram mais tempo para se desenvolver, e outro aquando da ascensão do magma. Os restantes minerais cristalizam praticamente simultaneamente.

É na cristalização de rochas magmáticas que este minerais se formam. A sua estabilidade a alta temperatura e pressão, faz com que possam permanecer inalterados durante o processo de metamorfismo.

A formação dos minerais não se dá toda ao mesmo tempo. OS mais densos cristalizam primeiro, pois tem o seu ponte de fusão mais elevado, depois, seguem-se em sequeencia os menos densos e com ponto de fusão inferior. As temperaturas depende da profundidade e variam entre os 500º e os 1500º. Durante o arrefecimento, o mineral, poderá ser decomposto e dar origem a novos minerais até à sua cristalização final.

Os Feldspatos representam o mais abundante grupo de minerais constituintes das rochas magmáticas, como por exemplo, o granito.

São uma combinação química entre silicatos de alumínio com potássio, sódio, cálcio e, raramente, bário.

A sua dureza varia entre 6 e 6,5 (Escala de Mosh). O brilho é vítreo e tem um aspeto translúcido e transparente, e, por vezes, quase opaco. A sua cor varia entre a branca, cinza, rosada ou avermelhada.

São utilizados no fabrico de vidro, cerâmicas, tintas, plástico, borrachas, louças sanitárias, porcelanas, eléctrodos de soldadura, abrasivos ligeiros, etc.


Dimensão dos cristais: Quanto à dimensão dos cristais a textura pode ser fanerítica, quando os cristais são visíveis e identificáveis à vista desarmada, ou afanítica, quando os cristais só são visíveis ao microscópio.

Faneríticas:
Grão muito grosseiro > 30 mm
Grão grosseiro 5 - 30 mm
Grão médio 2 - 5 mm
Grão fino < 2 mm

Afaníticas: Microcristalinas (cristais identificáveis ao microscópio óptico)
Criptocristalinas (cristais não identificáveis ao microscópio óptico)

Feldspars

The solidification of magma at great depths results in the formation of granite. It is a magmatic rock, but less dense than many materials found in the Earth's interior, eventually ascending in its interior. As this is an ongoing process, new granites are being formed underneath that "push" those that were previously formed to the Earth's surface.


Since the surrounding rocks prevent the release of heat, magma cooling is slow, slowing down its solidification. In this way, the minerals that make it up have the necessary time to form and develop, thus resulting in this rock, with a granular texture in which the minerals that make it up are very visible and identifiable: quartz, feldspars (orthoclase, sanidin and microcline) and micas (biotitis and muscovite).


It is very common to find larger crystals that stand out from the others when looking at a magmatic rock. These are called phenocrysts.


The presence of phenocystals indicates that there were several times of crystallization. A slower one, in which the crystals had more time to develop, and another when the magma rose. The remaining minerals crystallize practically simultaneously.


It is in the crystallization of magmatic rocks that these minerals are formed. Their stability at high temperature and pressure means that they can remain unchanged during the metamorphism process.

The formation of minerals does not happen all at the same time. The denser ones crystallize first, as they have their highest melting point, then the less dense ones with a lower melting point follow in sequence. Temperatures depend on depth and vary between 500º and 1500º. During cooling, the mineral can be decomposed and give rise to new minerals until its final crystallization.


Feldspars represent the most abundant group of minerals that make up magmatic rocks, such as granite.

They are a chemical combination of aluminum silicates with potassium, sodium, calcium and, rarely, barium.

Its hardness varies between 6 and 6.5 (Mosh scale). The shine is glassy and has a translucent and transparent appearance, and sometimes almost opaque. Its color varies between white, gray, pink or reddish.

They are used in the manufacture of glass, ceramics, paints, plastic, rubbers, sanitary ware, porcelain, welding electrodes, light abrasives, etc.


Dimension of the crystals:
As for the dimension of the crystals, the texture can be phaneritic, when the crystals are visible and identifiable to the naked eye, or aphanitic, when the crystals are only visible under the microscope.

Phaneritic:
Very coarse grain > 30 mm
Coarse grain 5 - 30 mm
Medium grain 2 - 5 mm
Fine grain < 2 mm

Aphanitic:
Microcrystalline (crystals identifiable under an optical microscope)
Cryptocrystalline (crystals not identifiable under an optical microscope)


This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (No hints available.)