View Geocache Log

Write note global trekkers posted a note for Os Calvários

Saturday, April 9, 2011Beja, Portugal

(3/3)

De novo no ponto 3, voltei a entrar no rio, trepar para a estrutura e a procurar a cache. Tudo passado a pente fino...mas nada! Não há qualquer pedra ou estrutura solta. Ambos os lados do tecto estão cobertos de sedimentos finos o que indica que a água andou ali em cima e o que quer que houvesse solto, i.e. sem estar na própria estrutura, deve ter ido para jusante com a cheia. Certamente pois uma situação a ser confirmada posteriormente pelo owner. Quanto a mim, voltei à margem, procurei um bom local e atravessei novamente o rio (bem perto do local onde já o tinha feito). Sendo um ictiólogo, naturalmente não pude deixar de reparar na intensa actividade que estava a acontecer debaixo de água: as carpas estavam “loucas”, num verdadeiro frenesim à superfície e a desovar nas margens, perto de locais de abundante vegetação, não fossem espécies fitófilas. Enfim, chegado à margem, reequipei-me (levei o resto da roupa na mão) e subi e desci a montanha que me separava do local de estacionamento. Já lá estavam os meus companheiros à espera. De novo as equipas juntos, fomos então em busca da cache final, passando por um local “sui generis” onde mais tarde viríamos a fazer o nosso almoço de comemoração. A subida até à cache final foi feita num misto de entusiasmo e apreensão: será que vamos ter sucesso? E tivemos pois, uma vez que após algum esforço de procura demos com a dita no seu esconderijo :). Seguiram-se naturalmente as fotos do feito e a troca de presentes! Coitadita da GC que lá estava há tantos meses, agora vai ser o lar para uma outra :)
Cumprida a missão, fomos ao local previamente identificado e degustar um belo almoço com os ingredientes preparados pela Cândida! Que momento! Que vista sobre o rio! Ali ficámos longamente a contar histórias de algumas destas 2000 caches entretanto encontradas e a fazer planos para outro momentos que se querem gloriosos.
O almoço estava a terminar e a tarde a avançar. Mais aventuras estavam à nossa espera, outros locais por explorar, outras sensações para viver...mas isso já são outras histórias...
Agradecimentos especiais: 1) ao Pedro Marques pela partilha nesta aventura e noutras tantas. Vamos continuar nestas, né?; 2) ao José Robalo dos MitoriGeikos, sem a ajuda dele nunca teria sido feito o elo entre a 3ª e 4ª cache; 3) ao Manuel Antunes por mais uma cache à nossa medida com excelentes momentos que seguramente ficarão marcados. Um abraço aos três.
In: GC
Out: GC

This entry was edited by global trekkers on Monday, 11 April 2011 at 09:14:55 UTC.

01_o rio perto do primeiro ponto

Additional Images Additional Images

01_o rio perto do primeiro ponto log image 01_o rio perto do primeiro ponto

02_passagem do rio para o segundo ponto log image 02_passagem do rio para o segundo ponto

03_candida a atravessar o rio log image 03_candida a atravessar o rio

04_vista para montante perto do segundo ponto log image 04_vista para montante perto do segundo ponto

05_pedro a atravessar o rio perto do segundo ponto log image 05_pedro a atravessar o rio perto do segundo ponto

06_o local onde atravessámos o rio log image 06_o local onde atravessámos o rio

07_tentando explorar o moinho log image 07_tentando explorar o moinho

08_rio log image 08_rio

09_logbook e sucesso log image 09_logbook e sucesso

10_o almoço da comemoração log image 10_o almoço da comemoração

infoA multi-cache ("multiple") involves two or more locations, the final location being a physical container. There are many variations, but most multi-caches have a hint to find the second cache, and the second cache has hints to the third, and so on. An offset cache (where you go to a location and get hints to the actual cache) is considered a multi-cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us